The Handmaid’s Tale
  • Episódios
  • Créditos
  • Agenda
  • Vídeos
  • Fotos
  • Audiências
  • Notícias
  • Críticas
  • Curiosidades
Todas as notas de 0.5 a 5
  • Todas as notas de 0.5 a 5
  • 11 críticas   55%
  • 6 críticas   30%
  • 1 crítica   5%
  • 1 crítica   5%
  • 0 crítica   0%
  • 1 crítica   5%
Todas as Temporadas (1 a 2)
  • Todas as Temporadas (1 a 2)
  • Apenas a temporada 1 (5)
  • Apenas a temporada 2 (1)
Média da série:   4,6 baseado em 20 notas

20 críticas dos usuários para esta série

Organizar por 
Críticas mais úteis
  • Mais recentes
  • Membros com mais críticas publicadas
  • Membros mais seguidos
Carol P.

4 seguidores | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Melhor série do ano até agora! A história se mostra completamente inovadora desde o primeiro minuto, te provocando para conhecer um pouco mais daquele mundo e de tudo que nele está envolvido. O ritmo da série também é muito bem introduzido, levando cuidadosamente, através de flashbacks, a uma imersão pontual na vida de cada personagem, prendendo a pessoa que está assistindo a um mundo de questionamentos, que não terminam com o ultimo capitulo, pois a série vai além de uma simples distopia, ela leva a um dilema pessoal e social que finda na grande questão que é: ´´até onde o mundo pode chegar?´´. A palavra provocante pode definir todos os 10 episódios desta primeira temporada, que é feita com muito cuidado, atenção aos detalhes, um pequeno toque de humor (bem colocado), drama, sentimento de revolta, incômodo, claustrofobia essenciais e bem colocados. A estética está impecável, fotografia sensacional, um figurino que, além de muito bem elaborado, é parte essencial de toda a narrativa; atores muito bons e, para um bom fã de série, prepare-se para maratonar! Recomendo muito. (cuidado para não entrar em desespero quando terminar, pois a próxima temporada só em 2018!).

Diogo L.

1 seguidor | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Série fantástica, melhor produção de 2017, enredo, história filmagem impecável! Um historia que te faz refletir, pirar com os personagem e acima de tudo repensar a forma com que nossa sociedade caminha e qual o preço que devemos pagar para termos um futuro. Simplesmente linda!


Antonio N.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   4 - Muito bom

The Handmaid's Tale é uma série que mostra como realmente seria o mundo que as feminazis imaginam estar vivendo.

Juliana M.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Uma 'viagem' em cima de uma louca, mas possível futura realidade; o que a torna assustadora! Emocionante, excelentes atuações e espero que reflexivamente frutífera para os moralmente mais radicais.

Lisiane M.

0 seguidor | Ler suas 11 críticas |

   5 - Excelente

Amei esta série. Com uma história fictícia não muito distante de ser uma realidade onde a organização mundial, valores, ditaduras facismo nos cercam. Interpretações maravilhosas ❤️

Becca C.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Melhor série que eu já assisti cada episódio mais surpreendente que o outro. Cada episódio uma reviravolta muito bom.

georgeta S.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   4.5 - Ótimo

Melhor série 2017/2018 O enredo da série muito boa.Com personagens incríveis!! Simplesmente perfeita😍 Primeiro episódio - Offred: " Porque que ele não acaba logo com essa porra" Me apaixonei ali kkkkkkk melhor frase 😍

Kamila A.

113 seguidores | Ler suas 386 críticas |

   4.5 - Ótimo

De acordo com o seu sentido literal, a palavra aia pode possuir diversos significados, como dama de companhia ou ama, mulher cuja responsabilidade está relacionada com a educação e a criação de crianças que pertencem a famílias ricas ou mulher que realiza serviços domésticos para alguém que faz parte da nobreza. Conforme o universo narrativo concebido pela escritora Margaret Atwood, as aias desempenham funções relacionadas ao primeiro e ao segundo conceitos. Na série O Conto da Aia, nos encontramos num futuro distópico, em que a baixa natalidade foi uma consequência direta da catástrofe ambiental. Com o objetivo de tentar aproximar os Estados Unidos da visão retratada na Bíblia, um grupo de homens promove o que aparenta ser um golpe de estado e instaura a República de Gilead no país. Neste local, as mulheres são proibidas de terem empregos e de se alfabetizar e são relegadas a funções domésticas – como os papéis de esposa, de cozinheiras e de aias. As aias são aquelas mulheres que são designadas para as casas dos líderes desse movimento – que se autointitulam Comandantes –, onde, após a realização de um ritual, elas são possuídas por esses homens, com o intuito de gerarem filhos que serão criados por esses líderes e suas esposas. A história é centrada justamente numa dessas aias, June Osborne (Elisabeth Moss, vencedora de todos os prêmios possíveis pela atuação na primeira temporada desta série), que foi designada para a casa do Comandante Waterford (Joseph Fiennes) e sua esposa Serena (Yvonne Strahovski). A primeira temporada de O Conto da Aia enfoca a rotina dessas mulheres que têm a sua dignidade usurpada diariamente por homens que impõem a sua dominação. Apesar disso, estas mulheres possuem suas crenças e seus desejos íntimos e elas tentam resistir o máximo que podem. Ao mesmo tempo, a série consegue desenvolver as personagens secundárias a contento, da mesma maneira em que aborda os relacionamentos mais íntimos que surgem entre eles. Chama a atenção em O Conto da Aia a realidade que a série nos retrata. A mistura de religião com política, como retratada nos atos cometidos em Gilead, é catastrófica. Algumas situações são muito hipócritas. Precisa-se ter muito estômago para assistir ao que o programa mostra – especialmente se você for mulher. No mais, somente uma lição fica: a de que resistir e lutar são sempre as melhores soluções – ainda mais quando estamos diante de uma ditadura teocrática, que parece que veio da Idade Média, e que nos dá a impressão de ser utópica, mas, quando a gente vê alguns acontecimentos que acontecem atualmente, nos mostram que Gilead é totalmente possível de ocorrer.

http://cinefilapornatureza.com.br/2018/05/17/o-...

cinetenisverde

22 seguidores | Ler suas 1036 críticas |

   3.5 - Bom

Esta série da Hulu pode ser vista como uma mini-aula de história e sociologia “a céus abertos”. Começamos vendo uma família fugindo na floresta. Um pai, uma mãe e uma garota. Eles fogem das forças inexoráveis de um Estado autoritário (isso na prática, se você já assistiu filmes suficientes, quer dizer que a família acaba ali). São momentos fortes que sintetizam o significado do totalitarismo na vida das pessoas, quando o coletivo vale mais do que a própria unidade básica da sociedade: a família. Corte na cena com avanço rápido no tempo. Estamos com a mesma mãe de família, June, mas ela se veste com panos que remetem a uma época medieval, embora cercada dos mesmos seguranças uniformizados, camburões e rádios-patrulha. Ela é agora membro de uma unidade maior que sequestra o livre-arbítrio dos participantes dessa nova sociedade, onde a função das mulheres é a função que toda mulher carregou por centenas de milhares de anos e que havia apenas se libertado há algumas décadas: parir crianças.

http://cinetenisverde.com.br/handmaids-tale/

Cecilia F.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Melhor série de 2017! O enredo é perturbador e a questão da união das mulheres simplesmente fantástica! mereceu todos os prêmios

anteriorPróxima
Fãs dessa série
Foto : Riverdale

De Roberto Aguirre-Sacasa

Com K.J. Apa, Lili Reinhart

Fotos

Foto : Lucifer
2. Lucifer

De Tom Kapinos

Com Tom Ellis, Lauren German

Fotos

Foto : Grey's Anatomy

De Shonda Rhimes

Com Ellen Pompeo, Justin Chambers

Fotos

 Todas as séries
Melhores filmes em cartaz
  4,5

De David Leitch
Com Ryan Reynolds, Josh Brolin
Ação
Trailer

Todos os melhores filmes em cartaz