3%
  • Episódios
  • Créditos
  • Agenda
  • Vídeos
  • Fotos
  • Audiências
  • Notícias
  • Críticas
  • Curiosidades
Todas as notas de 0.5 a 5
  • Todas as notas de 0.5 a 5
  • 16 críticas   30%
  • 12 críticas   23%
  • 9 críticas   17%
  • 8 críticas   15%
  • 5 críticas   9%
  • 3 críticas   6%
Todas as Temporadas (1 a 1)
  • Todas as Temporadas (1 a 1)
  • Apenas a temporada 1 (4)
Média da série:   4,2 baseado em 53 notas

53 críticas dos usuários para esta série

Organizar por 
Críticas mais úteis
  • Mais recentes
  • Membros com mais críticas publicadas
  • Membros mais seguidos
drigosr

4 seguidores | Ler suas 16 críticas |

   3 - Legal

O "Jogos Vorazes" brasileiro: essa é a impressão inicial que você vai ter ao conhecer a série brasileira 3% da Netflix. Pensar que essa é uma cópia genérica de um filme de sucesso americano, misturado ao nosso eterno "complexo de vira-lata" fará com que você, provavelmente, nem se interesse em assistir esse seriado, mas se conseguir ver além disso, vai encontrar algo mais surpreendente do que poderia imaginar. 3% não é magnífico e/ou grandioso como outras grandes séries da Netflix, tal qual House of Cards por exemplo, e talvez o motivo mais óbvio seja seu fraco orçamento (estimado em torno de R$ 10 milhões). Ao se apresentar uma série sobre distopia e mundo em colapso, você espera ver alta tecnologia em contraste com devastação e pobreza, mas em 3% tudo é visualmente brega e sem graça. Os "ricos" passeiam por salas brancas e iluminadas e usam roupas estranhas de cores claras com um corte lateral na manga. Já os pobres andam sujos com roupas escuras e rasgadas. Mais clichê impossível. Ironicamente, a série se torna única justamente por essas limitações de orçamento. Quando não há dinheiro para inventar nada impressionante visualmente, você precisa ser criativo e mostrar que é na narrativa que se conquista o público, e isso a série conseguiu muito bem. Os episódios não tem muitos momentos impressionantes ou possui cenas de ação complexas como outras séries por aí, mas os atores demonstram muito esforço para brilharem com o que tem em mãos. Os destaques na atuação vão para a dupla de protagonistas Michele (Bianca Comparato) e Fernando (Michel Gomes), para o supervisor do Processo Ezequiel (João Miguel) e para uma das participantes Joana (Vaneza Oliveira - que tem ótimas cenas, por sinal). As demais atuações são rasas e fracas mas ainda há alguns momentos de exceção como o episódio 04 centrado em Marco (Rafael Lozano) e 05, centrado em Aline (Mel Froncowiak) - ambos tem bons momentos e boas atuações. 3% falha em não ser mais ousado e mais original em estilo. Ele cai no esperado e o contraste entre o MarAlto e o resto do mundo é o contraste entre o branco e o preto. A série porém nos ganha com simples mas boas histórias dos personagens, contadas em flashbacks e por interessantes cenas nas provas que eles são obrigados a passar (eu gostei muito da cena em que eles precisam bancar o detetive e descobrir o que aconteceu com a moça que estava jantando com a família). Não é a série que você vai querer que todo mundo veja mas se tirar o preconceito contra produções brasileiras que há em você e se submeter a assistir aos 08 episódios disponíveis, 3% pode te trazer algumas boas horas de diversão descompromissada. E que venha a segunda temporada!

Zeh M.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   4 - Muito bom

Li críticas de outros sites nacionais e achei a maioria muito injustas. Claro que não podemos nos ater a efeitos especiais e produção devido ao baixo orçamento da série, e realmente o roteiro não é muito original, como também em inúmeros filmes e séries americanas de sucesso. Que ponto que eu não vi em jogos vorazes que era tão original? Stranger Things junta inúmeros elementos batidíssimos e é uma excelente série na minha opinião. Aqueles que gostam de bons filmes iranianos vão odiar, mas eu odeio bons filmes iranianos. Esta é a questão, os críticos brasileiros esperam que seja um roteiro super cabeça, mas a proposta da série é ser pipoca e isso parece inadmissível para produções brasileiras. Finalizando, a série tem uma pegada meio Lost, mas com explicações um tanto aceitáveis, realmente achei que o mundo de cá poderia ser mostrado mais cruel e tem duas argumentações que caracterizo como forçação, mas o roteiro está longe de ser fraco e a trama é sim bem envolvente. Considero que inúmeras séries e filmes americanos de sucesso, se tivessem um baixo orçamento, seriam piores que esta e uma boa parte, mesmo tendo dinheiro, é bem menos interessante.


Jackson Lovato

5 seguidores | Ler suas 175 críticas |

   5 - Excelente

A série só não é melhor classificada, porque é brasileira, aposto que se fosse americana iria estar muito melhor conceituada. Pessoal é preconceituoso com relação a cinema brasileiro. Mudou muito de alguns anos para cá sim. É lógico que ainda tem muita porcaria, assim como tem muito lixo sendo criado em hollywood. Obvio que ficaram muitas lacunas na trama e outras coisas não bem resolvidas, mas a ideia central achei muito boa e muito bem explorada essa desigualdade social. Acredito que na sequência da série a desenvoltura e o desenrolar vá ficando cada vez melhor. Se pudesse trocar uma peça no elenco, seria o ator João Miguel (ezequiel), para mim não convenceu... e os destaques deixaria para Michel Gomes (fernando) e Vaneza Oliveira (joana).

William Castilho W.

0 seguidor | Ler suas 27 críticas |

   4 - Muito bom

3% é sem dúvidas um trabalho inesquecível e de grande competência que não deixa à dever nenhum trabalho de ficção Cientifica de outros países. A Netflix acertou em investir nessa primeira série Brasileira, onde as lutas sociais são debatidas através de muito suspense, ação, romance e intrigas. Espero que a segunda temporada seja realmente confirmada, pois continuo com muita vontade de ver o desenrolar dessa trama.

Eric B.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Mano,eu estou muito orgulhoso do cinema brasileiro esta crescendo a ponto de ter uma serie original Netflix,isso é algo revolucionario,nunca tinha visto uma serie brasileira sem ser novelinhas da globo,que sao sempre a mesma historia e bem fraquinas. Um dos melhores pontos de 3% é a historia,que mesmo que nao fale muito sobre o processo em si,voce entende que o processoSpoiler: é a chance de ter uma vida muito boaSpoiler:e a historia dos personagens principais sao incriveis,alguns sao inocentes,outros fizeram algo na sua vida que pode mudar o seu modo de ser ben visto. Sinceramente eu acho que 3% sera como Stranger Things(nao a historia),se lembra que logo apos o lancamento,ninguem falava de nada alem de Stranger Things,apenas elogios,e espero que aconteca o mesmo com 3%.

Leila L.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   3.5 - Bom

Muitas críticas negativas, porém, partindo do pressuposto que se NÃO se trata de uma série americana ou uma superprodução internacional, vale compreender o contexto antes de avaliar. São jovens da USP tentando fazer um bom trabalho, que por si só, pela iniciativa, já é merece um elogio. O tema recorre a Orwell sim, aqueles jogos sangrentos que para muitos é repetitivo, mas, para um brasileiro com senso crítico, vai muito além. Confronta a meritocracia, o papel dos negros, pessoas com necessidades especiais, luta de classes e de uma forma mais abrangente e mais amplamente o ideal humano e seu ideal de sociedade justa, igualitária. Em relação o detalhes da produção, poderiam ter saído às suas e visto as condições dos moradores de rua ou aqueles usuários da cracolândia, para então criar os figurinos do ''mundo de cá'' No contexto, é boa sim.

BruMAraujo

1 seguidor | Ler suas 10 críticas |

   5 - Excelente

Uma série incrível, muito surpreendente, algo que não esperava por ser nacional, não vejo a hora de ter a segunda temporada, para verificar as reviravoltas que essa série terá.

Thulio A.

0 seguidor | Ler sua crítica |

   5 - Excelente

Sobre a série 3%, primeira produção brasileira da Netflix: Recomendo. Mas vá além dos 2 primeiros episódios. Estes, de fato, são bem ruins. Parece que os atores precisaram de um tempo para se encontrarem nos seus papéis... As imagens de computação gráfica, que aparecem mais nos primeiros episódios, também são toscas, dado o baixo orçamento que a série teve. Mas o roteiro chama atenção. E, aos poucos, as atuações melhoram. No fim, é uma 1ª temporada que surpreende.

Isabela F.

0 seguidor | Ler suas 2 críticas |

   2.5 - Regular

A serie tem um enredo bom, os personagens são mocinhos ora mocinhos ora vilões que nos levam a criar afeto mas não fica muito claro como tudo começou e como chegaram naquele processo , o porque de só passarem 3% e existe muitas brechas na historia.

Caio C.

0 seguidor | Ler suas 2 críticas |

   5 - Excelente

Estou gostando muito!!! Estou muito feliz em ter uma produção brasileira, feira e é exibida pela Netflix com o bom nível comparado a algumas series.

anteriorPróxima
Fãs dessa série
Foto : Grey's Anatomy

De Shonda Rhimes

Com Ellen Pompeo, Justin Chambers

Fotos

Foto : Game of Thrones

De D.B. Weiss, David Benioff

Com Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau

Fotos

Foto : The Walking Dead

De Robert Kirkman

Com Andrew Lincoln, Norman Reedus

Fotos

 Todas as séries
Melhores filmes em cartaz
  4,4

De Andy Muschietti
Com Bill Skarsgård, Jaeden Lieberher
Terror
Trailer

Todos os melhores filmes em cartaz