Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Crossing Lines
    Críticas dos usuários
    Críticas da imprensa
    Média
    4,0
    145 notas e 25 críticas
    distribuição de 25 críticas por nota
    4 críticas
    8 críticas
    3 críticas
    6 críticas
    1 crítica
    3 críticas
    Você assistiu Crossing Lines ?
    Rose Mary F.
    Rose Mary F.

    Segui-los 1 seguidor Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 2 de junho de 2016
    Gostaria de entender o porquê de,uma Série tão sofisticada,com atores refinados que,encarnavam,vestiam realmente a pele de personagens tão complexos...Parar de gravar? Crossing Lines,é uma série forte no mercado de séries internacionais.Ou seja,A Série.Um trabalho diferenciado dos demais.De caráter internacional,com um pequeno grupo de profissionais escolhidos a dedo,para trabalharem,descobrirem,perfilarem e desvendarem tarefas intrigantes num mundo mítico Europeu.Uma corrida contra o tempo.Geralmente,as pessoas não estão adaptadas a série tão organizada e produtores sofisticados.Entretanto,os fãs,telespectadores ficam sem respostas,tristes,na longa espera de uma provável volta.Será que,os produtores e patrocinadores não poderiam trazer de volta A série mais refinada de volta?Grossing Lines?Senhores produtores,até a abertura de Crossing Lines faz jus ao trabalho tão rico que,arrebata ao seus fãs ao mundo intangível.Aguardamos a volta.Parabéns aos Criadores,produtores,atores...Enfim,a toda equipe desse brilhante e,tão elevado spoiler: Crossing Lines excelente e sofisticada Série Européia.Os criadores são:Edward Allen Bernero e Rola Bauer doam -se com todo esmero,extremo requinte e finura nesse majestoso trabalho.Concedem ao público um trabalho seleto,amalgamado com realidades e ficções horrendas,ocorridas em algumas partes da Europa e suas exuberantes paisagens num todo.Atores sérios e,certamente,instruídos com peso à altura da tão fascinante série.Parabéns a todos.Espero,por a tão esperada quarta temporada.
    Karen A.
    Karen A.

    Segui-los Ler as 5 críticas deles

    3,5
    Enviada em 22 de abril de 2016
    spoiler: Assisti as três temporadas de Crossing Lines, recomendo pois é uma série de certa forma viciante, uma pena que ainda não li nada dando uma certeza de uma 4º Temporada, vou deixar aqui a minha opinião sobre as três temporadas e sobre os altos e baixos do seriado e todas as mudanças importantes e arriscadas que a série enfrenta. 1º Temporada: Não esperava que uma personagem da equipe iria morrer logo no segundo episódio, quando a Sienna morre acredito que seja um baque para todos mas não tanto como foi para o Tommy algo que pra mim não fez tanto sentido entendo que ela era a parceira dele mas acho que houve um pouco de exagero no sofrimento dele (apenas a minha opinião), eles resolvem alguns caso e a equipe se fortalece. Anne-Marie fica desaparecidas nos episódios finais e uma nova personagem aparece uma policial chama Arabela.Louis e sua mulher são sequestrados e correm grande perigo. 2º Temporada: Já na segunda temporada eles descobrem que Anne-Marie esta morta, uma nova figurinha aparece Inspetor chefe Lennon ele vem pra ajudar a equipe a achar Louis e sua mulher que foram sequestrados. Arabella decide sair da policia por ver algumas ''corrupções" na policia. A equipe consegue salvar Louis e sua esposiva. Nos dois últimos episódios Eva tira umas folgas para ir atrás de seu pai na Italia. O resto da equipe vai atrás da gangue. No ultimo episodio Tommy leva um tiro e não morre apenas fica inconsciente. Dorn preocupado vai atrás de Eva na Italia e encontra algo que o deixa chocado, mas não é revelado o que nos leva a acreditar que a Eva está morta. Eles conseguem prender os bandidos da gangue. Hickman descobre que uma das vitimas faz parte dos bandidos. A vida de Hickman é ameaçada nos minutos finais, Louis tenta salva-lo e é morto a tiros. 3º Temporada; Confesso que demorei para entender o começo da 3T, naturalmente esperamos a continuação da segunda e não foi bem isso o que temos, nessa terceira temporadas iremos ter perguntas sem respostas "Onde está Eva? Louis Daniel morreu ? Onde está o Tommy e o Hickman ? O Sebastian ainda faz parte da equipe?" em um dos comentários de Arabela a outro policial podemos entender que Sebastian não faz parte da equipe, e que realmente Louis morreu, ela também joga que Hickman voltou a sua antiga vida.... Confesso que fiquei triste, mas dai por diante entram novos personagens e eles conseguem dar conta do seriado, Carine na minha opinião acaba ficando com o lugar de Louis e Marco um especialista em sequestro e muito astuto fica com o lugar do Hickman, o novo "casal" é Arabela e Luke bom é isso que esperávamos até descobrirmos que Arabela na verdade é Gay. Sebastian volta para a equipe. Numa tentativa de manter algum personagem com o aspecto que nossa Eva tinha Eleanor fica com seu lugar, na minha opinião ela não obteve muito sucesso mas mostra que é um elo fraco na equipe em força porém tem seus lados positivos... A 3ºTemporada acaba com gostinho de quero mais
    Marienne B
    Marienne B

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 14 de novembro de 2018
    Estava gostando da série mas a 2 temporada acabou sem nexo, Carl iria falar com Tom sobre ele ter deixado seu irmão fugir e isso não aconteceu..outra, o que aconteceu com a Eva e o comandante morreu? e a mulher que 0 matou? O carl desapareceu? Comecei a vê a terceira temporada e nada se foi falado então desisti na metade do 1 episódio da terceira temporada. Foi pésimo...e achei uma tremenda falta de respeito com o público. Lamentável
    Francisca V.
    Francisca V.

    Segui-los 3 seguidores Ler as 2 críticas deles

    4,0
    Enviada em 20 de maio de 2017
    Parabens aos criadores e diretores de crossing lines, em primeiro lugar por terem notado a carencia de series modernas que se passam na europa, em segundo lugar, pelos excelentes atores, e finalmente pela produção sofisticada moderna, com uma linda fotografia e roteiros muito bons sobre as historias do velho mundo, estamos saturados de so vermos series americana de alta produçao e baixissima qualidade conteudos, vi todas as temporadas e vou rever novamente, mesmo que seja sem o lavoine que dava todo um ar de sofisticação a serie juntamente com o sutherland, quem sabe ele nao volta para uma quarta temporada.
    Rodrigo C
    Rodrigo C

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 29 de maio de 2019
    Juntamente com a série "Outlander" são as melhores do Netflix! Falando em Netflix: quando vão colocar a 4° temporada do Crossing Lines e Outlander? Que saco ficar esperando e ficar vendo séries chatas que colocam no ar!
    Katia A
    Katia A

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 21 de agosto de 2019
    Estava viciada na série até a parte que Eva desaparece dando a entender que morreu tommy desapareceu louis morreu muita perca de uma vez perdi o encanto e parei de assistir uma série que te prende muita ação muito bem feita mas as percas desde o início acredito que a maioria que assistiu imaginava algo bem diferente 😔
    Maria S.
    Maria S.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,5
    Enviada em 12 de junho de 2018
    EU amei as 2 primeiras.a terceira foi boa também,mais gostava mais com a primeira equipe que estava completa.
    Jefferson d
    Jefferson d

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,5
    Enviada em 5 de setembro de 2019
    A 1 e 2 temporada muito boa a 3 assisti e não gostei da mudança do elenco e sem explicação da segunda temporada. Não vou mais assistir!
    Rogerio Damasceno
    Rogerio Damasceno

    Segui-los Ler as 4 críticas deles

    0,5
    Enviada em 30 de janeiro de 2020
    Horrível! Que pena ter atores como Donald Sutherland e Willian Fichtner trabalhando com uma equipe de atores tão canastrões. O único que pode se salvar é Tom Wlaschiha, o Sebastian. A série é muito fraca. Roteiros horríveis e sem lógica. Draminhas pessoais insuportáveis. "Caras e Bocas" ridículas. O Diretor deve voltar para a escola de cinema. Uma das cenas mais ridículas que eu já vi na minha vida foi no primeiro episódio, quando os agentes McConnell e Sienna estão num bosque procurando um assassino em série e num momento de susto eles se olham e dão, um ao outro, um sorriso "amoroso" e a "mocinha" acaba esfaqueada pelo vilão. PUTZ! Que Bosta de cena! Tentei assistir essa merda por já ter, infelizmente, terminado de ver as 6 temporadas de Black List, que por sinal o diretor de Crossing Lines deveria assistir 100 vezes para aprender a fazer "cinema/séries", seguindo o exemplo de Orson Welles que declarou ter assistido 100 vezes o filme No Tempo dad Diligências, de John Ford, para aprender a fazer cinema.
    Til D.
    Til D.

    Segui-los 5 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 4 de março de 2016
    [spoile GOSTARIA DE ASSISTIR CROSSING LINES DE 2016, MAS VOCES NÃO SABEM SE TERÁ E NEM O CANAL QUE PODERÁ SER EXIBIDA,PENA
    Edson  A.
    Edson A.

    Segui-los Ler as 5 críticas deles

    2,5
    Enviada em 11 de dezembro de 2018
    A série é cheia de clichês, ou seja, lugar comum em que os tipos de ações já foram vistos em outras séries de igual aspecto, envolvendo ou não uma equipe ou apenas um protagonista (Elementary), por exemplo. A série só vale mesmo por trazer algumas atrizes muito bonitas, bons atores e paisagens notáveis da Europa. Infelizmente, os enredos de todos os episódios já são batidos e de final previsível....
    Leticia B
    Leticia B

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 1 de setembro de 2019
    bom eu assisti as 3 temp e eu achei elas incríveis de verdade , amei a série inteira , os casos de crimes e os personagens tudo se conecta na série e isso é perfeito , acho dim que deveria ter uma 4 temporada e espero que saia logo , não aguento mais esperar , a serie é muito boa , recomendo a todos
    Vinicius B
    Vinicius B

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 27 de novembro de 2018
    A série é uma obra restrita a fãs que acompanha o tema de investigação policial, toda trama da série tem um glamour, mas para os críticos de plantão fica difícil aceitar um personagem (Sienna) morrer logo no início em uma perseguição, Tommy se desespera fica emocionado e chocado o que nos leva a crer que poderia rolar um desfecho maior na trama, Ane Marie o elo mais fraco da equipe de elite, não teve um final feliz e não deu calor a trama. A Sargento Eva uma personagem tão graciosa ter um final tão esquecido e da qual não revelado, mesmo quando Dorn entra no quarto de hotel ficamos sem saber, e claro Major Louis a morte e a saída de Carl ... Não me adaptei a 3 temporada.
    Eytor A.
    Eytor A.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 4 de março de 2020
    A primeira tempora mostra clichês e não clichês ... é uma série ótima mostra bem a europa e sua natureza demonstra também quão cultarais são as pessoas da europa e de seus países, a primeira temporada foi a melhor , na segunda temporada ja se começa a perder a essência da série mas ainda sim é algo agradável de ser ver e que nos leva a pensar que seremos recompensados no final da temporada com a revelação de segredos que dariam uma explicação a tudo , porém o que acontece é justamente o contrário aparecem mais dúvidas sobre o sumisso de uma das agentes e a possivel morte do capitão , a terceira temporada começa e tudo muda os personagens e a metodologia da série nada foi explicado não sabemos o que acontece com hickman e os demais . É uma série boa porém não recomendo por esse desdém com o publico .
    Marcelo T.
    Marcelo T.

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    5,0
    Enviada em 13 de dezembro de 2018
    Aborda de forma consistente não só os crimes que o grupo de oficiais tem que resolver, como também s mazelas de cada personagem, com profundidade e bastante complexidade, As histórias dos episódios são muito criativas e com finais surpreendentes.
    Back to Top