Filmes na TV: Hoje tem O Diário de uma Babá e Nora Ephron - Tudo É Uma Cópia

De Felipe Ribeiro


Entre as opções do dia na telinha estão também Jogos Vorazes - Em Chamas e Grandes Olhos
Prepare a pipoca e boa sessão! 
Atenção: a programação pode ser alterada pelas emissoras sem aviso prévio.

Estrelado por Scarlett Johansson, que irá realizar seu primeiro trabalho como diretora em Summer Crossing, vive uma jovem recém-formada que aceita ser babá para a família X ao invés de ingressar no mundo dos negócios como gostaria sua mãe. Paul Giamatti e Chris Evas também integram o elenco.

A trama desse drama nacional gira em torno de um diretor de teatro (Carlos Alberto Riccelli) que decide montar uma peça que reconstrua a história que viveu na ditadura militar, história essa que ele lembra apenas em lapsos de memória. Direção de Tata Amaral. Leia a crítica!

Dirigido por Tim Burton, esse é o primeiro filme dele que não conta no elenco com atores com os quais já trabalhou anteriormente. O filme se passa na década de 1950 e conta a história de Margaret Keane (Amy Adams), uma das artistas plásticas mais rentáveis da época cuja marido afirmava ser o verdadeiro autor das obras. Leia a crítica!

Veja Aqui: Artista faz escultura de diretores com corpos que remetem aos seus filmes

Documentário de caráter biogáfrico sobre a diretora, roteirista, produtora e escritora estadunidense Nora Ephron. Ela roteirizou filmes como Harry e Sally - Feitos um para o Outro e A Difícil Arte de Amar, além de dirigir e escrever A Feiticeira e Julie &Julia.

No horário nobre da TV aberta, Jennifer Lawrence vai colocar sua residência em chamas no papel de Katniss Everden, a jovem tributo do Destrito 12 que vai precisar voltar a arena dos Jogos Vorazes. Dessa vez será mais difícil ainda, principalmente porque a luta contra A Capital se inicia. Leia nossa crítica!

Marcos cresce em meio a uma família devota de Nossa Senhora Aparecida, contudo, quando acontece um acidente na basílica que cultuava, ele perde o pai e a fé. Com Murilo Rosa, Leona Cavalli e Maria Fernanda Cândido.

Comentários