Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Sérgio Cardoso

    Estado civil

    Atividade Ator
    Nacionalidade Brasileiro
    Nascimento 15 de março de 1925 (Belém, Pará, Brasil)
    Morte 18 de agosto de 1972 aos 47 anos de idade

    Biografia

    - Seu 2º filme, Três Destinos, se encontra até hoje inacabado;

    - Passou boa parte de sua infância em Manaus, antes de estudar no Rio e em São Paulo;

    - Formou-se advogado pela PUC do Rio de Janeiro;

    - Quinze dias antes de se formar em Direito estréia, aos 23 anos de idade, no papel de Hamlet, de William Shakespeare, em 1948;

    - Em 1949 funda sua própria companhia teatral, o Teatro dos Doze, com a atriz italiana radicada no Brasil Nídia Lícia, com quem se casaria no ano seguinte;

    - De sua união com Nídia teve uma única filha, Sílvia Luíza, em 1951;

    - Morre de ataque cardíaco aos 47 anos, em 1972, durante as gravações de "O Primeiro Amor de Vicente Sesso". É substituído por seu amigo e compadre Leonardo Villar a partir do capítulo 200;

    - Após sua morte surgiriam rumores que Sérgio sofria de catalepsia e haveria sido ent vivo. Tudo foi negado por parentes e amigos.

    Primeiras aparições nas telas

    Ângela
    Ângela
    1951
    O Sorriso de Helena
    O Sorriso de Helena
    1964
    O Preço de uma Vida
    O Preço de uma Vida
    1965
    O Cara Suja
    O Cara Suja
    1965

    Carreira em destaque

    21
    Tempo de carreira
    0
    Premiação
    4
    Filmes
    13
    Séries
    0
    Indicação
    0
    Filme

    Gêneros favoritos

    Drama : 57 %
    Ficção científica : 14 %
    Aventura : 14 %
    Romance : 14 %

    No AdoroCinema:

    0
    Vídeo
    2
    Imagens
    0
    Notícias
    2
    Fãs

    Trabalhou bastante com

    Lima Duarte
    Lima Duarte
    3 séries
    Antônio Maria (1968), Paixão Proibida (1967), Calúnia (1966)
    Marcos Paulo
    3 séries
    O Primeiro Amor (1972), A Próxima Atração (1970), Pigmalião 70 (1970)
    Célia Biar
    3 séries
    O Primeiro Amor (1972), A Próxima Atração (1970), Pigmalião 70 (1970)
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top