Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Jean Vigo
    facebookTweet
    Atividades Diretor, Roteirista, Montador
    Nacionalidade Francês
    Nascimento 25 de abril de 1905 (Paris, França)
    Morte 5 de outubro de 1934 aos 29 anos de idade (Paris, França)
    1
    ano de carreira
    2
    filmes e séries lançados

    Biografia

    - Seu pai Eugène Bonaventure de Vigo também conhecido pelo pseudônimo de Miguel Almereyda, fundou e dirigiu uma publicação de extrema esquerda chamada "Le Bonnet Rouge";- Ele foi preso em agosto de  1917 por razões de segurança de Estado e dias depois foi encontrado morto enforcado pelo cadarço do sapato. O assassino nunca foi descoberto. Jean Vigo tinha 12 anos de idade na época;- Abandonado pela mãe, passou anos de sua vida em internatos; - Aos 23 anos de idade começou a se envolver com pessoas ligadas ao cinema e logo em seguida rodou seu primeiro curtametragem A Proposito de Nice, financiado pelo sogro;- Em seguida, dois anos mais tarde, Vigo faria outro trabalho, todos considerados muito pessoais;- Foi autor dos roteiros de seus filmes; - É pai do crítico de cinema Luce Vigo;- Seu trabalho só foi reconhecido depois 1945 quando de cineasta maldito passou admirado por ...
    Leia Mais

    Filmografia

    O Atalante
    O Atalante
    1 de janeiro de 1934
    Zero de Conduta
    Zero de Conduta
    Data de lançamento desconhecida

    Fotos

    28 Fotos

    Notícias

    Cidade de Deus está entre os 100 melhores filmes estrangeiros de todos os tempos
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    domingo, 4 de novembro de 2018
    CineOP 2018: O Atalante é exibido em gloriosa cópia restaurada (Entrevista Exclusiva)
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    terça-feira, 19 de junho de 2018
    Conversamos com a restauradora francesa Céline Ruivo, uma das responsáveis pela versão 4K do clássico de Jean Vigo.
    Copa do Cinema: O melhor do cinema francês
    PLAYLIST - Visto na Web
    sexta-feira, 20 de junho de 2014
    Hoje teve um jogão da França na Copa do Mundo, e o AdoroCinema aproveita para lembrar o melhor do cinema francês! Com tantos...
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top