Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Fanny Ardant

    Estado civil

    Atividades Atriz, Diretora, Roteirista
    Nacionalidade Francesa
    Nascimento 22 de março de 1949 (Saumur, Maine-et-Loire, França)
    Idade 71 anos

    Biografia

    - Filha de um oficial da cavalaria do Exército francês;

    - Chegou a cursar faculdade de Ciências Políticas, porém abandonou o curso para se dedicar à carreira artística;

    - Viúva do lendário diretor francês François Truffaut;

    - Expressou publicamente admiração por Renato Curcio, ex-líder do grupo de esquerda Brigada Vermelha, na época preso por terrorismo. Este fato causou uma grande crise diplomática envolvendo o nome da atriz, que, por conta dos seus comentários, foi processada nos tribunais italianos por Piero Mazzola, filho de um policiais mortos pelo grupo.

     

     

    Primeiras aparições nas telas

    Retratos da Vida
    Retratos da Vida
    1981
    A Mulher do Lado
    A Mulher do Lado
    1981
    De Repente, Num Domingo
    De Repente, Num Domingo
    1983
    Um Amor de Swann
    Um Amor de Swann
    1984

    Seus melhores filmes e séries

    Carreira em destaque

    39
    Tempo de carreira
    0
    Premiação
    42
    Filmes
    0
    Séries
    0
    Indicação
    0
    Filme

    Gêneros favoritos

    Drama : 42 %
    Romance : 25 %
    Comédia : 21 %
    Comédia dramática : 13 %

    No AdoroCinema:

    0
    Vídeo
    165
    Imagens
    6
    Notícias
    9
    Fãs

    Trabalhou bastante com

    Daniel Auteuil
    Daniel Auteuil
    4 filmes
    Jeanne Moreau
    4 filmes
    Face (2009), As Cento e Uma Noites (1995), Além das Nuvens (1995), Le Paltoquet (1986)
    Miguel Monteiro
    3 filmes
    Le Divan de Staline (2016), Variações de Casanova (2014), Cadences obstinées (2013)
    Face (2009), Elizabeth (1998), As Cento e Uma Noites (1995)
    Pierre Arditi
    3 filmes
    Belle Époque (2019), Melô (1986), Um Amor de Swann (1984)
    Comentários
    • Ylena
      Fanny Ardant começou a ser mais conhecida na época em que foi esposa do diretor François Truffat.O tempo passou e certamente hoje ela não precisa mais ser relacionada com o marido falecido pois demonstrou ser uma atriz de muito talento. Bela e sem dúvida muito charmosa e elegante. Estranhei o Nathalie (aqui no Brasil chamado Nathalie X que faz lembrar filme pornô o que ele está longe de ser)não constar da sua filmografia aqui no site.Só é citado nas premiações da atriz.
    Mostrar comentários
    Back to Top