Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Senhor dos Anéis: Série do Amazon Prime Video ganha sinopse
    Por Caio Garritano — 13 de jan. de 2021 às 15:58
    facebook Tweet

    Com um orçamento de mais de US$ 1 bilhão, a série estava prevista para ser lançada este ano, mas deve ser adiada por causa do atraso nas gravações

    primeira série ambientada no universo de O Senhor dos Anéis e produzida pelo Amazon Prime Video, foi revelada dando uma primeira ideia aos fãs sobre qual aventura sobre a Terra Média será contada. De acordo com as informações publicadas pelo TheOneRing.Net, teremos a presença de personagens “tanto familiares, como novos” - confira todos os atores que já foram escalados -, e ainda revelou que as Montanhas Nebulosas e Númenor serão explorados - relembre as primeiras especulações sobre o tema da série. Confira o texto na íntegra: 

    "A vindoura série da Amazon Studios levará às telas, pela primeira vez, os lendários heróis da Segunda Era da Terra Média. O drama épico se passa milhares de anos antes dos eventos de O Hobbit e O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien, e levará os espectadores à uma era em que grandes poderes foram forjados, reinos ascenderam à glória e caíram em ruínas, improváveis heróis foram testados, a esperança esteve por um fio e o maior vilão que já saiu da caneta de Tolkien ameaçava cobrir todo o mundo em escuridão. Se iniciando em um tempo de relativa paz, a série segue uma série de personagens, tanto familiares quanto novos, enquanto eles confrontam um mal histórico que ressurgiu na Terra Média. Das profundezas das Montanhas Nebulosas, até as florestas majestosas da capital elfa de Lindon, e a magnífica ilha do reino de Númenor até o fim do mapa, estes reinos e personagens deixarão legados que permanecerão muito além de suas vidas."

    O Senhor dos Anéis: Série busca por pessoas "feias e peludas" para série da Amazon, diz site

    Vale lembrar que a Amazon assinou um contrato em 2017 adquirindo os direitos de adaptação da história de J.R.R. Tolkien para a televisão. O acordo permite que a empresa produza séries referentes à Segunda Era da Terra Média, incluindo a ascensão de Sauron e a forja dos Anéis de Poder. Pela descrição na sinopse, a história deve abordar esses temas, mas nenhuma informação foi confirmada pelo Amazon Prime Video através de canais oficiais. 

    Com um investimento aproximado de mais de  US$ 1 bilhão e cinco temporadas já planejadas, a série criada por John D. Payne (Star Trek 4) e Patrick McKay (Jungle Cruise), será dirigida por J.A. Bayona (Jurassic World: Reino Ameaçado, Sete Minutos Depois da Meia-Noite) e contará com atores como  Robert Aramayo (Game of Thrones), Owain Arthur (Babylon), Nazanin Boniadi (How I Met Your Mother), Tom Budge (A Proposta), Morfydd Clark (His Dark Materials), entre muitos outros. Apesar de seu lançamento estar previsto para 2021, a pandemia do Coronavírus acabou adiando as gravações e ainda não se sabe ao certo quando ela estará disponível para o publico. 

     
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonas Furtado Bittencourt
      O problema é que para alguns, ''mundo moderno'', é sinônimo de ''mundo sem valores''. Se você fosse fã de O Senhor dos Anéis e se fosse ver quem são as pessoas que estão financiando e produzindo essa série, vc tbm ficaria alarmado.
    • Jonas Furtado Bittencourt
      Kkkkks
    • SpiderLegend
      cara chato viu você. Que amargor rapaz, tu nem sabe sabe como será a série, eles só disponibilizaram a sinopse, não sabemos nem como será os personagens.. doença é essa de tentar encontrar pelo em ovo só pra criticar o mundo moderno.
    • Raphaelfelice9
      a galinha
    • PATRIK
      so me tira uma duvida oque venho primeiro game of thrones ou senhor dos aneis .... ?
    • Jonas Furtado Bittencourt
      Mas não é só pela sinopse que essa série está dando sinalizações preocupantes para os fãs de O Senhor dos Anéis, tudo indica que será um terrível desrespeito à memória de Tolkien. Notícias da escalação do elenco e entrevistas com os produtores e roteiristas descrevendo qual será o tom da série já são suficientes para os fãs terem uma ideia de qual será o ''naipe'' da coisa toda. Porque claramente o que tão fazendo é apenas usar a marca ''O Senhor dos Anéis'' para atrair público pra mais um produto genérico e descartável, mais um desses ''reboots'' ''woke'' ao melhor estilo ''As Caça Fantasmas'', ou seja, eles só tão requentando um sucesso do passado pra usar como plataforma pra fazer politicagem identitária e agradar meia dúzia de militantes na internet. Hoje em dia a indústria do entretenimento só quer ter o verniz de ''politicamente correta'', fazendo conteúdo lacrador que não tem público, mas dá lucro como se tivesse, porque as marcas que patrocinam esses estúdios são publicamente contrangidas a retirar o patrocínio de companhias que não seguem à risca o identitarismo. Se um filme ou uma série tem público, mas não é ''woke'', o estúdio que produz é perseguido economicamente por essas milícias digitais que constrangem os patrocinadores publicamente pra retirar o apoio a empresa. As franquias Caça Fantasmas e Onze Homens e um Segredo, sem falar em 007, já foram vítimas dessa onde de revisionismo e revanchismo identitário na cultura pop, O Senhor dos Anéis é só a próxima vítima. Tudo para fazer ''reparação histórica'', e pela ''luta contra a opressão'', nada menos que eufemismos para avançar com uma agenda autoritária movida por rancor, um ''contra-ataque'' cultural de determinados grupos que em nome de ''combater o preconceito'' na indústria do entretenimento se utilizam das mesmas práticas tóxicas que dizem condenar, é a hipocrisia e falso senso de justiça social imperando como sempre. Vou prever o futuro : Essa série será uma merda, não vai dar o público que eles estão esperando porque todo mundo já vai estar sabendo que é só uma reprodução tosca e distorcida da grande obra de Tolkien, e que cospe na mitologia e características do mundo em que se situa. E então vão culpar OS PRÓPRIOS FÃS de SDA pelo fracasso da coisa toda, sendo que desde o princípio eles sinalizaram que iriam fazer TUDO o que os fãs não queriam que eles fizessem. Tempos complicados esses que estamos vivendo na cultura pop, em que milícias políticas querem invadir todos os espaços, buscando descaracterizar, subverter, e se apropriar de tudo que amamos no cinema, na TV, e na literatura por meio de revisionismos descabidos, usando discursinhos fáceis de ''reparação histórica'' como eufemismo para encobrir seu autoritarismo. É o famoso ''ódio do bem'', que agora está virando ''facismo do bem'', já que o barulho dessa milícia está resultando em consequências reais na nossa cultura.
    • Renato
      Impressionante uma pessoa vir aqui e lançar um comentário desses lendo apenas a sinopse da série. Pelo amor de deus, cara chato.
    • Jonas Furtado Bittencourt
      Eles podiam apenas ter dito:Nós vamos fazer uma série de O Senhor dos Anéis que imita descaradamente Game of Thrones, que por sua vez era uma imitação descarada dos filmes de O Senhor dos Anéis. A diferença vai ser que agora nós vamos adicionar uma boa dose de ideologia identitária e vulgaridade para agradar a turminha woke da internet. Mal posso esperar para não ver essa série, é um fracasso anunciado, graças à Deus que temos os três filmes perfeitos de Peter Jackson. Tolkien se revira no túmulo vendo sua obra sendo desrespeitada dessa forma. A família dele deveria cuidar melhor do seu legado, é chocante pra mim o fato deles terem dado sinal verde pra isso.
    Mostrar comentários
    Back to Top