Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Maldição da Mansão Bly: Entenda o que aconteceu no final da temporada
    Por Barbara Demerov — 10 de out. de 2020 às 22:02
    facebook Tweet

    Uma história de amor ou uma história de terror?

    Atenção! O texto contém spoilers.

    A Maldição da Mansão Bly está disponível na Netflix e, para a surpresa de muitos, a nova temporada traz em sua história mais elementos dramáticos do que de terror. Mas isso não quer dizer que não dá para se assustar!

    A Maldição da Mansão Bly: Crítica da série da Netflix (Sem spoilers)

    Com uma trama que constrói cada personagem (assim como suas motivações) com bastante atenção, Mansão Bly acaba por inserir boas doses de drama porque, na visão do criador da produção, Mike Flanagan, o medo não surge apenas de aparições fantasmagóricas.

    Ao longo da temporada, conhecemos Dani (Victoria Pedretti), Hannah Grose (T'Nia Miller), Miles (Benjamin Evan Ainsworth), Flora (Amelie Bea Smith), Henry Wingrave (Henry Thomas), Jamie (Amelie Eve) e Owen (Rahul Kohli), além de outros personagens secundários que também ganham os holofotes.

    Muitos eventos macabros acontecem dentro da mansão na qual Dani trabalha como babá dos órfãos Miles e Flora, mas aos poucos o espectador passa a acompanhar as tramas pessoais de cada personagem e, com isso, o drama supera a tensão e o terror.

    A Maldição da Mansão Bly: Saiba quais atores também estavam em A Maldição da Residência Hill

    AFINAL, QUAL O SIGNIFICADO DO FINAL DE MANSÃO BLY?

    Ao fim de A Maldição da Mansão Bly, o público descobre que a narradora apresentada logo no início (interpretada por Carla Gugino) é, na verdade, Jamie (Amelie Eve), a jardineira que trabalhava na residência, mas agora em idade mais avançada. A história que ela conta não só é real como também diz respeito a si mesma e a Dani.



    No decorrer dos episódios, Dani e Jamie se apaixonam e passam a viver juntas após os eventos macabros que ocorreram na mansão. Porém, em um último ato heroico a fim de salvar Flora, Dani rende sua alma ao espírito maligno de Viola (Kate Siegel) no lago. Ela troca de lugar com o espírito e descobre que, um dia, se transformará na "mulher do lago".

    Mesmo sabendo que seus dias de liberdade física e mental estão contados, Dani decide viver apenas o presente junto da mulher que ama. Isso dá um tom de romance gótico à trama, pois Jamie e Dani passam anos juntas, aproveitando a vida. Mas aos poucos a protagonista vai se dando conta de que Viola está cada vez mais próxima de tomar sua alma permanentemente, sem a previsão de que poderá se livrar da maldição.

    A Maldição da Mansão Bly: Romances góticos para quem adorou a série da Netflix

    O que nos leva ao emocionante desfecho de Mansão Bly. No futuro, já mais adulta, Jamie termina de contar sua história de fantasmas no casamento de Flora - que não se lembra de nada que aconteceu quando era criança, nem de que já conhecia Jamie. Flora caracteriza a história de Jamie como um "conto de amor". Não uma história de terror. Após o casamento da jovem, Jamie volta ao seu quarto de hotel e deixa a porta entreaberta, com um banho de banheira recém-feito.

    Isso remete a uma das últimas cenas de Dani na série: quando ela se encontra no banheiro, hipnotizada com o reflexo de Viola na água, com a banheira transbordando. Jamie tenta lhe acalmar, mas Dani já está com a decisão feita. Um dia depois, ela vai embora e o casal nunca mais se reencontra.

    Portanto, a cena final indica que, mesmo após muitos anos, Jamie ainda tem a esperança de que Dani voltará. Ela não se sente só ao deixar a porta daquela forma e dorme profundamente. Enquanto isso, o plano final da temporada mostra uma mão recostada no ombro de Jamie. É a mão de Dani, que parece nunca ter se afastado de sua amada.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top