Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Maldição da Mansão Bly: 5 momentos marcantes da 2ª temporada
    Por Barbara Demerov — 9 de out. de 2020 às 23:00
    facebook Tweet

    Aqueles de tirar o fôlego!

    Atenção! Spoilers abaixo.

    A Maldição da Mansão Bly chegou à Netflix nesta sexta-feira (09) e, diferente de A Maldição da Residência Hill, a produção aposta no romance gótico para trazer reflexões densas acerca da finitude do tempo, colocando o terror em segundo plano.

    A Maldição da Mansão Bly: Crítica da série da Netflix (Sem spoilers)

    Ao longo de seus 9 episódios, Mansão Bly não mede esforços para surpreender o espectador com plot-twists, uma atmosfera tensa, aproveitamento de espaços e um ótimo desenvolvimento de personagens. Diversos momentos são capazes de assustar e emocionar na mesma medida, mas decidimos selecionar 5 dos mais marcantes. Confira abaixo! 

    Revelação do que aconteceu com o noivo de Dani

    No episódio 04, "Perdas e Culpa", Dani (Victoria Pedretti) passa a ser ainda mais assombrada por uma figura do passado - que os espectadores já têm conhecimento desde o episódio 01. Por meio de flashbacks, conhecemos o espírito que a persegue e o motivo para ela ter tanto medo de viver o momento presente da maneira que merece.

    A revelação é a de que o espírito em questão é seu próprio noivo, Edmund, que sempre aparece quando Dani olha para algum espelho. É por isso que a protagonista tampa espelhos como se fossem janelas, para que, assim, não lembre do fantasma que está sempre ali à espreita.

    Outro fator que assusta é que o espírito de Edmund sempre aparece com os óculos brilhando, como se eles estivessem refletindo algo. E é isso mesmo: ao morrer abruptamente, o ex-noivo de Dani foi atropelado por um ônibus, cuja luz do farol ficou presa em suas lentes. Macabro demais, né?

    A Maldição da Mansão Bly: Romances góticos para quem adorou a série da NetflixRevelação do que houve com Hannah

    Hannah Grose (T'Nia Miller) é a governanta da Mansão Bly. Extremamente dedicada com as crianças órfãs, Hannah infelizmente não tem um final feliz na narrativa e é dona de uma das tramas mais emocionantes da temporada. No episódio 05, "O Altar dos Mortos", é revelado que a personagem foi jogada no poço por um Miles (Benjamin Evan Ainsworth) possuído pelo espírito de Peter Quint (Oliver Jackson-Cohen).

    Apenas no episódio 07, "Ecos do Passado - Parte 2", a personagem descobre que morreu - assim como se dá conta de que a rachadura que vê nas paredes da casa, que vão e voltam, são fruto da última coisa que viu em vida: uma rachadura interna do poço.

    O momento em que Dani é trancada no guarda-roupa

    Apesar de não trazer nenhuma revelação chocante, o primeiro episódio, "A Mansão", possui uma cena de tirar o fôlego - bem no estilo Residência Hill! Desde o início da série, Flora (Amelie Bea Smith) deixa explícito a Dani de que ela não deve sair da cama à noite. O que pode parecer um pedido estranho acaba fazendo sentido no decorrer da série.

    Mas, de tanto levar a sério, Flora e seu irmão Miles acabam prendendo a babá em seu guarda-roupa para que ela não saia. Posteriormente, o espectador entende que isso só foi feito para proteger Dani do espírito de Viola (Kate Siegel), que eventualmente sai do lago da propriedade e anda pela casa pronta para matar qualquer um que cruze seu caminho.

    Apesar de Dani não ter gostado nada de ser presa no armário (e ainda ser aterrorizada pelo espírito do ex-noivo), aos poucos a protagonista vai percebendo que há algo de errado com aquela casa - e que as crianças não têm culpa alguma.

    Revelação do passado de Viola

    No episódio 08, "Roupas e Joias", a história de Viola e do passado da mansão Bly é finalmente apresentada. Afinal, Mike Flanagan busca contar as histórias de cada espírito que ronda aquela casa, e Viola não poderia passar despercebida. Em um episódio em preto e branco, o espectador conhece a personagem que viveu séculos antes da história central começar.

    Manipulativa e vingativa, Viola persistiu tanto na ideia de ficar com sua família que, mesmo após sua morte, ela permaneceu presa dentro de um baú com seus pertences e, posteriormente, no terreno da mansão Bly - apesar de seu marido e filha terem seguido suas vidas fora dali.

    Ela até mesmo assassinou sua própria irmã quando percebeu que poderia ser substituída pelo marido. E assim, submersa no lago da mansão, Viola permaneceu, esperando para reencontrar sua filha.


    A sequência final da temporada

    Ao fim de A Maldição da Mansão Bly, o público descobre que a narradora apresentada logo no início (interpretada por Carla Gugino) é, na verdade, Jamie (Amelie Eve), a jardineira que trabalhava na residência. A história que ela conta não só é real como também diz respeito a si mesma.

    No decorrer dos episódios, Dani e Jamie se apaixonam e passam a viver juntas após os eventos macabros que ocorreram na mansão. Porém, em um último ato heroico a fim de salvar Flora, Dani rende sua alma ao espírito maligno de Viola no lago. Ela troca de lugar com o espírito e descobre que, um dia, se transformará na "mulher do lago".

    Mesmo sabendo que seus dias de liberdade física e mental estão contados, Dani decide viver apenas o presente junto da mulher que ama. Jamie e Dani passam anos juntas, mas aos poucos a protagonista vai se dando conta de que Viola está cada vez mais próxima de tomar sua alma permanentemente.

    No futuro, Jamie termina de contar sua história de fantasmas no casamento da jovem Flora - que não se lembra de nada que aconteceu quando era criança. Flora a define como um "conto de amor", não de terror.

    Após a festa de casamento, Jamie volta ao seu hotel e deixa a porta entreaberta, com um banho de banheira recém-feito. A cena final indica que, mesmo sem Dani, Jamie não se sente só e ainda tem a esperança de que sua amada voltará.

    A Maldição da Mansão Bly: Saiba quais atores também estavam em A Maldição da Residência Hill

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top