Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Bom Dia, Verônica e outras séries de TV com serial killers
    Por Barbara Demerov — 1 de out. de 2020 às 18:50
    facebook Tweet

    Verdade seja dita: os psicopatas fazem sucesso na cultura pop.

    Goste do tema ou não, os serial killers aguçam a curiosidade das pessoas e, por isso, são muito abordados dentro do cinema e da televisão. Especialmente na segunda opção, a variedade está cada vez maior com o passar dos últimos anos - seja com produções fictícias ou documentais (um exemplo recente de série documental é Eu Terei Sumido na Escuridão, da HBO).

    Aproveitando o lançamento da série Bom Dia, Verônica, da Netflix, vamos relembrar algumas produções que contam histórias sobre serial killers. Alguns deles até mesmo são os protagonistas!

    Dexter

    Com 8 temporadas, Dexter foi protagonizada por Michael C. Hall e acompanha o dia a dia de um serial killer psicopata cuja dupla jornada é justamente trabalhar como cientista forense na polícia. A série humanizava seu protagonista com suas relações amorosas e familiares, contrastando algumas de suas emoções e afeições com momentos de extrema frieza.

    You

    Uma das séries mais controversas e populares da Netflix, You traz Penn Badgley como um psicopata e stalker que faz da vida de suas "paixões" um verdadeiro inferno. Apesar de a segunda temporada ter abordado temas ainda mais complexos, envolvendo mais uma personagem com os mesmos problemas psicológicos do protagonista, a série já foi renovada para uma nova temporada.

    Mitos do Pop: Por que somos fascinados por serial killers?

    The Fall

    Com Jamie Dornan (Cinquenta Tons de Cinza) no papel de um psicopata calculista. A trama acompanha Stella Gibson (Gillian Anderson), detetive que investiga uma série de assassinatos em Belfast. O serial killer é Paul Spector (Dornan), que tem como alvo predileto mulheres jovens e bem-sucedidas profissionalmente.

    Mindhunter

    Com produção de David Fincher, esta elogiada série da Netflix é baseada em fatos e conta com a presença de não só um, mas vários psicopatas (reais) ao longo de suas temporadas. Charles Manson, Jerry Brudos, Ed Kemper e outros criminosos que serviram como objeto de estudo para o FBI nos anos 70 são abordados na série.

    Killing Eve

    Eve Polastri (Sandra Oh) é uma investigadora que conecta um recente assassinato com vários crimes semelhantes, acreditando que se trata do trabalho de uma mulher serial killer. A assassina observada por Eve é Vilanelle (Jodie Comer), uma mulher instável, elegante e bem eficiente em seu trabalho, mesmo que seja sempre imprevisível. O que ninguém esperava é que surgisse uma espécie de obsessão entre as duas protagonistas, num perturbador jogo de gato e rato.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top