Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Grey's Anatomy: 10 coisas que só os fãs da série vão entender
    Por Katiúscia Vianna — 14 de set. de 2020 às 18:43
    facebook Tweet

    A 16ª temporada chega ao Globoplay em 15 de setembro.

    Dá para acreditar que Grey's Anatomy chegou às telinhas em 2005? Rebelde estreava no Brasil, Marjorie Estiano entoava "Você Sempre Será" e o Youtube estava apenas começando... Desde então, a série criada por Shonda Rhimes nos fez chorar, sorrir e até cantar. Para os fãs brasileiros, a 1ª e a 16ª temporadas da série serão lançadas pelo Globoplay no dia 15 de setembro.

    Nesse clima, o AdoroCinema fez uma parceria com a plataforma para listar 10 coisas que somente os fãs conseguem entender:

    1. Quando a abertura é diferente, pode preparar o coração

    Ao longo dos anos, fãs de Grey's Anatomy se preparam para grandes e chocantes reviravoltas da mesma maneira que um ser humano comum se prepara para levantar da cama numa terça-feira. E, com isso, já dá para prestar atenção em dicas, a fim de saber quando seu coração será abalado pela série. A principal? Se a abertura for diferente, já sabe que vem bomba por aí. As vezes, literalmente.

    2. Você nunca mais vai conseguir escutar "Chasing Cars" e "How to save a Life" normalmente

    Toda série que se preze tem uma trilha sonora marcante e Grey's Anatomy não poderia ficar de fora. É impossível não chorar cada vez que toca "Chasing Cars" ou "How to Safe a Life" sem lembrar das cenas marcantes que foram entoadas pelas canções de Snow Patrol e The Fray. Quando isso toca, é garantia de choro! Quem nunca saiu gritando/cantando "If I Lay Here. If I Just Lay Here..." de forma sofredora? 

    15 músicas marcantes das séries de TV

    3. A única certeza é que a Bokhee vai estar na sala de cirurgia.

    Sabe, as vezes, a vida é muito surpreendente. O próprio Grey's Anatomy diz que a vida é um carrossel, então precisamos de uma certeza para nos apegar, algo que nos acalente, que mostre como o mundo segue o mesmo. Então, não importa o que aconteça dentro do Grey Sloan Hospital, uma coisa é garantida: a enfermeira Bokhee (Kathy C. An) estará ali (e em nossos corações).

    4. Ser a pessoa de alguém é algo especial

    Falar "te amo" é coisa do passado. Legal mesmo é quando alguém diz que você é a pessoa dela. Sabe, aquela pessoa que você chama quando mata alguém e precisa de ajuda para esconder o corpo. (Por favor, não cometam crimes em casa, é só jeito de falar) Ter um relacionamento como o de Meredith (Ellen Pompeo) e Cristina (Sandra Oh) é para poucos e também marcou a história da TV para sempre.

    Por onde andam os atores que saíram de Grey's Anatomy?

    5. Para os bons e maus momentos: “Dance it Out” com a sua pessoa.

    Sinceramente, isso é mais do que um simples momento marcante de Grey's Anatomy. É uma dica para vida (e basicamente um ritual para o qual você deve convocar sua melhor amiga). Conseguiu algo que queria? Dance! Deu tudo errado e precisa extravasar as energias ruins? Dance! Não tem dinheiro para sair e se divertir? Dance! É de graça e ainda gasta calorias.

    6. Um post it se tornou uma das coisas mais românticas do mundo.

    Quem precisa de um casamento luxuoso, com esculturas de gelo e vestidos gigantes, quando o amor pode ser descrito em belas palavras, num simples pedaço de papel? "Amar um ao outro mesmo quando nos odiarmos. Nunca fugir. Cuidar do outro mesmo velhos e fedorentos. E te lembrar quem sou todos os dias. Isso é para sempre." Meu coração shippador não aguenta!

    10 tretas de bastidores que afetaram o destino das séries

    7. Os números 007 ganharam um novo significado

    Que atire a primeira pedra quem não teve um ataque quando O'Malley (T.R. Knight) desenhou 007 na mão de Meredith. Ninguém fazia ideia do que ia acontecer e seu coração se partiu naquele momento. Isso aconteceu em 14 de maio de 2009, mas, até hoje, é considerada uma das maiores reviravoltas de Grey's Anatomy, culminando numa das finales mais chocantes (e em uma das despedidas mais emocionantes) da série.

    8. Já pensou em ser médico

    Trágicas, porém heroicas, as vidas de Meredith, Cristina e companhia não são facéis, mas tem gente que já viu tanto Grey's Anatomy que sai achando que pode ser médico na vida real, simples assim. Realmente, a TV pode te ensinar muitas coisas, mas não pode dar um diploma de medicina, ok amiguinhos?

    15 mortes inesquecíveis de Grey's Anatomy

    9. Fazemos a pose de super-herói antes de qualquer grande tarefa, entrevista ou apresentação.

    Ficar nervoso antes de algo muito importante, é normal. Então, vale de tudo para construir confiança. E quem diria que Amelia Sheperd (Caterina Scorsone) nos daria tão valiosa lição? É simples: faça uma pose de super-heroi. Fique assim por cinco minutos. Pronto, você ganha confiança e ainda te faz trabalhar melhor. Hey, não olhe para mim, está num estudo científico!

    10. Depois de 16 temporadas, não se apegar a nenhum personagem (nem animais)

    Todo mundo sabe a fama de Grey's Anatomy, não é mesmo? Todo final de temporada, os fãs dão as mãos e começam as torcidas para seu personagem favorito sobreviver mais um ano. Só que as cenas fatais se tornaram marcantes e já fazem parte do DNA da série. O'Malley, Derek (Patrick Dempsey), Denny (Jeffrey Dean Morgan), Lexie (Chyler Leigh), Mark (Eric Dane)... Até o cachorro da Meredith já partiu dessa para uma melhor!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top