Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    10 grandes séries que mais pessoas deveriam assistir
    Por Katiúscia Vianna — 26 de ago. de 2020 às 14:43
    facebook Tweet

    De Succession a She-Ra, saiba quais são as séries do momento que você precisa conhecer!

    Que atire a primeira pedra quem não vê uma determinada série e acha que ela deveria ser amada por mais pessoas. Dentre tantos fenômenos de audiência e donos de grandes fandoms, existem aquelas pérolas especiais que não possuem o mesmo alcance que sucessos como Grey's Anatomy e The Walking Dead, mas são donos de uma qualidade inegável. Como o AdoroCinema é seu amigo de fé, irmão, camarada; continuamos com nossa missão de utilidade pública para recomendar 10 séries que você deveria estar assistindo nesse momento!

    Barry

    Bill Hader é um nome bem famoso nos Estados Unidos, mas ainda não é tão conhecido por todo o mundo. Aqui, ele estrela, escreve, produz e dirige alguns episódios dessa série da HBO sobre um assassino de aluguel que decide abandonar tal vida para perseguir uma carreira como ator em Los Angeles. A premissa pode ser simples, mas Barry é como um efeito dominó de absurdos, envolvendo comédia, drama e ação de maneira impecável. Leia a crítica do AdoroCinema.

    Ozark

    Uma das séries mais elogiadas da Netflix, essa produção estrelada por Jason BatemanLaura LinneyJulia Garner conta a envolvente história de uma família envolvida com lavagem de dinheiro. Quanto mais eles se infiltram no mundo do crime, mais perigosas ficam suas vidas e mais intrigante a história se torna. Ozark é um prato cheio para quem gosta de drama e tensão, ou para os órfãos de Breaking Bad que desejam ver algo além de Better Call Saul.

    Undone

    Essa pérola escondida da Amazon Prime Video usa diversas técnicas de animação para retratar uma obra fantástica, tanto em sua temática, como em sua concepção. Trata-se da história de Alma (Rosa Salazar), uma jovem que descobre ter a habilidade de manipular espaço e tempo, após sofrer um acidente de carro. Graças a isso, ela tem a chance de tentar desvendar a morte do pai... Mas até onde isso é verdade ou imaginação? Leia a crítica do AdoroCinema.

    Normal People

    Disponível no Brasil pela Starzplay, Normal People acompanha diversos anos no relacionamento entre Marianne (Daisy Edgar-Jones) e Connell (Paul Mescal), dois jovens de personalidades e grupos sociais bem distintos, cujo romance tentam manter em segredo, mas formam um elo que o tempo não é capaz de apagar. O resultado é uma série tão natural e emocionante que parece levar o espectador para a intimidade de um casal real. Leia a crítica do AdoroCinema.

    Please Like Me

    Gosta de comédias que também são capazes de arrancar lágrimas de seus olhos? Please Like Me é um projeto sensível e ácido de Josh Thomas, sobre um homem descobrindo sua própria sexualidade, emmeio a diversos momentos conturbados de sua vida pessoal. Além de tocar em temas importantes como depressão, suicídio, câncer e HIV; essa obra bem-humorada apresenta um protagonista gay e complexo, que foge dos estereótipos de perfeição e vítima. Ele é humano e pronto. Faz parte do catálogo da Netflix.

    I May Destroy You

    Chewing Gum já podia entrar nessa lista, mas precisamos valorizar o novo projeto de Michaela Coel, que já está conquistando a crítica mundial: I May Destroy You aborda temas importantes como abuso sexual e consumo de drogas de maneira singular e tocante, numa descoberta sobre auto-conhecimento a partir de uma protagonista com personalidade destrutiva. O recente projeto da HBO acaba de completar sua primeira temporada.

    Superstore

    Já Superstore é uma comédia que merece ser situada perto de outros clássicos do gênero como The Office e Parks and Recreation. Tem tudo que uma série de tal estilo precisa: um grande elenco, liderado por America Ferrera, em situações absurdas no local de trabalho — neste caso, uma loja de conveniência; um romance que demora a engrenar e conquista o público e cenas icônicas que ficam na mente dos fãs por anos. Disponível na Amazon Prime Video.

    She-Ra e as Princesas do Poder

    Com cinco temporadas disponíveis na Netflix, essa animação de Noelle Stevenson moderniza personagens presentes na cultura popular, ressaltando aceitação; não somente em questões de sexualidade, mas também representando diferentes tipos de corpos e raças. Numa história de fantasia e magia para salvar Ethéria, surge desenvolvimento de personagens carismáticos, sem criar mocinhos e vilões estereotipados. Todo mundo merece sua própria jornada, seus próprios erros e sua própria redenção.

    Little America

    Representante da Apple TV+ nessa lista, Little America é uma série antológica, onde cada episódio, de diferentes estilos e ambientações, acompanha a história de imigrantes que chegam aos Estados Unidos. Produzida por Kumail Nanjiani, é uma comovente trama inspirada em histórias reais que você precisa conferir, com capítulos para todos os gostos, abordando a amplitude de culturas que podem conviver num mesmo lugar. 

    Succession

    Queridinha da crítica que vem ganhando cada vez mais público, Succession acompanha  complicada família que é dona de um conglomerado bilionário de mídia. Com roteiro afiado e grandes performances, o drama da HBO critica a parcela da sociedade que comanda o poder, mas não sabe ser movida por escrúpulos; ao mesmo tempo que constrói uma série apaixonante, mesmo retratando o que há de pior na figura do homem branco hétero e rico.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top