Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Stranger Things: Atores relembram a 3ª temporada da série
    Por Paola Piola — 25 de jul. de 2020 às 17:20
    facebook Tweet

    A temporada 3 da série da Neflix estreou em julho do ano passado e as expectativas para a 4ª temporada de Eleven e cia são altas.

    Uma das séries mais assistidas da Netflix, Stranger Things ainda não tem data de estreia da 4ª temporada, mas já é possível termos algumas dicas do que vem por aí. Os atores do elenco adolescente da série Natalia Dyer (Nancy), Charlie Heaton (Jonathan), Joe Keery (Steve) e Maya Hawke (Robin) deram entrevista para a Netflix Queue, uma publicação online do streaming, e contaram um pouco sobre os desafios de seus personagens na série e as melhores memórias que eles têm do set, um ano depois da estreia da 3ª temporada em 2019. 

    Stranger Things: Crítica da 3ª temporada

    Natalia contou que Nancy, que começou como uma mocinha de tons pastel, está ganhando mais confiança a cada temporada. "Ela está encontrando desafios e isso é bom. Ela é um pouco teimosa quanto a suas ideias e está lutando para ser ouvida". Quanto a temporada 4 da série, Natalia acredita que Nancy ficará um pouco sozinha com Jonathan e a família deixando Hawkins. "Estamos falando dos anos 80. Não existia Skype e FaceTime, com quem ela pode se relacionar? Parece um pouco o fim de uma era, mas Nancy tem um instinto, curiosidade e determinação que são parte de sua personalidade e ela não vai deixar isso de lado", explica. Será que veremos Nancy tentando descobrir o que realmente está acontecendo na cidade? Charlie Heaton, que está em Os Novos Mutantes, concorda que a distância agora será a coisa mais difícil que eles terão que enfrentar na relação.

    Stranger Things: O que esperar da 4ª temporada

    Joe Kerry, o Steve Harrington, falou sobre trabalhar com Maya, estreante nas telas, e a relação de Steve e Robin, que começa mais como uma competição e vira uma amizade. "Como isso se desenvolve ao longo da temporada foi uma das minha partes favoritas de interpretar. O respeito que eles têm um pelo outro aumenta ao longo da temporada. Embora Steve acabe tendo sentimentos por ela no final, acho que talvez ele se sinta realmente confortável com ela. Parece quase como um relacionamento entre irmãos, em alguns aspectos", conta.

    Joe completa que a cena final de Steve e Robin no banheiro foi uma das mais gratificantes de fazer e que ajudou a amarrar por completo a relação dos dois personagens. "Foi gratificante chegar a essa sequência final no meio de toda essa loucura sobrenatural que está acontecendo - fazer uma cena que pareceu real e bastante honesta." Maya Hawke acrescenta que ficou muito feliz em ser o primeiro personagem LBGTQ+ da série por muitos motivos, mas o principal era bem simples: "Eu acho realmente incrível mostrar nas telas uma relação homem-mulher que não é sobre sexo. Mesmo que Steve tenha tido sentimentos por ela, assim que essa possibilidade é eliminada, ele reage bem, investe nessa amizade e ela se torna mais profunda. Isso foi realmente importante para mim, porque era único ter uma das poucas amizades não-românticas entre um homem e uma mulher na TV convencional.

    Stranger Things: Final da série da Netflix está planejado desde a segunda temporada

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top