Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Helstrom, nova série de terror da Marvel, irá abordar questões psicológicas profundas
    Por Redação — 24 de jul. de 2020 às 21:34
    facebook Tweet

    Durante o painel na San Diego Comic Con, o cineasta refletiu sobre como a série fala sobre o impacto da família em quem seremos no futuro.

    O painel virtual de Helstrom, nova série de terror da Marvel, já começou em tom político. Antes de divulgarem o primeiro teaser trailer da produção, o showrunner Paul Zbyszewski falou que se sentia na obrigação de abordar alguns temas sociais urgentes na conversa. A partir daí, o elenco compartilhou experiências pessoais com o racismo e outras adversidades.

    Toda essa conversa foi rica, e culminou em revelações importantes sobre a narrativa de Helstrom, que promete ser muito mais profunda do que apenas uma história para assustar o público. "O verdadeiro terror está no mundo real", afirmou Zbyszewski. Confira tudo o que foi discutido: 

    Primeiro teaser trailer divulgado

    O primeiro teaser trailer de Helstrom foi divulgado durante o painel, e mostrou algumas sequências aterrorizantes. Em uma delas, Elizabeth Marvel, a mãe dos irmãos Helstrom, fica possuída por um demônio, e se comporta de maneira bem bizarra. Veja a seguir:

    Local das gravações aterrorizou o elenco 

    O elenco precisou filmar algumas cenas em um hospital abandonado. Segundo a atriz Ariana Guerra, todo o clima do local era perturbador: “Eu tenho certeza que aquele lugar era assombrado”, brincou.

    Elizabeth Marvel também brincou sobre ser confundida com um urso durante as gravações: “Eu assustava todo mundo, porque eu aquecia minha voz para fazer os vocais demoníacos, e todos achavam que tinha uma besta solta no set”, disse em meio às risadas do elenco.

    Os Novos Mutantes: Confira a cena inicial divulgada na San Diego Comic-Con 2020

    Showrunner queria trazer lado obscuro da Marvel para televisão

    Paul Zbyszewski, criador da série, disse que não estava interessado em mostrar apenas heróis combatendo outros heróis. “Se você não for criar uma obra que retrate a dualidade da vida, e que aborde questões morais, então não vale a pena”, afirmou.

    Para conseguir fazer isso, Paul decidiu explorar o lado mais obscuro da Marvel, e mergulhar nos personagens mais voltados para o horror. “Helstrom foi o meu favorito entre todos”, disse.

    7 séries para quem sente falta da Marvel na Comic-Con 2020

    A série aborda temáticas emocionais profundas

    Por mais que o sobrenatural seja a peça central da trama, a série irá mergulhar no relacionamento entre os irmãos Helstrom. “Eles são muito parecidos e diferentes ao mesmo tempo”, explicou Sydney Lemmon.

    Para ela, cada um é o resultado de suas próprias dificuldades. Eles reagem às adversidades de formas discrepantes. Mas no fundo, ambos querem a mesma coisa, que é amor e compreensão.

    Ainda de acordo com Paul, a produção irá abordar a forma em que nossa criação nos afeta e como nascemos predispostos a certas coisas. “Há escolhas feitas por nós. E existem as escolhas que nós fazemos. E todas elas têm consequências. Eu quero falar sobre a inevitabilidade disso”, explica.

    Comic-Con 2020: Confira aqui a cobertura completa do AdoroCinema

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top