Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Expresso do Amanhã: Veja as diferenças entre os personagens na série e no filme
    Por Nathalia Jesus — 27 de mai. de 2020 às 17:30
    facebook Tweet

    Nova série na Netflix é baseada no filme Snowpiercer do diretor de Parasita.

    A nova série disponível na Netflix, Expresso do Amanhã, é baseada no filme homônimo dirigido por Bong Joon Ho, diretor de Parasita e ganhador do Oscar 2020. O seriado é situado sete anos após mundo se tornar um grande terreno congelado, e acompanha o restante da humanidade que habita um trem em movimento constante pelo mundo, onde a guerra de classes, a injustiça social e a política de sobrevivência estão em ebulição.

    A série possui muitas diferenças para o filme, assim como também há personagens que desempenham papéis semelhantes que podem ser relacionados entre as duas obras. Por isso, o AdoroCinema preparou uma lista para comparar os intérpretes do filme e do seriado.

    Andre Layton na série, Curtis Everett no filme


    O protagonista da série é Andre Layton, interpretado por Daveed Diggs, que compartilha algumas semelhanças claras com Curtis Everett, personagem de Chris Evans. Ambos são líderes revolucionários muito admirados por seus companheiros de viagem na seção traseira do trem.

    No entanto, também existem algumas distinções importantes: na série, aprendemos muito mais sobre a vida passada de Layton do que o filme retratou sobre Everett. Sabemos mais notavelmente que ele era um detetive de homicídios em sua vida antes de embarcar no trem, e isso se mostra importante quando lhe pedem que resolva um caso de assassinato mais adiante.

    Ruth Wardell na série, Mason no filme


    A personagem mais memorável do filme foi a assustadora e excêntrica ministra Mason, interpretada por Tilda Swinton. Já na série, sua semelhante é Ruth Wardell, vivida por Alison Wright, que incorpora diferentes aspectos da personalidade da personagem original.

    Ruth carrega o sotaque do norte e algumas das qualidades mais excêntricas de Mason, incluindo o hábito de usar um casaco de pele para visitar a extremidade do trem. Ela trabalha para Melanie (Jennifer Connelly) na hospitalidade e é responsável por reprimir os grupos de resistência nos segmentos menos privilegiados do trem, algo que é muito mais complicado na prática. Ela é contrária à idéia de mudança estrutural no trem e tem certa admiração pelo misterioso Sr. Wilford.

    Josie Wellstead na série, Tanya no filme



    No filme, Tanya, personagem de Octavia Spencer, é uma mãe determinada que está decidida a recuperar o filho. Apesar de não possuir as características físicas para lutar, ela participa da rebelião e é representante das pessoas da área socialmente mais precária do trem.

    Tanya é parecida com Josie, que na série é interpretada por Katie McGuinness. Josie Wellstead é uma das amigas íntimas de Layton, que cuida do marido doente e de Miles (Jaylin Fletcher), seu filho adotado. Ela assumiu a posição de mãe do menino, já que os verdadeiros pais não entraram no trem. A personagem é muito admirada por outros colegas que vivem no mesmo trem.

    Melanie Cavill na série, Claude no filme



    Melanie Cavill é interpretada pela atriz Jennifer Connelly. Na série, é uma das figuras mais poderosas do trem, que trabalha como chefe de hospitalidade, sendo também a voz do trem e, o mais importante, é subordinada do misterioso Sr. Wilford. Ela também está mantendo um grande segredo dos passageiros do trem. Apesar de ser protagonista no seriado, no filme a personagem se chama Claude (Emma Levie) e não desempenha um papel de tanto destaque.

    Bess Till na série, Edgar no filme



    No filme, Edgar é vivido por Jamie Bell e é o melhor amigo de Curtis. O personagem acompanha Curtis na batalha e é um verdadeiro adepto às ideias dele, apesar de ser menos corajoso e engenhoso que seu amigo. Embora seja interpretado por um homem, na série há alguém semelhante à Edgar, porém é mulher. Essa personagem é Bess Till (Mickey Sumner), que parece uma inspiração do que Edgar foi.

    Bess faz parte da guarda de segurança. Ela e Layton iniciaram uma relação conflituosa, já que ele é um revolucionário e ela é responsável por manter a ordem. Mas Bess começa a questionar o rígido sistema de classes do trem e, assim, acaba se aproximando do protagonista.

    Expresso do amanhã está disponível na Netflix.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top