Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Valéria: Por que assistir à nova série espanhola da Netflix?
    Por Vitória Pratini — 6 de mai. de 2020 às 12:11
    facebook Tweet

    Um Sex & the City moderno estrelado por atriz de La Casa de Papel!

    Se você gosta de Sex & the CityGirls e O Diário de Bridget JonesValéria é para você. Dos mesmos produtores de Toy Boy, a nova série espanhola da Netflix segue os dilemas e as aventuras sexuais, de amizade e de trabalho de quatro amigas: Valéria (Diana Gómez), Lola (Silma López), Carmen (Paula Malia) e Nerea (Teresa Riott).

    Na produção, a protagonista Valéria é uma escritora em crise, tanto para escrever seu livro, quanto para lidar com um casamento instável. Para passar por tudo isso, ela se apoia em suas melhores amigas, que têm suas próprias questões sobre amizade, trabalho e relacionamentos amorosos. As coisas esquentam (literalmente) quando ela conhece o sedutor Victor (Maxi Iglesias).

    Crítica: Valéria é a comédia espanhola da Netflix quente e empoderada que você precisa ver

    Se o enredo não foi o suficiente para lhe conquistar, o AdoroCinema separou uma lista de motivos para você assistir à nova série da Netflix. Confira abaixo:

    Um Sex and the City moderno para todos os públicos
    Netflix

    Valéria, série espanhola da Netflix, é baseada nos livros chick lit de Elísabet Benavent, autora de "Valéria ao Espelho" e "Nos Sapatos de Valeria". Quando escreveu as obras em 2013, a escritora teve como inspiração as séries Sex & the City e Girls. Então, já sabe, né? Se gosta dessas produções, há uma grande chance de gostar de Valéria.

    Mas não se engane: apesar de ser inspirada na obra chick lit (gênero de livros de ficção geralmente sobre personagens femininas modernas e voltado para mulheres), não é uma série "de mulher", como indica o ator Maxi Iglesias, que já revelou que quer acabar com o rótulo "série de mulher" em entrevista ao Chicago Tribune.

    Indicamos uma série online para cada humor durante a quarentena

    Série aborda questões que precisam ser debatidas
    Netflix

    Apesar de ter ares de Sex & the City, Valéria trata o tema de sentimentos femininos e relacionamentos sexuais de forma leve, feminista e liberal, sem ser sexista, objetificar as mulheres ou apresentar julgamentos. A protagonista, Valéria, por exemplo, está em um casamento em crise e se vê seduzida por Victor. Já Lola tem um caso com um homem casado; Carmen está apaixonada pelo colega de trabalho, enquanto Nerea é homossexual mas ainda não conseguiu se assumir para a família e passa a cada dia a descobrir seu empoderamento LGBT.

    Valéria tem cenas quentes
    Netflix

    Cuidado em qual cômodo ou dispositivo você assiste à Valéria. Isso porque a série espanhola tem cenas quentes. Tratando-se das aventuras sexuais e amorosas das quatro amigas, pode esperar algumas sequências NSFW (não seguras para o trabalho, como diz a linguagem das redes sociais) retratadas de forma realista — e não como em Cinquenta Tons de Cinza, por exemplo, como a própria série brinca.

    Toy Boy: 6 séries tão quentes quanto a produção espanhola

    Uma equipe de sucesso
    Netflix

    Já vimos que as séries espanholas da Netflix se tornaram fenômenos da plataforma, como La Casa de PapelVis a VisValéria é próxima grande aposta do serviço de streaming, inclusive por ser dos mesmos produtores de Toy Boy e da criadora de Gran HotelMaría López Castaño. E ser estrelada por Diana Gómez, que já é conhecida do público brasileiro como Tatiana em La Casa de Papel.

    Ficou curioso? Então fique de olho, pois Valéria estreia no próximo dia 8 de maio.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top