Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Peaky Blinders: Conheça a história real e as principais diferenças da série
    Por Ygor Palopoli — 4 de mai. de 2020 às 18:50
    facebook Tweet

    Pela ordem dos Peaky Blinders.

    Um dos fenômenos mais interessantes a serem estudados no universo da TV são as séries que começam a fazer um sucesso estrondoso depois de uma boa quantidade de temporadas. Aconteceu com Breaking Bad, Sons of AnarchyVikings e agora com Peaky Blinders, que recentemente encerrou sua quinta temporada e já se prepara para a sexta.

    Com o crescimento de busca para a obra protagonizada por Cillian Murphy, é muito comum que fãs comecem também a procurar mais a respeito do seu enredo baseado em fatos reais — para quem não sabe, Peaky Blinders é inspirado em uma gangue real que aos poucos tomou o controle da cidade de Birmingham, mas que no seriado é liderada pelo fictício Thomas Shelby. Aliás, nem tão fictício! Vamos explicar do início.

    OS FATOS REAIS DE PEAKY BLINDERS

    Ator revela porque deixou 'Peaky Blinders' e anuncia nova série ...

    Algumas décadas antes do início do século 1900, a Inglaterra era fortemente dominada por uma onda crescente de violência derivada da crise econômica, que levava muitos pais e mães de família a atividades ilegais. No entanto, com o tempo, ataques violentos e furtos passaram a fazer parte de um sistema hierárquico, feito presente através da criação de gangues compostas por homens de 12 a 30 anos de idade.

    Sem ver outras alternativas além de desafiar o sistema britânico, uma das gangues surgiu devagar no final de 1890, intitulada de Peaky Blinders, sob a liderança de um rapaz chamado Kevin Mooney. Para despistar as autoridades, Kevin constantemente mudava o seu nome real e inventava pseudônimos, sendo um deles o de Thomas Gilbert, o que possivelmente inspirou a criação de "Thomas Shelby". 

    Quem foram os Peaky Blinders, gângsters que atuaram na Inglaterra ...

    Os primeiros grandes rivais da gangue foram os Cheapside Sloggers, que notaram seu crescimento em busca de expansão pelo domínio de áreas territoriais e resolveram comprar a briga. Mas perderam. O grande diferencial da gangue de Kevin (ou Thomas) era a sua necessidade em correr na direção contrária ao crime organizado da época, inclusive no jeito diferenciado de se vestir. 

    Foi inclusive do visual que o nome da gangue surgiu. Ao contrário do que é mostrado na série, estima-se que os Peaky Blinders tenham recebido o título por usarem chapéus pontudos (conhecidos por lá como "peaky") e esconderem constantemente o próprio rosto (blinders, fazendo referência ao fato de darem poucos indicativos visuais). Mas esta não é a única diferença entre a série e a vida real. 

    AS DIFERENÇAS DE PEAKY BLINDERS PARA A REALIDADE

    Os bastidores de Peaky Blinders: curiosidades por trás das câmeras ...

    Por mais que pareçam tão insuperáveis e imponentes, na vida real os Peaky Blinders foram dominados por outra gangue chamada Birmingham Boys, liderados por Billy Kimber, que inclusive chega a aparecer na série. Os Peaky ficaram no poder por duas décadas até que, depois de perderem o posto, desapareceram da cidade por completo de maneira misteriosa. 

    Uma diferença considerável é que na vida real os Blinders costumavam cometer crimes menores na maioria das vezes, como roubos de bicicletas, assaltos a lojas e furtos. Eles constantemente iam parar nas prisões regionais e eram conhecidos pelas autoridades locais como jovens rebeldes, mas a causa da gangue nunca era entendida ou desvendida.

    Inclusive, em 1899 um policial conhecido na região da Irlanda por combater diversos crimes maiores com eficácia recebeu a tarefa de parar o domínio das gangues, mas a dificuldade de lidar com um sistema autoritário e corrupto o impossibilitou, dando até mesmo mais força para os Peaky Blinders. Agora, resta esperar se a sexta temporada deverá retratar isso de alguma maneira.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top