Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Witcher: 5 versões além da série da Netflix
    Por Ygor Palopoli — 20 de dez. de 2019 às 20:30
    facebook Tweet

    De um filme na Polônia a um RPG de mesa!

    Se você faz parte do time de fãs de carteirinha de The Witcher, provavelmente sabe muito bem que, muito antes da existência da série da Netflix, a obra de Andrzej Sapkowski já havia expandido seus horizontes a várias vertentes diferentes. No entanto, por mais que atualmente Henry Cavill seja o rosto definitivo do Geralt de Rivia, muitos já vieram antes dele. 

    Aproveitando o recente lançamento do serviço de streaming, o AdoroCinema separou algumas outras adaptações da narrativa épica que tiveram as mais variadas recepções possíveis: desde a aclamação até... bom, é melhor deixarmos você mesmo conferir. Vamos lá?

    FILME

    Resultado de imagem para Wiedzmin 2001

    Lançado sob o título de Wiedzmin, a adaptação cinematográfica polonesa — país de origem de Andrzej, autor da obra original — surgiu em 2001 sob direção de Marek Brodzki e custou o equivalente a R$ 20 milhões, na moeda local. Na época, foi justamente o altíssimo investimento que inviabilizou a continuidade da produção, mas o planejado era que o longa acabasse se tornando também uma série de TV. Com uma recepção mediana, o filme acabou ficando por ali mesmo, e envelhecendo mal, como você pode ver aqui nos efeitos visuais... peculiares

    GAME

    Resultado de imagem para the witcher 3

    Se estamos falando de obras conceituadas, provavelmente The Witcher 3: Wild Hunt seja o melhor exemplo de como uma adaptação literária pode alcançar mídias inesperadas com uma eficácia gigantesca. Avaliando a recepção geral do público gamer, é válido afirmar que a série da Netflix provavelmente não teria acontecido se o jogo não tivesse sido bem sucedido. No entanto, é importante ressaltar que o arco narrativo do game é outro do que foi adaptado na plataforma de streaming. 

    RPG

    Resultado de imagem para the witcher pondsmith

    Concebido pela R. Talsorian, o RPG de mesa de The Witcher vem recebendo diversos elogios e será lançado pela editora Devir no Brasil logo em janeiro de 2020. O livro do RPG tem mais de 300 páginas e é ilustrado com versões alternativas de diversos personagens. Além de contar com modelos prontos, como o próprio Geralt de Rívia, ele também oferece as ferramentas necessárias para que você adentre no épico universo da obra. 

    LIVRO

    Resultado de imagem para the witcher books

    Óbvio que era impossível falar sobre as diferenças mídias de consumo nas quais The Witcher se localiza sem citar a que gerou todas as outras. Contando a trajetória do mítico Geralt de Rívia, um dos últimos bruxos restantes na humanidade, a saga literária já passa dos oito volumes, além de romances indepentes e derivados, a mitologia vem se expandindo até mesmo em quadrinhos, que mostram as histórias de maneira ilustrada, além de acrescentar algumas informações.

    SÉRIE

    Imagem relacionada

    Evidentemente, resta chegar à Netflix. Com estreia em 20 de dezembro, o projeto promete trazer Yennefer (Anya Chalotra) e Ciri (Freya Allanao lado de Geralt, denominado oficialmente como um "caçador de monstros que luta para encontrar seu lugar em um mundo onde as pessoas provam com frequência serem mais perversas do que os monstros que caçam". Até então, o grande desafio é conseguir inserir o espectador na contextualização de como o mundo chegou ao ponto atual, mas para isso não há problema, visto que a showrunner Lauren Schmidt já confirmou uma 2ª temporada e ainda bateu o martelo: há material para mais 20 anos de seriado. Eita...

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Diego Nunes de Souza
      a série de 2002 é boa, estou terminando agr e explica bastante coisa, principalmente pra quem era leigo na historia até recentemente
    • Luciano Vicente De Medeiros
      Muita gente ta perdida na serie, as passagens de tempos são totalmente estranhas e praticamente aleatórias.
    Mostrar comentários
    Back to Top