Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    CCXP 2019: Equipe de Desalma revela influências em Os Outros, Dark e Ingmar Bergman (Entrevista)
    Por Katiúscia Vianna — 15 de dez. de 2019 às 09:00
    facebook Tweet

    Maria Ribeiro e Claudia Abreu falam sobre o drama sobrenatural da Globoplay.

    Desalma 1ª Temporada Trailer

    Brasileiro também sabe fazer terror. Essa tendência vem crescendo nas telonas e, agora, pretende chegar às telinhas. Uma das novas apostas da Globoplay é Desalma, drama sobrenatural que traz nomes como Cassia KisClaudia AbreuMaria Ribeiro no elenco.

    A trama começa em 1988, na cidade fictícia Brigida, formada por uma colonização ucraniana no interior do Brasil. A morte de uma jovem, durante a tradicional festa pagã Ivana Kupala, faz com que tal evento deixe de ser celebrado na comunidade até 2018 — mesmo ano do suicídio do executivo Roman Skavronski (Nikolas Antunes), nascido no local. Enquanto sua esposa Giovana (Ribeiro) volta para a cidade natal do marido, a prima do moço, Ignes (Abreu), também passa a sofrer com problemas estranhos, que parecem sobrenaturais. No meio da história ainda existe a bruxa Haia Lachovicz (Kis), praticante de um perigoso ritual.

    Foi a mitologia eslava que se tornou inspiração para a premiada autora Ana Paula Maia, que assina sua primeira obra audiovisual. Se não for, oficialmente, considerada uma especialista em terror, a escritora é, pelo menos, uma grande apaixonada pelo assunto, dominando boa parte da coletiva de imprensa, ao tecer seus conhecimentos sobre o gênero. Quando conheceu essa comunidade no Brasil, sabia que estava diante de algo especial. "Acho aterrorizante essa cultura ucraniana. Meu critério foi que esse é o melhor lugar para contar uma história de terror. Tem paganismo, bruxa, fundo sombrio; está ali pronto. Só me apropriei de algumas coisas para criar uma história nova. O terror é um gênero fabuloso e complexo. Basta ver Além da Imaginação para observar como o terror pode ter várias faces, há muitas possibilidades ali."

    Por sua vez, Desalma é descrito de diversas formas. O diretor Carlos Manga Jr. o define como um drama sobrenatural. Maia confessa que é um pós-terror, com toques de terror psicológico, sem derramamento de sangue. Para Maria Ribeiro, é basicamente uma panela de pressão. "[Na série,] o silêncio diz tanto quanto as falas. E até mesmo nelas, não dá pra saber se todos estão falando o que estão sentindo. Vai entrando num lugar de mistério, pois a minha personagem é quem chega de fora [da comunidade], e fica o tempo inteiro com uma sensação de 'Que lugar é esse?'. Descobre que existe um mundo diferente do seu. É algo como uma panela de pressão, onde você vê os personagens no limite, mas nunca expressam isso."

    Completando o pensamento da colega de elenco surge Claudia Abreu, revelando que o clima frio não surgiu apenas nas temperaturas abaixo de zero grau durante nas filmagens. "O grande desafio é se transportar para esse tom de interpretação bem diferente, que não é naturalismo, nem tom teatral. Ele tem algo ritualístico e todo o elenco foi preparado para estar no mesmo tom, longe dos tons quentes dos brasileiros. Para dar ideia de um povo que não é daqui, desses ucranianos que se manteram fora da brasilidade. Estão aqui, mas não pertencem ao Brasil."

    Para construir esse universo, Manga Jr. tirou referências de diversas obrasdo universo audiovisual. Cenas do trailer remetem ao suspense Os Outros, com Nicole Kidman, onde um drama se transforma no sobrenatural a partir de uma reviravolta. O clima de Desalma não é distante disso, ao mesmo tempo que o cineasta aponta também a presença de uma sensação angustiante durante a narrativa, buscando algo similar (seja visualmente ou na narrativa) ao sucesso alemão Dark. Mas existe um outro nome que circula pela equipe ao falar do misterioso projeto: "Ingmar Bergman traz algo existencialista, psicologicamente dramático e questionador. O que me atrai em Desalma é a coisa de falar da verdade humana, através de um universo inventado. É pegar Bergman e seus descendentes e colocar numa capa pop", exalta o diretor.

    Com 10 episódios, Desalma estreia em março de 2020 e já tem segunda temporada garantida.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top