Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The End of the F***ing World: Netflix divulga detalhes e previsão de estreia da 2ª temporada
    Por Laysa Zanetti — 6 de set. de 2019 às 14:24
    facebook Tweet

    Série retorna ainda em 2019.

    Netflix/Divulgação

    Prontos para o retorno de Alyssa?

    A Netflix divulgou a primeira imagens, a previsão de estreia e os detalhes da trama da segunda temporada de The End of the F***ing World. A série britânica estreia os novos episódios em novembro deste ano, sendo lançada globalmente pela plataforma de streaming e pelo Channel 4 no Reino Unido.

    De acordo com o Channel 4, a segunda temporada retorna dois anos após os eventos finais da temporada inicial, com Alyssa (Jessica Barden) lidando com as repercussões dos eventos que se desenrolaram na praia com James (Alex Lawther). Se ele retorna ou não... teremos que esperar para descobrir.

    Nas imagens divulgadas, surgem Alyssa, esta com um uniforme indicando que ela está trabalhando como garçonete, e uma nova personagem. A atriz Naomi Ackie (Star Wars: A Ascensão Skywalker) interpreta Bonnie, descrita como uma mulher "deslocada, com um passado complicado e uma conexão misteriosa com Alyssa".

    The End of the F***ing World: Crítica da 1ª temporada

    Netflix/Divulgação
    Netflix/Divulgação

    A primeira temporada da série acompanhou os adolescentes James e Alyssa, que embarcam em uma road trip que os leva diretamente ao caos nos melhores tons do humor ácido e obscuro. Sem medo da violência, a série traz a transição da adolescência para a vida adulta e o enfrentamento dos traumas através da visão de dois personagens completamente distantes da perspectiva moral convencional — o que gera, naturalmente, um deleite para o público.

    "The End of The F***ing World foi um dos dramas mais originais e potentes que saíram do Reino Unido em anos", comentou o diretor de programação do Channel 4, quando anunciou a renovação. "Estou orgulhoso de termos dado vida a ela, e mais do que empolgado para trabalhar novamente com todo o time."

    Em entrevista anterior concedida ao Collider, o showrunner Jonathan Entwistle havia tecido algumas explicações a respeito do ambíguo final da primeira temporada:

    "Para aqueles que já leram os gibis, eles terminam de forma bem definitiva. E de fato há um epílogo que nunca chegamos a filmar ou a escrever, que termina com a ambiguidade — se é que isso faz sentido. Acho que para nós, queríamos a oportunidade de poder continuar a história, porque quando estávamos escrevendo — começamos a escrever a série há quatro anos e a Netflix não existia da mesma forma que existe hoje. Então quando estávamos organizando o arco e nos atendo muito próximos aos quadrinhos, fez sentido terminar daquela forma."

    O epílogo ao qual Entwistle se referiu (ALERTA DE SPOILER!) trata-se de um momento em que Alyssa está sentada sozinha em seu quarto após o tiroteio na praia, usando um prego para gravar o nome de James no próprio braço. O ato deixa bem claro que o garoto de fato teve um final trágico, mas justamente a ausência desta parte deixa as possibilidades abertas para a nova temporada.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top