Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Big Little Lies: Presidente da HBO nega controvérsia de Andrea Arnold na 2ª temporada
    Por Laysa Zanetti — 25 de jul. de 2019 às 10:50
    facebook Tweet

    Segundo Casey Bloys, a diretora sabia desde o início que não teria controle criativo sobre a montagem da temporada.

    O presidente de programação da HBO, Casey Bloys, falou em frente a uma bancada de jornalistas nesta quarta-feira (24) durante o TCA Summer Press Tour — evento organizado anualmente pela Associação de Críticos de Televisão dos Estados Unidos, na Califórnia. Bloys respondeu perguntas sobre a segunda temporada de Big Little Lies e a suposta crise de controle criativo entre a diretora Andrea Arnold e o produtor Jean-Marc Vallée. Ele negou que tenha havido qualquer desentendimento, afirmando que a cineasta sabia desde o início que não teria o corte final dos episódios.

    Reiterando a declaração oficial que a HBO havia emitido após a publicação da reportagem do IndieWire, o presidente fez elogios ao trabalho de Arnold, mas afirmou (via THR) que "diretores entregarem seus trabalhos para produtores executivos para o corte final é um processo habitual" na televisão. 

    Big Little Lies: Critica da 2ª temporada

    Fontes ligadas ao IndieWire afirmam que houve uma crise de controle criativo na segunda temporada de Big Little Lies, envolvendo a autonomia da diretora Andrea Arnold, contratada para comandar os sete episódios, e a interferência do roteirista e produtor executivo David E. Kelley, assim como de Jean-Marc Vallée, que dirigiu e montou toda a primeira temporada, sendo apontado como o responsável quase singular pelo tom da temporada inicial.

    Uma extensa reportagem relata que Arnold não estava ciente de que não teria autonomia sobre os cortes dos episódios, revelando que ela até mesmo começou a fazer a montagem antes de o material ser retirado dela e entregue a Vallée. O diretor, por sua vez, teria feito algumas refilmagens e descartado parte do material filmado por Arnold, sem que ela fosse consultada.

    De fato, é tradicional na TV que o corte feito pelos diretores seja entregue aos produtores executivos. Afinal de contas, é importante que haja continuidade e um tom uniforme entre episódios dirigidos por autores diferentes. O problema aqui seria, supostamente, que Arnold havia sido informada que teria autoridade sobre a montagem.

    Big Little Lies: Uma das Cinco de Monterey morreria na primeira versão do roteiro, conta atriz

    Segundo informações obtidas pelo The Hollywood Reporter, o contrato de Arnold não incluía o corte final. É necessário lembrar, no entanto, que o Sindicato dos Diretores (DGA) preserva que os profissionais da área estejam presentes durante qualquer edição de seu material, mesmo não participando da execução da montagem. A reportagem inicial afirma que Vallée chegou a começar a fazer refilmagens sem a presença de Arnold.

    O que o IndieWire alega é que não apenas Arnold não sabia que não teria a versão final da montagem dos episódios, mas que já estava acordado desde o início com Jean-Marc Vallée que ele seria novamente o responsável — afinal de contas, foi ele responsável por uma assinatura distinta da estelar primeira temporada. Quando as filmagens da segunda temporada de BLL ocorreram, no entanto, Vallée estava ocupado com Sharp Objects, e por isso não chegou a acompanhar as gravações e a rotina de Arnold. A falta de continuidade no trabalho teria vindo tanto daí quanto das identidades distintas dos trabalhos dos dois diretores.

    Bloys explicou à platéia de jornalistas que Vallée esteve envolvido no roteiro da segunda temporada e participou de jantares com Arnold antes do início das filmagens, negando que ele tenha estado apenas na pós-produção.

    "Acho que houve desinformação de que [Vallée] decidiu de forma unilateral chegar e assumir tudo", afirmou. "Eles estavam trabalhando de forma uníssona. Estávamos cientes, os produtores também. Nós a contratamos pelo seu talento... ela entendeu que não queríamos reinventar a série ou ter alguém que chegasse e a reinventasse completamente."

    Por fim, o presidente de programação voltou a descartar a possibilidade de uma terceira temporada. "Eu adoraria porque amo trabalhar com eles. Mas quem sabe? Não parece possível, mas eu certamente estou aberto."

    As duas temporadas de Big Little Lies estão disponíveis no HBO Go. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top