Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Atriz de Game of Thrones ajuda a resgatar mulheres obrigadas a se casar
    Por Ygor Palopoli — 18 de jun. de 2019 às 18:35
    facebook Tweet

    Sibel Kekilli começou a sofrer ataques virtuais por seu ativismo e precisou fechar a conta do Instagram.

    Apesar de ser mais conhecida por seu papel de Shae em Game of Thrones, a atriz Sibel Kekilli vai muito além disso. Em seu blog oficial, George R.R. Martin, criador da saga de livros "As Crônicas de Gelo e Fogo", que deram origem para o seriado, tirou um tempo para falar a respeito das ações sociais promovidas pela atriz. Ele aproveitou o momento para passar uma importante mensagem.

    Sibel, por muitos anos, fez parte da ONG Terre Des Femmes, que presta socorro para mulheres que foram vítimas de violência. O atual projeto no qual ela está envolvida chama-se PAPATYA, e tem como objetivo resgatar meninas que foram sequestradas e forçadas a se casar contra sua vontade.

    "Toda vez que ela fala, torna-se alvo de abusos, insultos e ameaças de morte. Mas ela sempre persiste apesar de tudo. Sibel Kekilli é uma heroína de verdade. Ela tem trabalhado há anos pela ONG Terre de Femmes, lutando contra a violência contra mulheres ao redor do mundo”, falou.

    Sibel na premiação do Lola Award.

    Martin usou de sua postagem para chamar a participação no público na causa de Kekilli: "Agora, Sibel está em uma nova aventura: trabalhar com a PAPATYA em prol do resgate de garotas em idades entre 13 e 21 anos, que são ameaçadas e forçadas ao casamento infantil. Ela conta com minha admiração e meu apoio. E espero que ela tenha o de vocês também".

    Além de interpretar Shae em Game of Thrones, a atriz tem uma vasta carreira na Alemanha, onde nasceu. Ela venceu o Lola Award de Melhor Atriz duas vezes: o prêmio é considerado o Oscar alemão pelos críticos do país. Antes de começar a atuar usando seu próprio nome, ela era uma estrela do cinema pornô, sob o apelido de "Dilara". Ao vencer o Prêmio Bambi por sua atuação no filme Contra a Parede, ela se emocionou ao falar a respeito do abuso da mídia devido a seu passado.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jc V.
      Ta de parabens, mulher guerreira!Mas só pra não perder a piada: E quem defende os homens obrigados a se casar contra sua vontade?? Não conheço um unico homem que sonha em se casar rsrsrs
    Mostrar comentários
    Back to Top