Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Game of Thrones: "Estou do lado de Daenerys", revela Emilia Clarke após episódio final
    Por Laysa Zanetti — 20 de mai. de 2019 às 11:00
    facebook Tweet

    Atriz abre o jogo sobre sua percepção da Mãe dos Dragões.

    Helen Sloan/HBO

    ATENÇÃO! Contém SPOILERS do episódio final de Game of Thrones.

    Cá estamos em um mundo após o fim de Game of Thrones e, para Emilia Clarke, a sensação é amarga.

    A intérprete de Daenerys Targaryen concedeu uma entrevista à Entertainment Weekly, em que conta sobre a sua reação ao ler o roteiro do episódio final da série, em que sua personagem é morta por Jon Snow (Kit Harington).

    A atriz conta que leu "de novo, e de novo, e de novo", sete vezes até absorver o que acontece com a Mãe dos Dragões no episódio final.

    "O que, o que, o que, O QUE? Porque é algo que vem do nada. Fiquei espantada. Nunca imaginei que iria acontecer", revela.

    "Eu chorei", continua, relatando sobre o momento em que leu o roteiro, dois dias antes de ir para Belfast para a leitura com o elenco completo. "Eu saí de casa, peguei minhas chave e meu celular e voltei com bolhas nos pés. Não retornei por cinco horas. Ficava pensando, 'Como eu vou fazer isso?'"

    Clarke explica que precisou mapear uma série de eventos que constituem reviravoltas no arco de Dany para conseguir entender o encerramento da personagem.

    "Ela começa com as melhores intenções e espera que não haja nada no caminho de seus planos. O problema é que os Starks não gostam dela, e ela vê isso", detalha. "Ela pensa, 'Okay, uma chance.' Ela dá a eles esta chance e isso não funciona, mas ela já foi muito longe para desistir. Ela fez a cama e está deitada nela. Está feito. E é isso, e não acho que ela percebe isso até que acontece — o real efeito da reação deles sobre ela é: 'Eu não me importo.' Esta é toda a minha existência. Desde o nascimento! Ela literalmente veio ao mundo precisando correr [de gente que] estragou tudo, e agora [ela] é a única esperança."

    Depois de quase uma década com a personagem, Emilia Clarke admite que o apreço que tem por Daenerys é muito forte, e que por vezes ela mesma confunde a sua personalidade com a de Khaleesi.

    "Ela já fez tanta coisa em sua missão na vida para retificar, viu e passou por muita coisa, perdeu e sofreu e se machucou. De repente, todas essas pessoas estão virando para ela e dizendo: 'Nós não aceitamos você.' Mas ela já está muito entregue, matou muita gente. Não posso virar o barco, é muita coisa. Uma por uma, você vê todas essas cordas sendo cortadas. E existe este último fio de esperança em que ela está se segurando: este garoto. E ela pensa, 'ele me ama, e acho que isso é o suficiente.' Mas será que é? É só aquela esperança e aquele desejo de que alguém a aceita por tudo o que ela é. E ele não aceita."

    Em entrevista à New Yorker, a atriz conta em tom confessional o quanto ficou abalada com o arco final de Dany.

    "Foi bonito e incrível, mas eu fiquei olhando sobre os meus ombros todo o tempo enquanto todo mundo ganhava uma história — por falta de outra palavra — mais humana. Eles fazem coisas boas. Eles partem corações. Daenerys tem, consistentemente, tido esse caminho de salvação, e ela está sentada no alto de uma montanha muito segura", conta.

    "Me lembro dos garotos — nossos roteiristas e showrunners — me dizendo que o arco de Daenerys era como o de Lawrence da Arábia. Eu vi Lawrence da Arábia, e eu pensei 'Legal, ele é brilhante, ele sobreviveu, é incrível.' Mas então você se lembra de como o filme termina. Não coloquei estes dois elementos juntos. Ou talvez eu não quisesse ver porque eu me importava demais com Daenerys."

    Mas será que isso significa que ela concorda com tudo o que Daenerys fez?

    "Se você perguntar se eu — como Emilia — discordei dela em qualquer ponto, foi muito difícil ler os roteiros. O que eu aprendi nas aulas de atuação — e se você publicar isso alguns professores vão dizer que é mentira, mas aí vamos: ensinaram que o seu personagem está certo. O seu personagem faz uma escolha e você precisa aceitar isso. Um ator nunca deve temer parecer muito feio. Nós temos lados feios de nós mesmos. E depois de 10 anos trabalhando nessa série, é lógico. Para onde mais ela pode ir? Eu tentei pensar em um final. Não é como se ela de repente fosse se sentar e fazer chá e biscoitos. Isso nunca iria acontecer. Ela é uma Targaryen."

    A atriz sabia, no entanto, que o final seria divisivo fosse qual fosse:

    "Sempre soube que a série nunca iria satisfazer a todos. Eu vi e amei muitas séries para imaginar que isso seria possível. As histórias são muito vastas, os personagens são muito complexos. A série é, de certa forma, divisiva. E se você agradar a todos, então será algo muito tépido. Para mim, pareceu a única forma como poderia terminar", falou à New Yorker.

    "Tendo dito tudo o que eu acabei de dizer", finalizou para a EW, "eu estou do lado de Daenerys. Estou do lado dela. Não poderia não estar."

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Renata Simões
      falou nada com nada gostou ou não caramba? era só essa a pergunta
    Mostrar comentários
    Back to Top