Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Elite: Rebelde encontra La Casa de Papel em nova série espanhola da Netflix (Crítica da 1ª temporada)
    Por Lucas Salgado — 12/10/2018 às 08:55
    facebook Tweet

    Os oito episódios da série estão disponíveis na Netflix.

    Nota: 2,5/5,0

    Elite chegou na Netflix pegando carona no mega-sucesso de La Casa de Papel. E, de fato, as duas séries possuem algumas coisas em comum, como o fato de serem produzidas na Espanha e contarem com as presenças de Miguel HerránJaime Menéndez LorenteMaría Pedraza no elenco. Tematicamente, no entanto, a série tem mais em comum com obras como RebeldeGossip GirlO Plano Perfeito.

    A trama é passada em um colégio de elite na Espanha. Após um acidente em uma escola pública, a classe rica local decide dar como prêmio três bolsas de estudo para alunos mais pobres (olha Rebelde aí!). Samuel (Itzan Escamilla), Nadia (Mina El Hammani) e Christian (Miguel Herrán) são os três alunos, que logo se tornam foco de atenção dos jovens mais mimados do colégio.

    A série mescla o dia a dia do colégio com flashfowards de vários dos alunas dando depoimentos para a investigação de um homicídio marcante (como em O Plano Perfeito). No meio disso tudo, muita intriguinha e pegação (alô Gossip Girl).

    Elite tem momentos divertidos e consegue criar tensão e intriga, mas também se perde um pouco em meio a uma onda de clichês e muitas informações. É tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que o espectador se vê soterrado de informações. Só no primeiro episódio ficamos sabendo do crime, da vítima, conhecemos os novos alunos, os veteranos e suas famílias, os principais relacionamentos e até o fato de uma personagem ser portadora do vírus do HIV. 

    Ainda que o crime seja meio que o ponto de condução da narrativa, a obra vai pegar seus fãs através dos relacionamentos amorosos. Por sinal, a série conta com classificação de 18 anos justamente por apimentar bastante as cenas. 

    Superficial em boa parte dos temas mais sérios que busca tratar - em especial com relação ao núcleo muçulmano -, Elite aborda relacionamentos modernos e chama a atenção ao construir um núcleo abrangente de personagens.

    Na comparação com La Casa de Papel, é uma produção menos envolvente e, por consequência, mais difícil de maratonar. Mas não deixa de ter seu valor. De certa forma é uma versão teen de Big Little Lies. Sexo, drogas, fofocas, discussões de classe... Elite é tão barulhenta quanto suas personagens e viciante como os produtos vendidos por Omar.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Eduardo da Silva
      Já que estou com tempo vamos lá:Elite, uma série de televisão espanhola estreada em 2018, e em seu enredo conta a história de três jovens amigos que recebem bolsas de estudo de uma construtora após um desastre na sua escola anterior devido a precariedade da estrutura acometida pela própria construtora. Em uma síntese das 3 temporadas vemos como investigação criminal é capaz de prender o telespectador, pois a trama é envolvida desde o primeiro episódio onde revela que Marina Pedraza, uma das protagonistas da série, é assassinada, mas o autor não é revelado. Por trás desta trama ainda temos paixões adolescentes, choques entre diferentes classes sociais e a nossa cereja do bolo, muito sexo. Diante disso podemos concluir que certamente está série ganhou os corações brasileiros e tornou-se sucesso desde sua estreia na Netflix.La casa de papel, outra série de televisão espanhola, tendo sua estreia em 2017 somente na Espanha, com um início excelente, mas que aos poucos perdeu seu sucesso, até que a Netflix resolveu comprar a série e o resto vocês já sabem, se tornou sucesso em todo o mundo junto ao símbolo da liberdade de expressão. Mas como o documentário La casa de papel, O fenômeno nos mostrou, este sucesso não era esperado nem pelos próprios criadores, mas então como que ela se tornou um sucesso e tão pouco tempo, ganhando até mesmo em 2018 o Emmy Internacional de melhor série dramática? Fácil, a luta contra o sistema. Diante de todas as lutas político-partidárias que vem acontecendo no mundo, esta série mostrou que o proletário tem sede de luta pelo poder, e que pelas suas mãos, poderão ir contra o sistema e derrotá-lo. Além disso temos igualmente a outra série, a trama policial, 2 assaltos, corrupção, paixões, e outras coisas que cativam o telespectador, fazendo desta série um sucesso mundial.Diante disto coloco meu voto e minha justificativa brevemente: La casa de papel pode ser considerada melhor que Elite, e isso se dá por um único fato, dentre todos os momentos da história, sempre haverá luta de classes, pois vivemos em um mundo desigual, mas agora, tornar isto um sucesso mundial, é mostrar que as coisas podem estar mudando, talvez quem sabe pra uma revolução, seria sonhar alto demais? Talvez não...Abraços a todxs e fiquem em paz e em casa!
    • Ana Paula Bacana
      A mini reportagem resume bem, embora de maneira muito superficial, afinal estamos em um mundo onde não devemos pensar em nada por mais de 2 minutos, a série. Embora concorde com o que foi dito confesso que gostei da série, e sem dúvida as tetas das atrizes são a melhor parte da série.
    • Berguinho Freitas
      Tô fora!!! Juntou uma ruim a outra pior!
    • Rafa Almeida
      O título desse artigo não poderia ser melhor. HAHAHA
    • Fabio Ssilva
      Gostei da serie, só que alguns temas ficaram superficial na narrativa, esperando a segunda temporada.
    • Panela Silva
      Lixo pa caraio
    • glauberson
      2,5? pelo amor de deus né. A serie é muito boa! Galera baba muito ovo de series horrentas e as boas de verdade ficam no canto.
    • HP
      Que crítica mais rasa e ridícula, a série é muito mais do que isso.
    • Vidamell Vida R.
      É....nem é lá essas coisas.
    • Kassio O.
      2.5...discordo totalmente dessa nota
    • Wesley S.
      não é tão difícil assim de maratonar, são pontos de vista diferente, achei o ritmo da série confortável e tenso ao mesmo tempo, só achei o final meio corrido, mas é uma ótima série de colégio.
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Séries mais esperadas
    Love, Victor
    1
    Love, Victor
    Elenco: Michael Cimino (II), Ana Ortiz, Nick Robinson
    Comédia, Drama
    Estreia
    19 de junho de 2020 em Hulu
    Todos os vídeos
    Reality Z
    2
    Reality Z
    Elenco: Sabrina Sato, Guilherme Weber, Emílio de Mello
    Comédia, Terror
    Estreia
    10 de junho de 2020 em Netflix
    Perry Mason (2020)
    3
    Perry Mason (2020)
    Elenco: Matthew Rhys, John Lithgow, Juliet Rylance
    Drama, Crime
    Estreia
    21 de junho de 2020 em HBO
    Todos os vídeos
    Adventure Time: Distant Lands
    4
    Adventure Time: Distant Lands
    Elenco: Jeremy Shada, John DiMaggio, Hynden Walch
    Aventura, Animação
    Estreia
    25 de junho de 2020 em HBO Max
    Novas séries mais esperadas
    Últimas notícias de séries
    Control Z: 5 curiosidades sobre Zión Moreno
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sexta-feira, 29 de maio de 2020
    Control Z: 5 curiosidades sobre Zión Moreno
    Crítica: Em Defesa de Jacob, da AppleTV+, se apoia no mistério e no peso da dúvida
    NOTÍCIAS - Produção
    sexta-feira, 29 de maio de 2020
    Crítica: Em Defesa de Jacob, da AppleTV+, se apoia no mistério e no peso da dúvida
    The 100: Série ganha novas imagens da 7ª temporada
    NOTÍCIAS - Produção
    sexta-feira, 29 de maio de 2020
    The 100: Série ganha novas imagens da 7ª temporada
    13 Reasons Why: Hannah Baker deve aparecer na 4ª temporada?
    NOTÍCIAS - Visto na web
    sexta-feira, 29 de maio de 2020
    13 Reasons Why: Hannah Baker deve aparecer na 4ª temporada?
    Expresso do Amanhã: De onde você conhece Daveed Diggs?
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sexta-feira, 29 de maio de 2020
    Expresso do Amanhã: De onde você conhece Daveed Diggs?
    Control Z: Netflix renova série para a 2ª temporada
    NOTÍCIAS - Negócios
    sexta-feira, 29 de maio de 2020
    Control Z: Netflix renova série para a 2ª temporada
    Notícias de séries
    Back to Top