Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Punho de Ferro: Segunda temporada repara problemas da primeira, mas ainda peca em ritmo (Primeiras impressões)
    Por Laysa Zanetti — 06/09/2018 às 11:40
    facebook Tweet

    Nossa análise (sem spoilers) do novo capítulo da história de Danny Rand.

    Linda Kallerus/Netflix

    Não foram poucos os problemas da primeira temporada de Punho de Ferro. A trama tem a pior execução entre todo o grupo de séries da Marvel/Netflix — tratando-se, pelo menos, das primeiras temporadas de cada uma delas. Para o segundo ano, houve um processo de reparação que é visível desde o primeiro episódio.

    Com a saída de Scott Buck, o produtor M. Raven Metzner assumiu o posto de showrunner, com uma nova configuração para a série. Não se engane, você vai ouvir a frase “Eu sou o Imortal Punho de Ferro”, mas nem de longe tanto quanto ouviu nos treze primeiros episódios da série.

    Aqui, Danny Rand (Finn Jones) é um personagem muito mais amadurecido. Ele entende quem é e o que se espera dele. Ajuda, é claro, a série já ter passado pela naturalmente enfadonha história de origem, mas a maior diferença reside justamente no fato de haver uma real exploração do personagem que não fica apenas na superfície.

    Entre os problemas mais visíveis da primeira temporada de Punho de Ferro, desaparecem as péssimas coreografias. Fica evidente que Finn Jones teve mais tempo para se preparar, mas as cenas de luta também são melhores com Colleen (Jessica Henwick, que já era o ponto alto da série desde o início), Davos (Sacha Dhawan) e novos personagens. Há ousadia em algumas tomadas e a série não foge do sangue, o que sempre é bom para imprimir a carga realista na qual este microverso se baseia.

    Outrora personagens extremamente rasos beirando a inutilidade, os irmãos Joy e Ward Meechum (Jessica Stroup e Tom Pelphrey) têm outras funções neste segundo capítulo. Ward desenvolve uma relação que beira o fraternal com Danny, e demonstra até mesmo uma certa irreverência. Justamente por isso, há espaço para o ator exercitar uma atuação mais complexa, e a mesma oportunidade é dada a Stroup, que entrega o suficiente com o que tem. Joy é aqui uma personagem muito mais sutil, que deixa clara a dor que sente após os eventos da temporada anterior, sobretudo em relação ao pai e ao irmão. Isso gera uma certa identificação em certo nível, eliminando parte do distanciamento que o público sentia com quase todos os personagens da série.

    Linda Kallerus/Netflix
    Joy e Ward Meechum

    Nesta temporada, Danny deixou a supervisão do dia-a-dia da Rand Enterprises, mergulhando na tarefa de defender a Cidade de Nova York. Quando um "velho amigo" retorna com intenções distorcidas, isso acaba ameaçando a frágil paz que Danny mantinha dentro desta comunidade, e dentro de si mesmo.

    Uma grande adição para a temporada é Alice Eve, que interpreta a antagonista Mary Typhoid. A personagem, que nos quadrinhos já foi associada ao Demolidor, tem distúrbio de dupla personalidade, e suas diferentes “faces” surgem nos momentos mais inoportunos, navegando entre uma jovem pacifista a uma mulher com os mais perigosos instintos assassinos.

    Linda Kallerus/Netflix
    Mary e Davos

    A abordagem de Eve para o papel é divertida, e a atriz entrega a novidade que é de longe a mais interessante da temporada — mas não é a única. A adição de Simone Missick, que retorna como Misty Knight para formar uma dupla com Colleen também melhora os ares da série e traz uma certa leveza. As Filhas do Dragão são rápidas não apenas nos golpes de luta mas também na retórica, uma graça muito bem-vinda na temporada.

    Linda Kallerus/Netflix
    Misty Knight e Colleen Wing

    Há uma subtrama que consegue amarrar de maneira nobre a história da disputa entre Danny e Davos com a relação balançada entre Joy e Ward, e por isso a temporada é capaz de traçar uma metáfora com dramas familiares e relacionamentos fragilizados. Apesar da nobreza da execução, no entanto, Punho de Ferro ainda não se livrou do problema de ritmo que acomete em diferentes níveis todas as suas “irmãs de casa.”

    A forma lenta com que a história é desenvolvida — priorizando sem exceções um arco da temporada e negligenciado as tramas episódicas — é extremamente prejudicial porque não dá ao público uma linha que acompanhar, transformando cada episódio em 50 minutos quase sem propósito, dos quais é possível tirar apenas algumas migalhas do arco completo que será resolvido nos minutos finais da temporada.

    Com uma cadência problemática e um personagem que não tem carisma, Punho de Ferro continua sendo uma série desafiadora mesmo com todos os acertos em relação à temporada inicial. A parte boa é que são apenas 10 episódios, ao invés dos tradicionais 13: uma decisão mais do que acertada que deve continuar a ser seguida.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan K
      já está na minha lista.
    • FSociety
      Na minha opinião melhorou apenas uns 3%
    • FSociety
      Verdade melhorou apenas uns 3% em comparação com a 1° temporada o Rand continuou um banana sendo coadjuvante em sua própria serie.
    • FSociety
      Tava até boa mais quando a história começou a forçar demais o lance da Colleen Wing se tornar a Punho de Ferro quem é fã de HQs como eu já começou a detestar a serie essa segunda temporada o Punho de Ferro foi coadjuvante em sua própria serie, a serie até melhorou em termos de cenas de luta mas esse lance de colocar vários diretores e diretoras que não entende nada dos quadrinhos para dirigir foi o ponto fraco, na minha opinião ela melhorou apenas uns 3% em relação a 1° temporada.Obs: Forçaram demais também quando colocaram a Mary Tyfoid estilo Justiceironas HQs ela não é nada daquilo nem nas roupas que veste.
    • Elvis Correia Leite
      Eu ainda não assisti a 2ª temporada, em relação à primeira que foi muito desordenada, mal elaborada e muito cheia de buracos, então espero que a segunda tenha trazido uma trama mais amadurecida e melhor de ser assistida. Eu ainda vou apostar algumas fichas nessa série, acho que vale à pena.
    • Alan Bitencourt
      Praticamente não melhorou, só deu uma leve lapidada, mas no geral continua ruim, não tem jeito essa série é um caso perdido.
    • Douglas fcc
      Resumindo,.continua um lixo.!
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Séries mais esperadas
    Vis a Vis: El Oasis
    1
    Vis a Vis: El Oasis
    Elenco: Maggie Civantos, Najwa Nimri, Alba Flores
    Drama, Suspense
    Estreia
    20 de abril de 2020 em
    Todos os vídeos
    Defending Jacob
    2
    Defending Jacob
    Elenco: Chris Evans, Michelle Dockery, Jaeden Martell
    Drama, Suspense
    Estreia
    24 de abril de 2020 em Apple TV+
    Todos os vídeos
    Penny Dreadful: City Of Angels
    3
    Penny Dreadful: City Of Angels
    Elenco: Daniel Zovatto, Natalie Dormer, Nathan Lane
    Drama, Terror
    Estreia
    26 de abril de 2020 em Showtime
    Todos os vídeos
    Stargirl
    4
    Stargirl
    Elenco: Brec Bassinger, Joel McHale, Henry Thomas
    Ficção científica, Ação
    Estreia
    18 de maio de 2020 em DC Universe
    Todos os vídeos
    Novas séries mais esperadas
    Últimas notícias de séries
    Law & Order: Elliot Stabler está de volta em série derivada
    NOTÍCIAS - Visto na web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    Law & Order: Elliot Stabler está de volta em série derivada
    Mandou Bem: Melhores momentos da série de competição mais engraçada da Netflix
    NOTÍCIAS - Visto na web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    Mandou Bem: Melhores momentos da série de competição mais engraçada da Netflix
    How to Fix a Drug Scandal: Conheça a nova série documental da Netflix
    NOTÍCIAS - Visto na web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    How to Fix a Drug Scandal: Conheça a nova série documental da Netflix
    La Casa de Papel: Alba Flores comenta teorias de fãs sobre o futuro de Nairóbi
    NOTÍCIAS - Visto na web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    La Casa de Papel: Alba Flores comenta teorias de fãs sobre o futuro de Nairóbi
    La Casa de Papel: Relembre o que aconteceu na 3ª temporada
    NOTÍCIAS - Visto na web
    quarta-feira, 1 de abril de 2020
    La Casa de Papel: Relembre o que aconteceu na 3ª temporada
    Riverdale, The Flash e outras séries ganharão episódios novos
    NOTÍCIAS - Visto na web
    terça-feira, 31 de março de 2020
    Riverdale, The Flash e outras séries ganharão episódios novos
    Notícias de séries
    Back to Top