Meu AdoroCinema
    Treze Dias Longe do Sol: Selton Mello, Carolina Dieckmann e Debora Bloch explicam a crítica social da minissérie (Entrevista)
    Por Katiúscia Vianna — 28/10/2017 às 07:54
    facebook Tweet

    O AdoroCinema também conversou com Paulo Vilhena e Fabrício Boliveira no lançamento da nova produção da Rede Globo.

    Rede Globo de Televisão

    Um prédio desaba durante um dia de forte chuva. Embaixo dos escombros, sobreviventes estão soterrados em busca da saída. Entre blocos de cimento e muita poeira, bombeiros tentam ajudar as vítimas numa tensa corrida contra o tempo. Do lado de fora, mídia e familiares tentam descobrir quem é o culpado de tanta tragédia. Infelizmente, esse retrato já foi visto diversas vezes nos jornais. Mas a roteirista Elena Soárez e o diretor Luciano Moura (A Busca) perceberam ali que existe uma história humana a ser contada.

    Esse é o pontapé inicial da minissérie Treze Dias Longe do Sol e o AdoroCinema teve a chance de falar com o elenco durante a coletiva de lançamento, realizada quinta-feira (26/10) no Rio de Janeiro. Os próprios criadores definem tal projeto como a vontade de "colocar bons atores em situação limite" e quem lídera tal experiência é Selton Mello - figurinha já carimbada em séries da Rede Globo.

    Ele interpreta Saulo, um dos nove sobreviventes que estão presos no subsolo do prédio destruído. Ao mesmo tempo, foi a ambição deste homem que causou tal tragédia: ele é o engenheiro responsável pela obra, que investiu em mão de obra barata e material de baixa qualidade para economizar dinheiro e comprar a construtora onde trabalha. Agora, se encontra soterrado com outros funcionários e Marion (Carolina Dieckmann), filha do dono do edifício com quem ele teve um romance no passado.

    "Meu personagem é interessante porque é herói e vai líderar o grupo soterrado, porém, ao longo da série, você percebe que tem mais coisas a descobrir em sua história. Naquela tragédia surgem ressentimentos, frustações, a iminência da morte e todos tem que se unir para voltar a ver a luz do sol. Tem uma crítica bem atual. Tem a catástrofe física, mas [Elena e Luciano] se preocupam em focar nos dramas pessoais dos personagens", conta Selton.

    Isabella Pinheiro/Gshow
    Elenco reunido na coletiva de lançamento.

    UM RETRATO DA REALIDADE

    É importante ressaltar que Treze Dias Longe do Sol é uma obra de ficção, porém é impossível não perceber certas inspirações em casos reais como o Palace II (prédio que desabou no Rio de Janeiro em 1998) e o Edifício Liberdade (cuja queda no centro do Rio de Janeiro afetou outros dois prédios em 2012). Diante de uma realidade tão palpável, surge a questão  sobre como o ser humano reage diante de uma adversidade. "A maior crítica é sobre o desdém em relação à tragédia. Coisas horríveis acontecem todo dia no Brasil e a gente acha que é normal. Não estamos acostumados a pensar e agir a respeito sobre isso. Não temos compaixão ou estudamos a história. Invertemos os valores, é só ver em nosso cotidiano", declara Paulo Vilhena.

    O ator é responsável pelo papel de Vítor, herdeiro da construtora que precisa lidar com as complicações da tragédia na reputação de sua construtora. Ao mesmo tempo, Gilda (Debora Bloch), diretora financeira da empresa, busca uma forma de fugir das consequências legais do desastre, causadas por sua falta de responsabilidade e a ambição de Saulo. Para a veterana atriz, é importante contar tal história:

    "A história é muito boa. Fala de algo que vimos acontecer em 'nossas esquinas'. Então, eu acho interessante quando você pode falar de algo relevante em seu trabalho. E também ter a chance de representar o drama dessas vítimas, de certa forma. O maior desafio [em viver Gilda] foi humanizá-la, pois temos a tendência de vilanizar as pessoas. Porém, é mais intrigante observar os outros de uma forma humana e fugir do estereótipo".

    Ramon Vasconcellos/Globo
    Fabrício Boliveira vive o bombeiro Marco Antônio.

    O AMOR COMO RESPOSTA

    A grande intenção do show é transmitir como a compaixão pode ser a resposta para superar os problemas. Essa questão é representada em Marco Antônio (Fabrício Boliveira), tenente dos bombeiros que luta para resgatar as vítimas. "Ele enxerga a todos de forma igual: como seres humanos. Ele sempre luta pelos outros, num espirito muito parecido com a resistência coletiva do brasileiro. Essa série é uma metáfora boa desse novo mundo que está sendo construído, a partir desse capitalismo caindo em crise. Como queremos ver esse novo mundo? Aqui fica claro: é com o coração. É quase Interestellar!", brinca o ator, fazendo uma referência ao filme de Christopher Nolan.

    Quem também compartilha dessa opinião é Carolina Dieckmann, que retoma a parceria com Selton Mello treze anos depois da novela Tropicaliente. O relacionamento de seus personagens, diante das adversidades, tem a chance de ser reconstruído no meio dos escombros (Paradoxal não?): "Nessas horas, percebemos como é tão necessário se sentir seguro. Só que essas coisas acontecem e não tem como controlar. É do ser humano culpar o outro, porém, cada vez mais, vejo como não é isso que faz a gente andar para frente. Você tem que sempre buscar como resolver as coisas que surgem, tomar sua própria iniciativa. A gente vê isso na união daqueles soterrados."

    Ramon Vasconcellos/Globo
    Carolina Dieckmann como Marion Rupp.

    A RESISTÊNCIA DOS SOBREVIVENTES

    Para Selton Mello, a minissérie também teve a chance de trazer algo inédito em sua carreira: grande esforço corporal. Afinal, a jornada de Saulo envolver subir tampas e elevadores, descer dutos, quebrar coisas, enfrentar inundações e outros desafios para sobreviver: "Isso foi puxado, nunca tinha feito um trabalho tão físico antes. E foi uma das coisas que mais me agradaram nesse trabalho. Era algo que exigia muito da gente. Sempre machucado, sempre sujo e com cenas dramáticas, era tenso. É um tema pesado, mas gostei muito de ter essa experiência."

    Sem querer estragar a ilusão da televisão, é importante falar que os intérpretes dos sobreviventes gravaram suas cenas nos escombros em estúdios em São Paulo, com o acompanhamento de fisioterapeutas e preparadores físicos. "Foi um trabalho muito corporal, de muita resistência e muito desesperadora para os personagens, já que eles não sabem se vão sobreviver. Óbvio que quando uma pessoa passa por esse tipo de tragédia, não há preparação. Mas a partir desse momento, ela tem que lidar com coisas que nunca imaginou antes. O importante da nossa preparação foi ter esse panorama, fazer a gente conhecer, nem que seja teoricamente, a gama de emoções que surgem", conta Dieckmann.

    Com Lima DuarteEnrique Diaz e Camila Márdila no elenco, Treze Dias Longe do Sol só estreia na Rede Globo em janeiro de 2018. Porém, estará disponível para os assinantes do serviço de streaming Globo Play a partir do dia 2 de novembro.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Top séries
    La Casa de Papel
    1
    Direção: Álex Pina
    Elenco: Álvaro Morte, Álvaro Morte, Pedro Alonso
    Drama, Suspense
    O Mecanismo
    2
    Direção: José Padilha, Elena Soárez
    Elenco: Selton Mello, Caroline Abras, Enrique Díaz
    Drama
    Riverdale
    3
    Direção: Roberto Aguirre-Sacasa
    Elenco: K.J. Apa, Lili Reinhart, Camila Mendes
    Drama, Suspense
    The 100
    4
    Direção: Jason Rothenberg
    Elenco: Eliza Taylor, Paige Turco, Bob Morley
    Aventura, Drama
    Séries mais consultadas
    Últimas notícias de séries
    Malévola - Dona do Mal: "Há muita força e diversidade nessa história", diz Michelle Pfeiffer (Entrevista exclusiva)
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    terça-feira, 15 de outubro de 2019
    Malévola - Dona do Mal: "Há muita força e diversidade nessa história", diz Michelle Pfeiffer (Entrevista exclusiva)
    Patrocinado
    Star Wars: Joel Edgerton sugere retorno para série de Obi-Wan Kenobi
    NOTÍCIAS - Produção
    terça-feira, 22 de outubro de 2019
    Star Wars: Joel Edgerton sugere retorno para série de Obi-Wan Kenobi
    Ilha de Ferro: Segunda temporada chega frenética em busca de novas emoções (Primeiras Impressões)
    NOTÍCIAS - Produção
    terça-feira, 22 de outubro de 2019
    Ilha de Ferro: Segunda temporada chega frenética em busca de novas emoções (Primeiras Impressões)
    She-Ra e as Princesas do Poder terá personagem não-binário
    NOTÍCIAS - Visto na web
    segunda-feira, 21 de outubro de 2019
    She-Ra e as Princesas do Poder terá personagem não-binário
    Criador de Riverdale planeja série adolescente sobre Mary Shelley para HBO Max
    NOTÍCIAS - Produção
    segunda-feira, 21 de outubro de 2019
    Criador de Riverdale planeja série adolescente sobre Mary Shelley para HBO Max
    Cowboy Bebop: Netflix pausa filmagens após acidente de John Cho no set
    NOTÍCIAS - Produção
    segunda-feira, 21 de outubro de 2019
    Cowboy Bebop: Netflix pausa filmagens após acidente de John Cho no set
    Notícias de séries
    Séries novas mais esperadas
    His Dark Materials
    1
    His Dark Materials
    Elenco: Dafne Keen, Ruth Wilson, Anne-Marie Duff
    Drama, Fantasia
    Estreia
    4 de novembro de 2019 em HBO
    Todos os vídeos
    Green Eggs and Ham
    2
    Green Eggs and Ham
    Elenco: Adam DeVine, Michael Douglas, Diane Keaton
    Animação
    Estreia
    8 de novembro de 2019 em Netflix
    Harley Quinn
    3
    Harley Quinn
    Elenco: Kaley Cuoco, Lake Bell, Alan Tudyk
    Animação
    Estreia
    29 de novembro de 2019 em
    Todos os vídeos
    A Guerra dos Mundos
    4
    A Guerra dos Mundos
    Elenco: Gabriel Byrne, Elizabeth McGovern, Léa Drucker
    Drama, Ficção científica
    Estreia
    28 de outubro de 2019 em
    Novas séries mais esperadas
    Back to Top