Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Game of Thrones: Os paralelos que você (provavelmente) não notou entre 'Beyond the Wall' e 'Baelor'
    Por Laysa Zanetti — 22 de ago. de 2017 às 12:23
    facebook Tweet

    O penúltimo episódio da sétima temporada faz referências diretas ao penúltimo episódio da primeira temporada.

    Reprodução/HBO

    A primeira semelhança entre 'Beyond the Wall' e 'Baelor' é que ambos são os penúltimos episódios de suas respectivas temporadas (a sétima e a primeira) de Game of Thrones. A segunda coisa em comum é que ambos são comandados pelo mesmo diretor, Alan Taylor. A terceira – e que poderia passar despercebida – são as singelas referências de um que estão inseridas no outro.

    'Baelor' é o episódio 9 da primeira temporada, lembrado eternamente por ser o primeiro grande trauma causado por Game of Thrones com a morte de Ned Stark (Sean Bean). É basicamente onde toda a perspectiva que o espectador pudesse ter da série, em termos de previsibilidade da narrativa, muda completamente.

    Mas não é só isso.

    A Vulture teceu a comparação, com base em três pontos de 'Beyond the Wall' que fazem referência direta a acontecimentos do episódio 'Baelor'. A começar pela espada de Jon Snow (Kit Harington).

    Jon, Garralonga e os Mormont

    Game of Thrones 7.06: Beyond the Wall (Crítica do episódio)

    Garralonga foi entregue por Jeor Mormont (James Cosmo) a Jon justamente no episódio 1.09. O ex Lorde Comandante da Patrulha da Noite entregou a espada que estava na sua família há gerações ao bastardo de Ned Stark como retribuição por Jon tê-lo salvado de um wight. No momento, Jeor explica que a espada deveria ser de seu filho, Jorah (Iain Glen), mas este desonrou a família e, nas palavras de Jeor, "teve a decência de deixar a espada antes de fugir de Westeros."

    Em 'Beyond the Wall', Jon tenta entregar a espada a Jorah em um ato nobre. O filho do Velho Urso não aceita a arma, e insiste que fique sob a posse de Jon, para que o Rei do Norte possa matar mais 'homens mortos' – que foi exatamente o motivou Jeor a presenteá-lo com o aço em primeiro lugar.

    A execução de Ned Stark

    Game of Thrones: Sophie Turner e produtores comentam a nova dinâmica entre Sansa e Arya

    Arya Stark (Maisie Williams) chegou em Winterfell e agora o seu novo passatempo é confrontar Sansa (Sophie Turner). Em 'Beyond the Wall', as duas conversam bastante sobre Ned, e sobre o momento em que ele foi decapitado. Arya diz se lembrar do exato momento – do vestido e do penteado da irmã, enquanto ela mesma assistia à sentença da estátua de Baelor, o Abençoado.

    Se Arya realmente se lembra de tudo como aconteceu é passível de questionamento, já que a sua descrição casualmente deixa de fora todo o desespero de Sansa quando Joffrey anunciou a sentença de morte – todos esperavam que Ned fosse enviado à Muralha, como havia sido acordado por Cersei.

    O Jogo das Faces

    Foi apenas em Braavos que Arya aprendeu de verdade o Jogo das Faces, que ela menciona a Sansa (ameaçadoramente) em 'Beyond the Wall', mas uma versão do mesmo jogo aparece em 'Baelor'. As regras, no entanto, são ligeiramente diferentes.

    Neste contexto, os envolvidos eram Tyrion (Peter Dinklage), Bronn (Jerome Flynn) e Shae (Sibel Kekilli). O anão apresenta as regras: "Eu faço uma afirmação sobre o seu passado. Se eu estiver certo, você bebe. Se eu estiver errado, eu bebo. Sem mentiras, pois eu saberei."

    Na versão de Arya: "Eu faço uma pergunta sobre você e então você tenta fazer mentiras sobre as verdades. Se você me enganar, você vence. Se eu pegar a mentira, você perde."

    As diferenças das regras podem parecer distanciar as duas cenas, mas o fato é que ambas acabam expondo a fragilidade de laços fraternais. Em 'Baelor', Tyrion utiliza o momento para contar a história de seu primeiro casamento, que foi uma farsa arquitetada por Jaime (Nikolaj Coster-Waldau). Em 'Beyond the Wall', Arya usa a troca para tentar expor a própria irmã e suas próprias aspirações.

    A vida 'amorosa' de Daenerys

    Game of Thrones: Emilia Clarke comenta a trágica perda de Daenerys

    'Beyond the Wall' tem um paralelo visual forte com 'Baelor' no momento em que ela está encarando Jon deitado na cama, após seu retorno do norte.

    Na primeira temporada, o penúltimo episódio traz Dany desesperadamente salvar a vida de Khal Drogo (Jason Momoa). Ela passa boa parte de suas cenas debrucada sobre o marido desacordado, como se estivesse tentando protegê-lo.

    Quando Dany vê as feridas das facadas no torso de Jon, há ainda um subtexto que o liga mais fortemente a Drogo; é neste momento que Daenerys tem a confirmação em evidência de que Jon de fato 'voltou do mundo dos mortos', como ela tentou fazer com Drogo, mas com consequências desastrosas.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top