Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O que o encontro de Bran com o Rei da Noite significa e mais perguntas respondidas sobre Game of Thrones
    Por Laysa Zanetti — 23 de mai. de 2016 às 20:00
    facebook Tweet

    Mais detalhes sobre o mais recente episódio da série.

    ATENÇÃO: Contém spoilers do episódio 6x05 de Game of Thrones.

    O último episódio de Game of Thrones não foi apenas devastador no sentido de ter destruído corações ao matar um dos personagens mais queridos da série, mas veio recheado de informações muito significativas para a história, e levantam dúvidas não somente entre os fãs da série, mas também entre os leitores dos livros. As ações de Bran parecem ter suma importância no futuro da história e, por isso, é hora de tentar responder a algumas perguntas.

    1 - Os Filhos da Floresta criaram os Caminhantes Brancos? O que isso significa?


    Caso você tenha ficado um pouco perdido(a) com a história dos Filhos da Floresta, uma breve introdução: Eles são criaturas, não exatamente humanas, que vivem em Westeros há milhares de anos. Antes da chegada dos Primeiros Homens, eles eram os únicos habitantes do lugar, mas foram sendo exilados à medida que a ocupação se estendia. É deles a origem da Religião Antiga, seguida pelos nortenhos. No tempo presente, muitos acreditam que os Filhos já estejam extintos, embora saibamos que alguns deles ainda existem -- ou existiam até o último episódio, ao norte da Muralha. O que a nova informação sugere é que os Filhos criaram os Caminhantes para ajudá-los a expulsar os homens de suas terras, quando eles ainda estavam em guerra. Entretanto, o plano deles aparentemente deu errado, o que teria feito com que os Filhos se unissem aos homens a fim de construir a Muralha e exilar os White Walkers. Após isso, tanto os Caminhantes quanto os Filhos ficaram desaparecidos por tantos anos que a grande parte de Westeros atualmente acredita que eles não passam de lenda.

    2 - Bran pode alterar o passado agora? Ele vai criar um paradoxo com realidades alternativas? Ele pode mudar tudo desde o início?

    Entramos em território altamente especulativo com esta pergunta. Sabemos que foram as ações de Bran que causaram a transformação do jovem Wylis em Hodor, mas como realmente isso aconteceu e a capacidade de Bran em influenciar acontecimentos passados ainda são informações incertas. Uma das coisas que o Corvo de Três Olhos diz a Bran durante seu treinamento é: "Nós assistimos, nós ouvimos e nós lembramos. O passado já está escrito. A tinta já está seca." Isso deixa estabelecido que eles não seriam capazes de influenciar o passado com suas visitas, mas sabemos que não é bem assim desde que Ned ouviu os chamados de Bran no flashback da Torre da Alegria. Acredita-se que o que aconteceu com Hodor é um loop causal. Ou seja, as ações do Bran do futuro já estavam pré-determinadas a alterarem o passado e causarem o colapso mental de Wylis, transformando-o em Hodor -- o que, por sua vez, é o grande motivo do próprio colapso mental. É um ciclo fechado. Caso a influência de Bran sobre o passado, por menor que seja, acontecer desta forma, ele não será capaz de alterar nada do que já conhecemos, mas pode ser que ele seja, no fim, o causador dos próprios acontecimentos que levaram ele a perder o movimento das pernas e provocaram a Guerra dos Cinco Reis. Confuso? Confuso.

    3 - Qual é essa história do Rei da Noite? O que significa ele ter marcado Bran?


    A interação de Bran com o Rei da Noite marca a primeira vez que ele efetivamente consegue interagir com outra pessoa (pessoa? ser?) através do sonho verde. A marca que o líder dos Caminhantes Brancos deixa no braço dele faz com que eles consigam entrar na caverna abaixo do Represeiro, uma vez que acaba com o feitiço de proteção que havia na entrada. Mas, e agora?

    Desde o início da série nós acompanhamos o exército dos White Walkers se tornar cada vez mais impressionante, e apesar de serem tão fortes, eles nunca se aventuraram muito perto da Muralha ou chegaram a tentar cruzá-la. Por quê? O motivo não é bem detalhado na série, mas Sam explica em uma passagem dos livros que a Muralha não é apenas gelo, ela também é protegida por feitiços que impedem a aproximação dos Caminhantes. Acontece que a Muralha foi construída com a ajuda dos Filhos da Floresta... os mesmos que moravam dentro do Represeiro cuja proteção Bran estragou. E agora? Agora, possivelmente, as criaturas também poderão acompanhar Bran para além da Muralha, já que o feitiço teria sido quebrado.

    4 - Qual é a importância dos lobos gigantes dos Stark?


    É estabelecido desde o primeiro livro d'As Crônicas de Gelo e Fogo que os lobos gigantes não são simples animais de estimação. Cada um deles possui uma ligação direta com o dono e eles até refletem os mesmos instintos. Quando Bran estava desacordado após ter caído da torre, Verão uivava noite e dia sob sua janela, e Tyrion chega a supor, em uma conversa com Cersei, que ele era a razão de o garoto continuar vivo. Nymeria, por exemplo, segue desaparecida assim como sua dona, Arya. Vento Cinzento morreu devido à ação impensada de Robb, que prejudicou diretamente a Casa Stark. A morte de Lady deixou Sansa desamparada e desligada da família -- tanto que depois disso ela acaba traindo o pai. Mas qual foi o motivo de Cão Felpudo ter sofrido uma morte tão injusta? Qual o motivo de Verão ter precisado se sacrificar? É de se entender que a morte de Verão seja uma punição pelo egoísmo de Bran (que provocou a invasão dos Caminhantes à caverna), mas os dois lobos terem morrido de forma tão repentina e tão próxima causou incômodo em muita gente.

    É estabelecido que os lobos não têm a mesma importância na série de TV que nos livros, então talvez essas mortes não sejam replicadas na versão original de George R.R. Martin. Pelo menos o Fantasma continua são e salvo. Vamos torcer para ele continuar assim.

    5 -Qual o problema do Varys com a nova Sacerdotisa, Kinvara?


    Varys é reticente quanto a qualquer uso de magia por um trauma de infância. Nascido na Cidade Livre de Myr, ele foi vendido a um homem quando era criança. Temia que seria usado como escravo sexual, mas o que o homem queria com ele era muito pior. Ele deu a Varys uma poção que o deixou imóvel e retirou sua 'masculinidade' -- transformando-o em eunuco. O homem, então, jogou os órgãos retirados ao fogo, e uma voz que vinha das chamas o respondeu. Desde então, Varys odeia magia e os artifícios usados pelos Sacerdotes Vermelhos. Por isso, sua desconfiança com Kinvara.

    Embora lembre uma versão pirateada de Melisandre (convenhamos, né?), Kinvara parece ser a adaptação na série do Alto Sacerdote Benerro, descrito no livro como extremamente poderoso, e grande líder. Por isso, sua influência corre livre, bem como seus poderes. Se Varys vai passar a confiar nela? Não sabemos. Mas certamente a dupla tem capacidade de render momentos muito interessantes.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top