Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Seria o fim das armas de fogo em The Walking Dead?!
    Por Vitória Pratini — 16 de mar. de 2016 às 19:10
    facebook Tweet

    Futuro da série reserva menos pistolas e metralhadoras para o grupo de Rick Grimes (Andrew Lincoln).

    Já parou para pensar que, quem vive em um mundo pós-apocaliptico precisa ter muito cuidado com os recursos que usa? Afinal, eles são finitos.

    Entretanto, em The Walking Dead, Rick (Andrew Lincoln) e seu grupo em Alexandria não parecem estar muito preocupados em preservar balas - os vemos atirando cápsulas a torto e a direito em mortos-vivos e humanos - mas, é claro, você pode argumentar que isso foi uma necessidade, com todos os ataques de zumbis e tal.

    Frank Ockenfels 3/AMC
    Gleen ensina os habitantes de Alexandria sobre armas de fogo.
    Mesmo assim, é inegável que a munição deles não pode durar para sempre. De acordo com o mestre de adereços e especialista em armas da série, John Sanders, o grupo terá que se virar sem armas de fogo: "Conforme a história continua, veremos muito mais uso de armas corpo a corpo. Balas são um instrumento finito... e precisamos garantir que cada personagem só pode usar tantos e que eles estão pensando nisso", ele contou ao site Tech Insider.

    Ao invés de terem todos os personagens atirando para sair de uma situação, Sanders explicou que os roteiristas e a equipe de adereços querem mostrar ao público como os sobreviventes vão se adaptar com projéteis se tornando um recurso escasso: "Balas começarão a se tornar realmente valiosas. E você certamente não iria atirar cápsulas em algo se você não está atingindo nada. Então, eu imagino que vamos nos afastar mais e mais de metralhadoras".

    E, com uma guerra vindo, conservar tiros será necessário. Afinal, vimos o quão bem armados estão os Salvadores de Negan (Jeffrey Dean Morgan) quando Glenn (Steven Yeun) e Heath (Corey Hawkins) encontram o arsenal no 12º episódio da sexta temporada, "Not Tomorrow Yet".

    Michonne e sua katana.
    Ainda segundo Sanders, os sobreviventes terão que ser menos dependentes de pistolas para se defenderem e "começar a regular quantas e quando usar [armas]. Você verá os personagens falando sobre a necessidade de preservar munição inúmeras vezes. Então, começamos a olhar as novas armas - sabe, já vimos a katana de Michonne (Danai Gurira), o bastão de Morgan e constantemente chegamos na coisa da faca".

    Nas temporadas anteriores, já vimos indicações de outros métodos para lutar contra zumbis e outros inimigos. No episódio "Clear", da terceira temporada, Morgan (Lennie James) se protege usando lanças, espigas e armadilhas escondidas improvisadas, que mantinha os mortos-vivos longe sem chamar atenção para o local com armas barulhentas e ainda empalava zumbis, servindo como proteção contra outros humanos.

    Rick e Carl usam entranhas de zumbi.
    Esse não foi o único método não-convencional e independente de armas de fogo mostrado na série: Daryl (Norman Reedus) também já usou o porta-malas de um carro para esmagar a cabeça de um zumbi, Rick mordeu a garganta de um homem como auto-defesa, e o grupo usou entranhas de mortos-vivos para mascarar seu cheiro e se misturar ao restante dos walkers.

    Resta saber se essas estratégias servirão como defesa não só para zumbis, como também para outra grande ameaça do mundo de The Walking Dead: outros sobreviventes.

    Nos quadrinhos, Eugene (Josh McDermitt) descobre um meio de produzir novas balas, uma habilidade que certamente viria a calhar na guerra contra os Salvadores de Negan.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top