Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Além de The Prom: 5 vezes em que Meryl Streep cantou no cinema
    Por Lucas Leone — 10 de dez. de 2020 às 21:00
    facebook Tweet

    A premiada atriz está no elenco do novo musical de Ryan Murphy, que chega à Netflix amanhã.

    O mundo está cansado de saber que Meryl Streep é uma das figuras mais versáteis da indústria do entretenimento. Aos 71 anos, ela já conquistou muitas gerações com suas performances e, claro, com sua voz. Do drama à comédia, ela se tornou figurinha carimbada no EGOT (Emmy, Grammy, Oscar e Tony). Indicada 21 vezes ao prêmio da Academia, levou a estatueta em três ocasiões: de melhor atriz coadjuvante pelo filme Kramer vs. Kramer (1979) e de melhor atriz por A Escolha de Sofia (1982) e A Dama de Ferro (2012).

    Agora, Streep volta a atuar e cantar no novo musical da Netflix, que estreia amanhã (11/12). Dirigido por Ryan Murphy, A Festa de Formatura traz no elenco Nicole Kidman, James Corden, Kerry Washington, Keegan-Michael KeyAndrew Rannells e a novata Jo Ellen Pellman. Baseado em uma produção homônima da Broadway, o longa acompanha Emma (Pellman), uma aluna do ensino médio que enfrenta preconceito ao decidir levar sua namorada para o baile da escola. Ela recebe, então, a ajuda de quatro atores de teatro que buscam uma causa social para melhorar suas carreiras.

    Nos preparativos para o lançamento de The Prom (no original), o AdoroCinema reuniu 5 trabalhos de Streep no cinema que revelam toda a sua potência vocal. Confira a seguir - e entre no ritmo com a gente.

    Nicole Kidman canta e dança em cena inédita de A Festa de Formatura, novo musical da Netflix

    MAMMA MIA! - O FILME (2008)

    Em Mamma Mia!, Streep é Donna Sheridan, proprietária de um hotel na Grécia e mãe de Sophie (Amanda Seyfried). A garota não conhece seu pai e descobre que Donna teve um caso com três homens diferentes em um curto intervalo de tempo. A confusão está armada, e nada melhor do que as músicas do grupo sueco ABBA para embalar essa comédia dramática grega. Streep entoa hits como "Dancing Queen", "The Winner Takes It All", "Money, Money, Money", além da canção-título. Por seu papel, ela concorreu ao Globo de Ouro de melhor atriz em filme de comédia ou musical.

    CAMINHOS DA FLORESTA (2014)

    Adaptado do musical de mesmo nome, Caminhos da Floresta introduz Streep como uma bruxa que mora em um vilarejo repleto de personagens de contos de fada. Ela amaldiçoa o casal vivido por Emily Blunt e James Corden, avisando que o feitiço só pode ser desfeito caso eles lhe tragam quatro objetos encantados no prazo de seis dias. Na trama dirigida por Rob Marshall (Chicago), Streep tem três solos: "Stay with Me", "Witch's Lament" e "Last Midnight". Sua atuação lhe rendeu, inclusive, indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante.

    RICKI AND THE FLASH - DE VOLTA PRA CASA (2015)

    Em Ricki and the Flash, Streep encarna Ricki Rendazzo, uma rock star que, após largar a família para se dedicar à banda The Flash, se encontra falida e afastada dos filhos. Tudo se complica ainda mais quando ela toma conhecimento de que a filha Julie (Mamie Gummer) acabou abandonada pelo marido e mergulhou na depressão. Ricki resolve ajudá-la, vendo a chance de se reaproximar de quem realmente importa. Além de contracenar com sua própria filha na vida real, Mamie, Streep solta a voz ao tocar sucessos como "Bad Romance", da Lady Gaga; "I Still Haven't Found What I'm Looking For", do U2; e "Get the Party Started", da Pink.

    The Prom: Atriz de Amor, Sublime Amor substitui Ariana Grande em musical de Ryan Murphy

    FLORENCE: QUEM É ESSA MULHER? (2016)

    Inspirado na história real de uma socialite americana que cantava mal, Florence: Quem é Essa Mulher? segue a jornada de Florence Foster Jenkins (Streep) para virar uma soprano reconhecida. Hugh Grant interpreta St. Clair Bayfield, o companheiro de Florence que tenta protegê-la do escrutínio público. Mas não adianta: ela está convencida de que pode se apresentar para multidões e marca um concerto fatídico na Nova York dos anos 40. Na pele da aspirante a cantora, Streep não mediu esforços para desafinar em árias de grandes óperas como "A Flauta Mágica", de Mozart; "O Morcego", de Strauss; e "Lakmé", de Delibes. Por seu desempenho, ela chegou a disputar o Oscar e o Globo de Ouro.

    O RETORNO DE MARY POPPINS (2018)

    Sequência do clássico de 1964, O Retorno de Mary Poppins mostra a famosa babá (Emily Blunt) em outra aventura mágica. Ao lado do acendedor de lampiões Jack (Lin-Manuel Miranda), Poppins vem ao resgate dos irmãos Banks, que, agora adultos, sofreram uma perda pessoal. Enquanto cuida dos três filhos de Michael (Ben Whishaw), Poppins os leva para a casa de sua prima Topsy - e aí entra em cena Meryl Streep. A atriz incorpora uma personagem excêntrica, cujo mundo está sempre de cabeça para baixo ou do avesso. Streep faz o número musical conhecido como "Turning Turtle", no qual inverte todo o cenário para ensinar às crianças uma nova forma de enxergar a vida.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • ALFREDO NICOLAIEWSKY
      Faltou incluir o último filme de robert Altman, A Prairie Home Companion, onde ela canta!
    Mostrar comentários
    Back to Top