Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Rebecca: Diferenças entre o filme da Netflix e o clássico de Hitchcock
    Por Barbara Demerov — 20 de out. de 2020 às 18:46
    facebook Tweet

    Lily James e Armie Hammer estrelam a nova adaptação.

    80 anos após o lançamento do clássico de Alfred HitchcockRebecca - A Mulher Inesquecível ganhou outra adaptação cinematográfica - desta vez sendo lançada diretamente na Netflix em 21 de outubro.

    Leia a crítica de Rebecca

    No filme, uma jovem de origem humilde (Lily James) se casa com um rico nobre (Armie Hammer) e se muda para sua intimidadora mansão na costa da Inglaterra. Chegando lá, ela passa a viver às sombras da falecida Rebecca, a esposa anterior de seu marido, descobrindo, aos poucos, misteriosos segredos sobre seu passado.

    Como o esperado, a nova versão traz algumas mudanças se comparadas ao clássico de 1940. Confira algumas:

    O Maxim de Winter de Armie Hammer é um personagem mais simpático

    Na versão de 40, o protagonista e dono da mansão Manderley não é uma pessoa muito sociável. Pelo contrário, a atuação de Lawrence Olivier traz bastante rigidez a um homem que já é pra lá de misterioso. No caso da versão de 2020, Armie Hammer aparenta ser mais calmo e carinhoso no início. É claro que, quando as surpresas aparecem, sua postura fica cada vez mais séria -- mas é inegável a diferença entre os dois Maxim...

    O casal possui idades mais aproximadas

    Assim no livro que inspirou ambas as produções, o filme de Hitchcock também tinha em seu elenco atores com uma aparente diferença de idade. Interpretados por Joan Fontaine e Olivier, a Sra. de Winter e Maxim tinham cerca de 20 anos de diferença, mas isso não foi capaz de bloquear o forte romance entre eles.

    Já na versão de Ben Wheatley, é nítido ver que James e Hammer não têm tanta diferença de idade assim. Isso certamente serve para atualizar a história - não só utilizando nomes conhecidos de Hollywood - e dar prioridade ao romance, não somente ao suspense acerca de Rebecca.

    Rebecca, A Mulher Inesquecível: Conheça o elenco da adaptação da Netflix

    O filme da Netflix possui mais romance do que suspense ou terror

    É claro que todo o passado misterioso de Maxim e da residência em si já causa uma inquietação no espectador, mas o foco do diretor não é o de manter o público inquieto durante a narrativa. Há bastante espaço para o romance fluir de forma natural e com bastante atenção - especialmente no primeiro ato de Rebecca, em que Maxim conhece a futura Sra. de Winter.

    As revelações sobre Rebecca não surgem logo de cara

    Ao contrário da adaptação de Hitchcock e do livro em si, a verdade em Rebecca demora a aparecer e toma bastante espaço apenas no terceiro ato, próximo ao fim do filme. É possível, então, acompanhar as revelações junto com a Sra. de Winter, que, apesar de estar perdidamente apaixonada, se surpreende a cada dia com o histórico de seu marido.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Rodrigo o que?
      Por favor Netflix façam remakes de filmes horríveis e não de filmes bons! (Acho isso um ultraje)
    Mostrar comentários
    Back to Top