Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Nomadland é o primeiro filme a ganhar os principais prêmios nos festivais de Toronto e Veneza
    Por Nathalia Jesus — 21 de set. de 2020 às 14:16
    facebook Tweet

    O drama estrelado por Frances McDormand agora é um forte candidato para a categoria de "Melhor Filme" no Oscar.

    O filme Nomadland é o grande vencedor do Festival de Toronto, que terminou neste domingo (20). Dirigido por Chloé Zhao, o longa agora é um forte candidato para a indicação ao Oscar de 2021, após se tornar o primeiro filme a ganhar os principais prêmios nos festivais de Toronto e Veneza.

    O drama americano ganhou o People’s Choice Award, a maior categoria da premiação canadense, uma semana após receber o Leão de Ouro em Veneza. Segundo a “tradição”, é praticamente certo que o filme entre na corrida do Oscar, já que o Festival de Toronto tem um histórico de previsão de candidatos a “Melhor Filme” na maior premiação de cinema. O mesmo ocorreu com vencedores de edições anteriores como Jojo RabbitGreen Book e 12 Anos de Escravidão, que também ganharam na votação popular e concorreram em importantes categorias do Oscar.

    Nomadland acompanha uma mulher com cerca de 60 anos que, depois de perder tudo na Grande Recessão, embarca em uma viagem pelo oeste americano, vivendo como uma nômade moderna em uma van.

    O filme estrelado por Frances McDormand, Gay DeForest e Patricia Grier, tem sido elogiado pela crítica com a média de 98 pontos em um total de 23 avaliações, de acordo com o Metacritic. Entre as descrições atribuídas a Nomadland, foi citado que o drama é uma “ode eterna à independência americana” e um “retrato único da existência do forasteiro”. Além disso, McDormand, que já venceu o Oscar de “Melhor Atriz” duas vezes, teve a performance mencionada como o maior desempenho de sua carreira, ao viver a personagem Fern no longa vencedor de Toronto em 2020.

    A cineasta chinesa Chloe Zhao está no comando da produção e estima-se que seja forte candidata para ser a segunda mulher a ganhar o Oscar de “Melhor Diretor”, ficando ao lado de Kathryn Bigelow, que venceu a premiação em 2010 com o filme Guerra ao Terror.

    Os dois finalistas em Toronto também foram dirigidos por mulheres, ficando em segundo lugar o filme One Night in Miami, de Regina King, na mesma noite em que a cineasta ganhou um Emmy de “Melhor Atriz em Minissérie” por sua atuação em Watchmen. A terceira colocação ficou com Beans, de Tracy Deer.

    A corrida ao Oscar tem um longo caminho pela frente. A pandemia de coronavírus teve como consequência a menor taxa de exibição e lançamento de filmes em 2020, e o Oscar de 2021 foi adiado por dois meses até 25 de abril, para permitir que mais filmes tivessem a chance de competir. O Festival Internacional de Cinema de Toronto aconteceu online este ano, com exibições em ambientes fechados e drive-in de capacidade limitada.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top