Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    50 Tons, After e outras fanfics que viraram filmes
    Por Katiúscia Vianna — 7 de set. de 2020 às 19:20
    facebook Tweet

    Relembre casos onde histórias criadas por fãs se tornaram grandes tramas nos cinemas.

    Ame ou odeie, é fato que Cinquenta Tons de CinzaAfter e outros filmes sensuais fazem sucesso com o público. Nesses dois casos específicos, o mais curioso é perceber como ambas as histórias começaram num lugar meio obscuro da internet, como fanfics sobre outras pessoas. Atraindo milhões de leitores, Hollywood encontrou ali uma chance de ganhar uma nova audiência

    Mas esses não são os únicos casos de fanfics que invadiram as telonas (ou telinhas)! O era uma comunidade colaborativa entre fãs que queriam desvendar mais facetas do universo que tanto amam, se tornou um negócio popular e (quase sempre) lucrativo. Mas se tais produções começaram a ganhar força no último século, com o advento da internet, tal prática já existe faz um bom tempo...

    Fanfic de Crepúsculo

    O caso mais famoso, todo mundo já conhece né? Antes de serem Anastasia Steele e Christian Grey, os protagonistas de Cinquenta Tons de Cinza eram versões alternativas de Bella Swan e Edward Cullen, de Crepúsculo. A autora E.L. James conseguiu conquistar público, virou livro e logo chegou às telonas, com Dakota JohnsonJamie Dornan nos papeis principais. Resultado? Os três filmes da saga acumularam US$ 1.3 bilhões nas bilheterias mundiais. 

    50 Tons de Cinza: Confira as cenas mais picantes de toda a franquia

    Fanfic de Harry Styles

    Quando After é chamado de "50 Tons de Cinza para adolescente" não é somente por conta do teor sexual de sua narrativa. Mas ele também apresenta essa jornada "internet - livros - cinema". O que começou com uma fanfic de Harry Styles (com participações de outros integrantes do One Direction) virou um filme com um grupo de fãs bem leais. Estrelado por Josephine Langford e Hero Fiennes Tiffin, a obra de Anna Todd arrecadou cerca de uS$ 69 milhões — quatro vezes o seu orçamento. Outras três sequências já estão garantidas.

    Fanfic de Harry Potter

    Aqui, a história é um pouco mais complicada. Oficialmente, Os Instrumentos Mortais não é uma fanfiction de Harry Potter. Pelo menos, é isso que diz a autora Cassandra Clare. Porém, ela já confirmou que chegou a escrever fanfics focadas em Draco Malfoy (Tom Felton). Hoje em dia, tais obras foram retiradas da internet, mas quem leu afirma que se torna a inspiração para Jace (Jamie Campbell Bower), um dos protagonistas da saga de Clare. Sucesso de vendas, os livros iam gerar uma franquia nas telonas, mas o primeiro filme de Lily Collins fracassou com US$ 95 milhões nas bilheterias mundiais. Felizmente, a história ainda rendeu um série, Shadowhunters, que teve três temporadas.

    Shadowhunters: Produtores revelam o que aconteceria na 4ª temporada

    Fanfic de Jane Austen

    Orgulho e Preconceito e Zumbis. Bem, essa já está bem clara no titulo né? Seth Grahame-Smith achou que seria uma boa ideia inserir zumbis no universo criado por Jane Austen em Orgulho e Preconceito. O motivo? Tudo fica melhor com zumbis, segundo ele. O livro se tornou uma sensação, inspirando outros projetos paródicos como Abraham Lincoln: Caçador de VampirosRazão e Sensibilidade e Monstros Marinhos. Por sua vez, a aventura de Elizabeth Bennett ganhou um filme em 2016, que acabou se tornando um fracasso comercial.

    Fanfic que ninguém sabia que era fanfic

    Sim, senhoras e senhores, William Shakespeare fez fanfic. Não era chamado assim nos tempos dele, mas ainda conta. Sua obra mais famosa, Romeu e Julieta, é inspirada num poema de Arthur Brooke, "The Tragical History of Romeus and Juliet", publicado em 1562. Além disso, é inegável o sucesso que tal tragédia encontrou na cultura popular, sendo contada em diversas versões nas telonas, seja com Leonardo DiCaprio e Claire Danes ou na versão com Hailee Steinfeld.

    Aquele que parece fanfic, mas não é

    Na verdade, A Barraca do Beijo está aqui apenas para esclarecimentos. Apesar de ter saído de uma obra publicada no Wattpad, a comédia romântica de Joey King não é, necessariamente, uma fanfic. É apenas um texto original postado num site de compartilhamento. Mas vai dizer que ela não tem uma vibe de fanfic, com os clichês que tanto amamos? Tanto que o filme já teve a sua terceira sequência confirmada na Netlix.

    A Barraca do Beijo é o retorno das comédias românticas, mas onde está a qualidade? (Opinião)

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top