Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Old Guard: Charlize Theron exalta a complexidade feminina no filme da Netflix (Entrevista)
    Por Katiúscia Vianna (com reportagem de Fernanda Pineda) — 13 de jul. de 2020 às 14:51
    facebook Tweet

    O AdoroCinema também conversou com Kiki Layne sobre o longa de ação.

    Novo sucesso da NetflixThe Old Guard é um filme de ação sobre guerreiros imortais, mas verdade seja dita: é uma história centrada em duas mulheres. De um lado, Andy (Charlize Theron); a líder do grupo poderoso e sem esperanças na humanidade. Do outro, surge Nile (Kiki Layne), novata que ainda está tentando entender o que está acontecendo.

    A relação entre essas duas personagens foi destaque durante entrevista do AdoroCinema com as atrizes, onde Theron celebrou o retrato honesto delas. Afinal, não é por que elas são mulheres que precisam se dar bem automaticamente. "Uma boa parceria cresce do respeito, que é algo conquistado. Eu amo que elas não se aproximam de forma forçada. Está no conflito de ver duas mulheres independentes que, no começo, poderiam bem ser adversárias, mas encontram respeito mútuo uma pela outra."

    Revelação de Se a Rua Beale Falasse, Layne também comemora a realidade de tal elo no longa dirigido por Gina Prince-Bythewood. "Tem momentos em que elas estão lutando juntas, tem momentos que elas lutam uma contra a outra. Essa amizade tem altos e baixos, mas elas aprendem juntas e se apoiam, mesmo que nem sempre estejam na mesma página.

    he Old Guard: Chiwetel Ejiofor voltaria para uma sequência do filme na Netflix (Entrevista)

    Uma ação vale mais que mil palavras

    Ainda no bate-papo, Charlize celebrou a cena da luta entre Andy e Niles no avião, mostrando como o relacionamento entre elas se comunica além das palavras, mas pelo físico também. "È preciso tratar uma cena física que nem uma cena verbal. Se uma frase não faz sentido numa cena, o mesmo pode acontecer com um movimento. Temos que avaliar o que é importante para narrativa. Acredito que os atores não fazem mais ação somente pela pura ação. A arte de contar uma história é o que nos diz o que é certo e o que é errado.".

    Se Theron é uma veterana no gênero, Kayne está agradecida em interpretar uma heroína negra na tela — inclusive diversidade e humanidade foram aspectos que chamaram a atenção de Charlize na hora de produzir o longa. Já Kiki encontrou uma oportunidade de quebrar barreiras: "Estou tentando sempre me juntar a projetos que, historicamente, excluíram atrizes negras. Ou aproveitar chances para contar histórias além desses estigmas que nos colocam. Tomara que isso inspire outras atrizes negras a lutarem e não aceitarem apenas os pequenos trabalhos onde Hollywood tentaram nos prender", afirma Kiki

    The Old Guard já está disponível na Netflix — confira nossa crítica.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top