Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Destacamento Blood: As referências do novo filme de Spike Lee que você não viu
    Por Vitória Pratini — 17 de jun. de 2020 às 16:37
    facebook Tweet

    O filme do diretor de Infiltrado na Klan já está no catálogo da Netflix e é promessa para o Oscar.

    Chegou à Netflix Destacamento Blood, o novo filme de Spike Lee, que pode ser um dos favoritos para o Oscar 2021, recentemente adiado. A elogiada produção do cineasta responsável por Infiltrado na Klan tem Chadwick Boseman (Pantera Negra) no elenco e uma trama que acompanha um grupo de veteranos de guerra que volta ao Vietnã para procurar uma fortuna escondida na região, assim como os restos mortais de seu líder.

    Confira a crítica do AdoroCinema para Destacamento Blood

    Enquanto existem diversos filmes sobre a Guerra do Vietnã, que durou de 1955 a 1975, Lee resolveu fazer uma série de referências explícitas (e outras nem tanto) a algumas das clássicas produções cinematográficas que retrataram o conflito. Se você já viu esses 7 motivos para você assistir à Destacamento Blood e conferiu os outros grandes nomes do elenco, agora o AdoroCinema separou easter-eggs que você talvez não tenha reparado no filme!

    Apocalypse Now: Aquelas referências ao filme de Coppola

    Algumas das referências mais claras de Destacamento Blood são para Apocalypse Now. O filme clássico de Francis Ford Coppola, de 1979, foi uma das primeiras grandes dramatizações da Guerra do Vietnã nas telonas (lançado quatro anos após a Queda de Saigon) e influenciou praticamente todos os filmes sobre o conflito ou suas consequências, desde então (até mesmo Kong: A Ilha da Caveira).

    A boate Apocalypse Now

    Uma menção praticamente direta de Destacamento Blood é quando os sobreviventes dançam em uma boate na cidade de Ho Chi Minh, não só inspirada na estética do filme de Coppola, como também é literalmente chamada "Apocaliypse Now". E, segundo Spike Lee, trata-se de um lugar real.

    De Malcolm X a Infiltrado na Klan: Relembre a carreira de Spike Lee

    A trilha sonora clássica

    Além disso, o filme de Lee usa a ópera "Cavalgada das Valquírias", de Richard Wagner, para marcar uma cena em que a equipe viaja rio abaixo. Enquanto a viagem casual de barco do destacamento é muito longe da emocionante sequência de helicópteros que usa "Cavalgada das Valquírias" em Apocalypse Now, também prenuncia a natureza traiçoeira de sua expedição.

    A cena deletada de Apocalypse Now

    Outras homenagens ao épico da Guerra do Vietnã de Coppola incluem uma cena em que Hedy (Mélanie Thierry), uma jovem francesa que os Bloods encontram em sua viagem, fala sobre sua família ficar rica administrando uma plantação de seringueira (havia uma cena em uma plantação de seringueira francesa originalmente excluída do Apocalypse Now, mas restaurada em cortes posteriores) e um momento em que, como no filme de Coppola, os heróis inesperadamente encontram um animal na selva.

    Rambo e Braddock: O Vietnã de Sylvester Stallone e Chuck Norris

    Antes de deixar a cidade de Ho Chi Minh, a equipe ri falando de "Sly" e "Walker, Texas Ranger", em referência ao sucesso de 1985 de Sylvester StalloneRambo 2 - A Missão e aos filmes de ação de Chuck Norris dos anos 1980, Braddock - O Super Comando e Braddock 2 - O Início da Missão. Ambas as franquias acompanham veteranos da Guerra do Vietnã (John Rambo, de Stallone, e James Braddock, de Norris), retornando ao país para resgatar prisioneiros de guerra americanos ainda mantidos em cativeiro lá.

    De The Rock a Chris Hemsworth: Quem são os novos brucutus do cinema?

    Os "salvadores da pátria" de Reagan

    As produções são famosas por serem o epítome das fantasias de Hollywood produzidas na época do governo Reagan, nos anos 80, quando a demanda era alta por eles. Ou, como Eddie (Norm Lewis) afirma em Destacamento Blood, "todos aqueles filhos da mãe esquisitos de Hollywood tentando voltar e vencer a Guerra do Vietnã".

    O Tesouro de Sierra Madre: Aquela fala do filme de John Hudson

    A segunda metade de Destacamento Blood traz grandes referências a O Tesouro de Sierra Madre, clássica aventura de 1948 dirigida por John Huston. No filme de Spike Lee, a equipe é forçado a superar uma variedade de desafios em seus esforços para coletar as barras de ouro que faltam e sair do Vietnã de uma só vez.

    As falas e semelhanças físicas

    Lee tem até mesmo um personagem parafraseando a frase mais famosa de O Tesouro de Sierra Madre: "Distintivos? Não temos distintivos! Não precisamos de distintivos. Não preciso mostrar nenhum crachá fedorento!". Da mesma forma, quando Paul (Delroy Lindo) começa a sucumbir à loucura e à paranóia por causa de tensão pós-traumática, ele fica fisicamente semelhante ao protagonista desconfiado Fred C. Dobbs (Humphrey Bogart) do filme de Huston.

    Platoon: Malcoln X e as cenas de batalha 

    As referências visuais a Platoon

    Destacamento Blood também traz uma série de referências visuais a Platoon, especialmente sobre a maneira como Oliver Stone filmou as batalhas em seu drama vencedor do Oscar. Reparou nos flashbacks granulados das experiências dos jovens Bloods na batalha?

    O ativismo de Martin Luther King Jr.

    Além disso, há também alguns paralelos interessantes entre o personagem Stormin' Norman (Chadwick Boseman) e o sargento idealista Elias K. Grodi (Willem Dafoe) de Platoon. Um dos personagens de Destacamento Blood o descreve como "nosso Malcolm [X] e nosso Martin [Luther King Jr.]".

    Destacamento Blood teria diretor de Platoon

    Curiosamente, o próprio Oliver Stone estava cotado para dirigir uma versão anterior do roteiro de Destacamento Blood quando o filme era intitulado The Last Tour e girava em torno de quatro veteranos brancos do Vietnã. Depois, Lee entrou para a produção e reescreveu o filme com Kevin Willmott (Infiltrado na Klan).

    A Ponte do Rio Kwai: Loucura, Loucura!

    As falas do filme vencedor do Oscar

    Outro filme que Destacamento Blood faz referência direta através do diálogo é A Ponte do Rio Kwai, dirigido por David Lean e vencedor do Oscar de Melhor Filme em 1957. A trama é sobre prisioneiros de guerra britânicos que são forçados a construir uma ponte sobre o rio de mesmo nome para seus captores japoneses durante a Segunda Guerra Mundial. Durante o terceiro ato do filme de Spike Lee, um personagem-chave grita "Loucura! Loucura!". É exatamente a mesma fala que o Major Clipton (James Donald) diz a si mesmo após o clímax destrutivo do épico de guerra A Ponte do Rio Kwai

    Assim como o Apocalypse Now, temas sobre a destruição sem sentido da guerra e a loucura que leva as pessoas estão entre os elementos mais profundos da narrativa tanto de A Ponte sobre o Rio Kwai como de Destacamento Blood.

    Três Reis: a menção ao filme de George Clooney

    Enquanto Três Reis, filme de David O. Russell sobre a Guerra do Golfo Pérsico, não tem referências explícitas em Destacamento Blood, os dois filmes compartilham várias qualidades em comum.

    Três Reis, como o longa de Spike Lee, gira em torno de quatro soldados que descobrem uma chance de ficarem ricos roubando barras de ouro (anteriormente roubadas do Kuwait pelo exército do Iraque). Está longe de ser o primeiro filme de guerra que gira em torno da caça ao ouro (Os Guerreiros Pilantras já haviam feito isso quase trinta anos antes), mas assim como Destacamento Blood, Três Reis faz uma crítica ao imperialismo americano e reconhece a questão sobre quem "merece" o tesouro é mais complicado do que alguns de seus líderes gostariam de admitir.

    Sem contar que Três Reis foi filmado pelo diretor de fotografia da Destacamento Blood, Newton Thomas Siegel.

    Destacamento Blood já está no catálogo da Netflix.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top