Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Cinema Especial da Globo (12/06): Curiosidades sobre De Pernas Pro Ar 3
    Por Luisa Rodrigues — 12 de jun. de 2020 às 19:30
    facebook Tweet

    Filme tem sua estreia na TV aberta nesta sexta-feira, dia dos namorados.

    Neste dia dos namorados de quarentena, o Cinema Especial de hoje na Globo será o sucesso nacional De Pernas pro Ar 3, inclusive marcando aqui sua estreia na TV aberta. O longa traz de volta Alice (Ingrid Guimarães) e as consequências do sucesso de seu negócio, que a levou à Europa.

    O filme aborda questões sobre relacionamentos, dupla jornada feminina, sororidade entre as mulheres e a franquia está entre as maiores bilheterias brasileiras. Confira algumas curiosidades que o AdoroCinema separou algumas curiosidades separou para você sobre a produção:

    Poder feminino por trás das câmeras
    Dessa vez, o filme conta com a direção da cineasta Julia Rezende (Ponte Aérea), que já atuava na produção desde o primeiro filme e agora ajudou a narrar a história de Alice com uma perspectiva feminina. Além disso, também possui a assinatura de Ingrid Guimarães no roteiro.
    Sucesso de bilheteria 

    A história de Alice Segretto, em 14 dias, vendeu 1.180.000 ingressos. O longa nacional levou para os cinemas mais de 60 mil pessoas. Apesar de enfrentar diversas adversidades, o filme foi um sucesso nacional, e marcou de 1,5 milhão de espectadores, mesmo com a enorme concorrência de Vingadores: Ultimato.

    De pernas pro Ar 3 x Vingadores: Ultimato

    Mesmo utrapassando estreias de grandes estúdios como Shazam!, ter sua estreia perto de um dos acontecimentos mais aguardados no mundo do entreterimento não foi fácil. Com a chegada de Vingadores: Ultimato, o filme nacional foi retirado de 300 salas no circuito, afetando, inclusive, pessoas que haviam comprado o ingresso para próximas sessões.

    Diversos produtores, distribuidores e órgãos do audiovisual tiveram que reclamar devido à ocupação de 92% das salas com o filme da Marvel. Apesar da rasteira, o filme conseguiu se reerguer e permanecer como uma das maiores bilheterias de 2019 do cinemal nacional.

    Representação do cinema brasileiro no cinema

    Com a grande perda no seu número de salas devido à chegada da aguardada produção da Marvel Studios, a oferta de opções para o público reduziu drasticamente. Além disso, tal situação feriu as normas da Medida Provisória 2.228/01, que assegura o incentivo e fomento do cinema nacional, determinando uma porcentagem mínima de espaço para as produções brasileiras em cartaz.

    Tal acontecimento chamou atenção do SICAV – Sindicato da Indústria Audiovisual, que publicou na conta oficial da instituição um texto apontando a negligência que produções nacionais sofrem e destacando a necessidade de um Decreto de Cota de Tela, assegurando os direito dos filmes brasileiros.

    A publicação também chama a atenção do governo federal com as instituições privadas que realizam investimentos em filmes, como De Pernas Pro Ar 3, que possuiu a maior parte de seu orçamento financiado por empresas que confiaram no potencial do filme.

    EM DEFESA DA INDÚSTRIA BRASILEIRA A negligência com o cinema brasileiro chegou a níveis alarmantes. “De Pernas pro Ar...

    Publicado por SICAV - Sindicato da Indústria Audiovisual em Domingo, 28 de abril de 2019

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top