Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Ben-Hur: Ator pensou que fosse morrer na filmagem
    Por Kalel Adolfo — 8 de jun. de 2020 às 14:31
    facebook Tweet

    Produção é a segunda refilmagem do clássico de 1925, e foi dirigida por Timur Bekmambetov, responsável por títulos populares como O Procurado com Angelina Jolie.

    O filme de hoje na Tela Quente é a refilmagem de Ben-Hur (2016), que conta com Morgan Freeman, Rodrigo Santoro e Jack Huston. Na trama, o príncipe Judah Ben-Hur é acusado de traição por seu irmão, e acaba sendo escravizado. Depois de cumprir sua sentença, ele retorna em busca de vingança.

    Assim como a trajetória do protagonista, as filmagens não foram fáceis. Prova disso é que Jack Huston acreditou que iria morrer durante as gravações. Confira essas e outras curiosidades a seguir:

    Filme antecessor é um dos maiores vencedores do Oscar

    Uma das principais inspirações para a refilmagem de 2016 é a versão de 1959, dirigida por William Wyler (A Princesa e o Plebeu). A produção do século passado continua sendo uma das maiores vencedoras do Oscar, abocanhando mais de 11 estatuetas. Ele está empatado com Titanic e o Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei, que também ganharam onze categorias.

    Jack Huston achou que ia morrer nas filmagens

    Em entrevista, Jack Houston afirmou que gravar a cena da corrida de bigas foi um dos maiores desafios de sua carreira. “Precisei emagrecer 15 quilos, comandar carruagens, e me preparar por dois meses apenas para essa sequência de 12 minutos”, explicou à Serafina.

    “Toda vez que eu entrava no set, achava que eu iria morrer em algum acidente”, continuou. De acordo com o diretor, toda a corrida foi feita sem efeitos especiais. O protagonista é arrastado e jogada para fora da biga constantemente. Contudo, o risco compensou, e as reações foram extremamente naturais.

    Ben-Hur (2016) - Crítica

    Rodrigo Santoro interpreta Jesus no filme

    O ator brasileiro Rodrigo Santoro (300) interpreta Jesus no filme, contemporâneo de Ben-Hur. Em entrevista ao programa “Mais Você”, o astro afirmou que a participação na produção foi como uma experiência espiritual. Além disso, ele precisou estudar diversas interpretações de Jesus ao longo da história do cinema.

    "Vi todas as referências, os filmes que ainda não tinha visto. Procurei na literatura, na bíblia... Pratiquei bastante ioga. Fiz tudo o que eu podia. Mas a resposta estava dentro. Precisava me conectar com o interior, ficar ligado ao coração".

    A produção demorou três anos para ficar pronta, e você pode ver o resultado de tudo isso às 22h40, na Globo.

    10 filmes que são refilmagens e você não sabia

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top