Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Act x Mamãe Morta e Querida: As diferenças entre a série e o documentário da HBO
    Por Ygor Palopoli — 13 de mai. de 2020 às 18:00
    facebook Tweet

    O mesmo caso e duas perspectivas.

    Elogiada pela crítica, indicada ao Emmy e muito bem recebida pelo público, a série original do Hulu, The Act, conta a história de Gypsy, uma jovem que teve boa parte do processo de amadurecimento coibido por sua mãe, Dee Dee, que fazia a menina acreditar que possuía diversas doenças graves, mas na verdade a dava doses pequenas de veneno para que ela continuasse acamada.

    Quando finalmente confrontada com a verdade, Gypsy acabou planejando, junto a um rapaz que conheceu na internet, uma fuga que resaltou na desastrosa morte de Dee Dee, levando o caso para os tribunais e trazendo à tona as razões pelas quais a situação entre mãe e filha era tão doentia. Na realidade, a falecida moça sofria de síndrome de Münchhausen por aproximação, doença que aparecerá de novo mais à frente na matéria.

    Pensando em mostrar como a mesma história pode ter lados tão diferentes, o AdoroCinema preparou uma matéria explicando as principais divergências entre a jornada de Gypsy e Dee Dee mostrada na série The Act e no documentário Mommy Dead and Dearest, da HBO. 

    A SÉRIE

    The Act”: o vínculo perverso entre o amor e a doença – Comunidade ...

    Partindo de um pressuposto dramatizado da história, The Act é a pedida ideal para quem estiver mais interessado nas reviravoltas da trama envolvendo Dee Dee, a filha Gypsy e seu namorado — que posteriormente mataria sua mãe —, ao qual conheceu em um site de relacionamentos voltado para cristãos.

    Nos papéis principais estão Joey King e Patricia Arquette, ambas com indicações ao Emmy por suas atuações. Reforçando a veia mais dramatizada e menos necessariamente comprometida com os fatos ocorridos em ordem detalhada, a escalação contou com AnnaSophia Robb interpretando uma personagem fictícia, criada para servir de fio condutor em alguns momentos.

    A falta de alguns elementos que não sejam totalmente reais, no entanto, não é um problema, visto que a série tem bastante primor técnico. A questão é que sua recomendação é para aqueles que gostem mais dos mistérios envolvendo o caso, incluindo o próprio julgamento da Gypsy. Mas se você quiser entender mais sobre os motivos que levaram aos acontecimentos, também temos uma boa dica.

    O DOCUMENTÁRIO

    Lançado em 2017 e recebendo o título em português de Mamãe Morta e Querida em algumas plataformas, Mommy Dead and Dearest pode muito bem ser vista por diversos espectadores como uma espécie de complemento à série. Por exemplo, é comum que se entre em The Act sem sequer saber quem são aquelas pessoas, o que torna a trama mais interessante.

    Mas depois de assistir a tudo que aconteceu, vem a pergunta: por que? Qual a razão de Dee Dee para fingir que sua filha possuía diversas doenças? E por que exatamente isso tudo culminou em sua morte? Quais as intenções do namorado de Gypsy que a conheceu online? E o quanto a própria Gypsy estava consciente do que acontecia?

    Naturalmente apurando os fatos, o documentário explica um pouco sobre a síndrome de Münchhausen por aproximação e também conta com avaliações médicas e policiais sobre quanto cada pessoa na história toda tinha um grau diferente de participação nos acontecimentos. Recomendamos mesmo assistir ambos para uma imersão mais completa! E não se esqueça de contar pra gente o que achou!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top