Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Festival de Berlim 2020: Em sessão de estreia, Meu Nome é Bagdá arranca longa salva de palmas do público
    Por Barbara Demerov — 26 de fev. de 2020 às 07:22
    facebook Tweet

    O cinema das diretoras está forte nesta edição.

    O cinema brasileiro está presente no Festival de Berlim com 19 produções, incluindo curtas, médias e longa-metragens. É uma edição histórica neste sentido, além de proporcionar para os cinéfilos estrangeiros um olhar diferenciado e pessoal para com a nossa sociedade e cultura. Após Todos os Mortos e Cidade Pássaro, mais uma obra que se passa na cidade de São Paulo chegou às telonas na capital alemã.

    Meu Nome é Bagdá, da diretora Caru Alves de Souza, traz em sua protagonista incontáveis questões sociais que habitam o feminino. Além disso, o filme também olha para a periferia, a truculência policial e o machismo dentro do skate (esporte ainda majoritariamente considerado masculino). Tudo com a cinzenta São Paulo ao fundo, nas pistas ou no asfalto.

    As atrizes Grace Orsato, Karina Buhr, Marie Maymone e Helena Luz formam uma família cativante, repleta de gestos de amor e diálogos engraçados que surgem de forma natural. O carisma foi tanto que o público presente no cinema Urania aplaudiu os créditos finais por minutos. Houve até um momento de palmas durante uma das cenas mais poderosas do filme, em que há um diálogo sobre respeito, tolerância e espaço.

    O sexto dia de Berlinale também foi marcado pela exibição de outro filme dirigido por uma cineasta, desta vez dentro da Competição. Em Never Rarely Sometimes AlwaysEliza Hittman dirige a história de uma jovem que procura um meio de abortar sua gravidez. A narrativa se passa ao longo de poucos dias, com Autumn (Sidney Flanigan) e Skyler (Talia Ryder), sua prima, tentando resolver a questão juntas. 

    Os filmes da Competição ainda não terminaram de ser exibidos, mas Never Rarely Sometimes Always possui uma mensagem poderosa que pode manter a força até o final do festival. 

    Continue acompanhando nossa cobertura da Berlinale 2020 no site e em nossas redes sociais!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top