Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Documentário sobre surfista Gabriel Medina estreia no Globoplay (Entrevista)
    Por Pablo Miyazawa — 31 de jan. de 2020 às 15:35
    facebook Tweet

    Feito não só para os fãs, filme mostra a trajetória do bicampeão mundial da infância aos dias de hoje.

    Divulgação / Globo

    "Eu estava muito ansioso. Parecia final de mundial.” No centro das atenções, cercado de jornalistas e holofotes, o surfista Gabriel Medina não disfarça a empolgação ao chegar ao evento de estreia do documentário que leva seu nome. Bicampeão mundial de surfe e representante do Brasil na modalidade nas Olimpíadas de Tóquio, ele é o protagonista e principal narrador do longa-metragem que estreia nesta sexta-feira (31) exclusivamente na plataforma Globoplay.

    Com produção do Canal OFF, o filme se presta a desenvolver a meteórica trajetória recente do atleta de 26 anos nascido em Maresias (SP), que inclui um título mundial (inédito para o Brasil), em 2014, e a repetição da proeza, em 2018. A habilidade sobrenatural de Medina com a prancha não é abordada na narrativa, tampouco qualquer drama pessoal não-relacionado à prática do esporte em si. Dessa forma, o espectador tem uma percepção um tanto superficial da "pessoa física Gabriel Medina", mas é contemplado com uma visão aprofundada da rotina extenuante de um atleta de ponta transformado em celebridade.

    Divulgação / Globo

    Mas isso não significa que falte emoção genuína a Gabriel Medina, o filme. Esse aspecto é proporcionado principalmente pelos depoimentos dos apoiadores mais próximos do surfista, como Simone, a mãe, e Charles, o padrasto e técnico. Também chama a atenção a variedade de cenas de arquivo, que vão de momentos da infância de Gabriel a imagens de bastidores captadas pelo diretor Henrique Daniel, que já acompanha o esportista em viagens desde 2011 e é o responsável pelo programa Mundo Medina, exibido desde 2013 pelo OFF.

    "Fizemos uma pesquisa de dez anos e temos uma diversidade de arquivos muito grande, aproximadamente 300 terabytes de material bruto", explica o diretor. "A estetica do filme faz parte dessa variação -- desde fitas VHS até imagens em [resolução] 8K. Essa acabou sendo uma identidade para o projeto.”

    “Esse não é um filme apenas para quem já é fã, mas para quem não o conhece tanto possa ter a oportunidade de se aprofundar nessa história", completa o roteirista Lucas Paraizo. "E vai impressionar muita gente.”


    “Foram alguns anos de gravação, momentos importantes, vitórias e derrotas... Todo mundo conhece o Gabriel Medina de hoje, mas não sabe o que ele passou para chegar até aqui", declara o próprio Medina, na linguagem típica dos esportistas de referir-se a si mesmo na terceira pessoa. "Ter encontrado um caminho de contar essa história foi um trabalho grande, então tem que tirar o chapéu para esses dois aqui [apontando para o diretor e o roteirista]. É uma honra compartilhar minha história com vocês."

    Ainda que trabalhosa, a empreitada cinematográfica encantou Medina, que não descarta continuar investindo em produções para as telas em um futuro próximo. “Esse é o nosso primeiro projeto. Com certeza o próximo passo é pensar em algo maior”, ele diz. “Estou com 26 anos, tenho bastante tempo ainda de carreira, então com certeza vai aparecer algo. Até [um filme de] ficção, por que não, né? Seria incrível.”


    Gabriel Medina está disponível a partir desta sexta-feira (31) no Globoplay.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top