Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    J.J. Abrams revela o que não queria que tivesse acontecido em Episódio VIII (Entrevista Exclusiva)
    Por Pablo Miyazawa — 15 de dez. de 2019 às 15:00
    facebook Tweet

    De volta a Star Wars, o diretor contou ao AdoroCinema o que podemos esperar do último filme da saga.

    J.J. Abrams foi convocado para dirigir Star Wars: Episódio IX: A Ascensão Skywalker quando a Disney decidiu modificar seu plano inicial de ter um diretor diferente para cada filme da nova trilogia. Saiu Colin Trevorrow, retornou Abrams, que além de ter comandado o Episódio VII (O Despertar da Força), também estabeleceu os conceitos que formam a base dos três filmes que concluem a chamada "Saga Skywalker".

    Só que isso não significa que o diretor de 53 anos tenha tido controle total da história. Em entrevista exclusiva ao AdoroCinema durante o evento CCXP 2019, Abrams revelou que houve aspectos estabelecidos pelo diretor Rian Johnson na trama de Episódio VIII que ele teria feito diferente, como a morte da vilã Capitã Phasma (Gwendoline Christie). "Ele conduziu a história para direções que me surpreenderam e que eu não estava esperando", Abrams explica, sobre Johnson. "Mas nada que ele tenha feito em Os Últimos Jedi atrapalhou o caminho que eu imaginava para onde a história deveria seguir."

    Na entrevista que você assiste na íntegra no alto da página, o diretor norte-americano também deu pistas sobre a trama e os novos personagens de Episódio IX, falou sobre corresponder às expectativas dos fãs e ponderou sobre as inspirações que os filmes anteriores proporcionaram ao novo longa.

    Assista também à entrevista do AdoroCinema com Daisy RidleyOscar IsaacJohn Boyega durante a CCXP 2019. Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro no Brasil. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Alan Bitencourt
      A entrevista foi muito boa, J.J.Abrams é um diretor que sabe o que faz quando se trata de ficção científica, apesar de alguns finais que ele faz serem controversos (como Lost e Fringe), mas no geral o filme está em boas mãos com exceção das inspirações do episódio III e VI que não foram bons términos de trilogia, veremos.
    Mostrar comentários
    Back to Top