Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Irlandês: "Não é uma boa ideia", diretor de fotografia fala sobre ver filmes em modo acelerado (Entrevista exclusiva)
    Por Sarah Lyra — 4 de dez. de 2019 às 14:40
    facebook Tweet

    Rodrigo Prieto também contou como foi trabalhar com Martin Scorsese, Oliver Stone e Ang Lee.

    Quando o assunto é direção de fotografia, Rodrigo Prieto é um dos nomes mais requisitados pelos realizadores de Hollywood. Isso porque, além do currículo invejável, ele é famoso por empregar um trabalho de câmera pouco convencional. A cada novo filme, Prieto faz questão de desenvolver uma linguagem específica para atender aos interesses da história a ser contada em tela.

    Com trabalhos em O Lobo de Wall Street, ArgoO Segredo de Brokeback Mountain e Silêncio, tendo sido indicado ao Oscar pelos dois últimos, Prieto agora lança O Irlandês, sua nova parceria com Martin Scorsese, de quem já é colaborador costumeiro. No bate-papo com o AdoroCinema, o fotógrafo disse que, mesmo para ele, pensar visualmente um filme de três horas e meia de duração foi um desafio.



    "O Irlandês certamente é longo. Muitas coisas acontecem, há muitas décadas para cobrir e, além disso, locações. Então, o filme me deu a oportunidade de ter essa “tapeçaria”, de usar lugares diferentes, de tentar coisas novas. E, além disso, eu tentei dar à cada década um visual sutilmente diferente", revelou.

    Prietou falou também de uma polêmica recente da Internet, quando foi divulgado que a Netflix vem testando uma ferramenta que permite aos usuários assistir a filmes e séries em modo acelerado, ou seja, alterando a velocidade de reprodução dos vídeos.

    "Eu não acho que seja uma boa ideia. Eu acho que o ritmo desejado pelo diretor é essencial à forma de como a história é contada. Se você acelerá-la, esse ritmo muda completamente", afirmou. 

    Netflix testa opção para acelerar séries e Hollywood está indignada

    Por fim, Prieto ressaltou ainda a diferença entre os diretores aclamados com quem trabalhou. "Oliver Stone gosta do caos e da energia do set, ele não se preocupa com erros e em ser perfeito. Enquanto que, com o Ang Lee, é tudo relacionado à perfeição. E o Scorsese é meio que uma combinação dos dois". 

    A entrevista completa com Rodrigo Prieto, realizada à convite da Netflix, em Los Cabos, México, pode ser vista no vídeo acima. O Irlandês está disponível na plataforma desde 27 de novembro.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top