Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    5 referências de Coringa aos cinemas e aos quadrinhos
    Por Caqui Bandeira — 10/10/2019 às 18:10
    Atualizado 11/10/2019 às 00:09
    facebook Tweet

    Só para quem já viu o filme! Cuidado com os spoilers!

    Um dos filmes mais esperados dos últimos meses, Coringa chegou aos cinemas dia 3 de outubro e superou as expectativas. Premiado no Festival de Veneza deste ano, o longa estrelado por Joaquin Phoenix recebeu grandes e merecidos elogios por sua interpretação do icônico personagem que dá nome ao filme, o longa dirigido por Todd Phillips logicamente tem várias referências aos quadrinhos que deram origem ao vilão. Porém, o diretor também colocou outros easter-eggs em sua produção, principalmente em homenagem ao seu ídolo do cinema, Martin Scorsese. O AdoroCinema juntou uma lista com as cinco maiores referências e easter-eggs do filme, que recebeu cinco estrelas na crítica do site! Dá uma olhada.

    Atenção! Contém spoilers!
    O Coringa de Heath Ledger

    Após anunciar ser o palhaço assassino procurado pela polícia durante sua aparição no programa de televisão de Murray Franklin (Robert De Niro), Arthur Fleck terroriza a plateia com aquele desfecho chocante do longa. Preso pela polícia, o Coringa aparece na cena seguinte no banco de trás do carro das autoridades, uma clara referência a uma das mais icônicas cenas de Batman - O Cavaleiro das Trevas. No filme dirigido por Christopher Nolan, o vilão interpretado por Heath Ledger consegue escapar da polícia, e passeia pelas ruas de Gotham no banco de trás do carro, com a cabeça para fora aproveitando o vento e o caos que está criando na cidade. 

    Já na versão de Todd Phillips, o Palhaço do Crime parece calmo e pleno durante seu passeio na viatura. Ele surge olhando pela janela para a destruição sendo causada pelos moradores de Gotham, que chegaram ao estopim de seu descontentamento com o governo. Depredação, incêndios e gritaria, Arthur observa o que seus atos geraram nos "palhaços" mascarados da cidade. Assim como o personagem de Heath Ledger, ele consegue escapar do veículo, porém desta vez de forma acidental. E então, ao invés de só observar, ele é ovacionado pelos membros da classe trabalhadora, que o viram como o líder de uma revolução. 

    Martin Scorsese

    Antes da produção de Coringa começar, Martin Scorsese foi ligado ao filme como um dos produtores, mas o cineasta deixou o projeto de lado para focar em O Irlandês, seu primeiro filme com a Netflix. Porém, não é só porque o diretor não estava mais no longa que este deixaria de ter traços dos clássicos de Scorsese. Desde o lançamento do primeiro trailer de Coringa, é possível identificar referências a Taxi Driver - Motorista de Táxi e O Rei da Comédia, mas após assistir ao filme, fica claro que Phillips queria não só dar um tom específico ao seu primeiro projeto dramático, como também homenagear o celebrado cineasta. 

    As referências mais óbvias são a Taxi Driver, principalmente quando pensamos em ambientação. A Gotham da década de 1980 é muito semelhante à Nova York em que acontece a jornada de Travis Bickle (De Niro), suja, violenta e sem esperança para a classe trabalhadora. Os personagens principais estão presos às suas realidade, seus apartamentos pequenos e antigos e aos seus colegas tão sem esperança e perdidos quanto eles. Apesar de não ser narrado como Taxi Driver, o longa coloca o diário de Arthur Fleck como um ponto de referência durante a sua trajetória para se tornar o icônico vilão. 

    O retorno de Scorsese para as telonas, O Rei da Comédia, também serviu de grande inspiração para uma das relações mais problemáticas que Arthur tem no filme. Enquanto no longa de 1982, De Niro interpreta um comediante amador que sonha com um apresentador de televisão, em Coringa o ator é o tal apresentador. Em papéis trocados, Arthur é o amador que sonha em ser um grande nome na comédia, enquanto cria em sua cabeça uma relação doentia com Murray Franklin. Assim como o protagonista vivido por De Niro, Rupert Pupkin, Fleck é um péssimo comediante, principalmente porque nenhum dos dois consegue entender como piadas funcionam, já que a comédia depende especialmente de empatia, coisa que socio ou psicopatas não conseguem compreender. E claro, nos dois filmes, a relação entre o fracassado e o bem sucedido não é nem um pouco o que eles acreditam ser.

    Dos quadrinhos às telonas

    Apesar de ter confirmado que seu Coringa não é baseado em nenhuma das histórias do vilão nos quadrinhos, Phllips não deixou de referenciar as obras de origem do personagem principal de seu filme. Existem vários momentos em que o longa faz alusão às HQs, como o Asilo Arkham. Um dos mais icônicos lugares dos quadrinhos do Homem-Morcego, Arkham está presente no filme como o Hospital Estadual Arkham, onde Arthur Fleck já havia sido internado e onde sua trajetória acaba, além de ser onde o perturbado homem vai buscar mais informações sobre o passado de sua mãe. 

    Sem ser diretamente baseado em um Coringa dos quadrinhos, a versão do vilão em "Batman: A Piada Mortal" foi a maior inspiração para Phillips. A carreira falha como comediante e os problemas familiares são os pontos mais fortes, mas isso fica muito claro quando Arthur Fleck faz referência a uma das mais conhecidas falas do Palhaço do Crime do romance gráfico: "Só é preciso um dia ruim para reduzir o homem mais saudável à loucura. É o quão longe está o mundo de onde estou. Apenas um dia ruim." No seu último momento com Sophie (Zazie Beetz), Arthur fala que teve um dia ruim, e é a partir daí que seus atos passam a se tornar cada vez mais violentos e seus planos assassinos vão tomando corpo.

    A participação de Fleck no programa de Murray Franklin também tem um certo vínculo com a minissérie de quadrinhos "O Cavaleiro das Trevas". Nela, o vilão marca uma apresentação em um talk-show, e mata os participantes da audiência e os membros da equipe com um gás venenoso, assim que o programa vai ao ar. Desde o lançamento do primeiro trailer, fãs das HQs estavam achando que o filme teria este mesmo momento, mas Phillips inverteu a situação de certa forma, fazendo com que o Coringa matasse "somente" o apresentador.

    Bilheterias Brasil: Coringa assume a liderança com folga

    A família Wayne

    É difícil ter um Coringa sem ter um Batman, mas Todd Phillips conseguiu fazer com que a família Wayne estivesse presente sem a participação de um Bruce Wayne já trabalhando como herói. Em Coringa, o Wayne mais importante é Thomas (Brett Cullen), pai de Bruce. No filme, a mãe de Arthur confessa a ele que Thomas é seu pai, e o psicopata não quer nada mais do que se aproximar do empresário. Indo à casa dos Wayne, Arthur conhece Bruce (Dante Pereira-Olson) e Alfred (Douglas Hodge), e quando finalmente consegue chegar perto do homem que acredita ser seu pai, não só é rejeitado como descobre que na realidade foi adotado. 

    Thomas Wayne é apresentado como um grande empresário que promete acabar com a pobreza e violência de Gotham, quando anuncia sua candidatura a prefeito (que por si só já é uma referência ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump). Porém, todo o filme é uma crítica à alta sociedade que vive no luxo, ignorando os pedidos de ajuda e socorro da população mais pobre, que é exatamente o que Thomas representa. 

    A última aparição dos Wayne acontece no fim do filme, quando as ruas de Gotham estão comandadas pela classe trabalhadora insatisfeita. Saindo do cinema, mãe, pai e filho tentam escapar da loucura que está acontecendo cortando caminho por um beco, no qual Thomas e Martha são assassinados, enquanto Bruce presencia a morte de seus pais. O filme acaba com a criação do trauma que viria a criar o Homem-Morcego. 

    Participações especiais

    Apesar de Coringa ser um show de atuação de Joaquin Phoenix, com memoráveis participações de Robert De Niro e Frances Conroy, o longa conta com participações especiais de grandes nomes de Hollywood, além de menções em tela a outro projeto de Phillips. Começando pelas participações mais óbvias, Marc Maron aparece em apenas uma cena como Gene Ufland, um dos produtores do programa do Murray Franklin; e Brian Tyree Henry, que trabalha no Hospital Estadual Arkham. Estas são as participações que têm maior tempo em tela, então não dá para perder.

    Já a presença de Justin Theroux é uma daquelas que "piscou, perdeu". Quando Arthur está preparando sua entrada para o programa de Murray, ele assiste à entrevista do apresentador com o ator fictício Ethan Chase (que é o nome do personagem de Zach Galifianakis - que empresta a voz para o Coringa em LEGO Batman - no filme Um Parto de Viagem, também dirigido por Todd Phillips), interpretado por Theroux.

    O próprio Phillips tem uma pequena participação, como o comediante se apresentando antes de Arthur. A maior parte do tempo o espectador só consegue ouvir a voz do diretor contando uma piada sobre mulheres, mas ele aparece muito rápido no fundo da tela enquanto Fleck se prepara para subir ao palco para sua própria apresentação. 

    Agora que você já conferiu tudo, porque não aproveita e assiste ao filme de novo? Compre aqui o seu ingresso!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Entre Facas e Segredos Trailer Legendado
    Brincando com Fogo Trailer Legendado
    Brooklyn - Sem Pai Nem Mãe Trailer Legendado
    Crime sem Saída Trailer (1) Legendado
    Synonymes Trailer Legendado
    Frozen 2 Trailer (1) Dublado
    Todos os últimos trailers
    Últimas notícias de cinema
    Últimas notícias de cinema
    Melhores filmes em cartaz
    Coringa
    Coringa
    4,5
    Diretor: Todd Phillips
    Elenco: Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz
    Trailer
    Mais que Vencedores
    4,2
    Diretor: Alex Kendrick
    Elenco: Alex Kendrick, Ben Davies, Shari Rigby
    Trailer
    Malévola - Dona do Mal
    4,1
    Diretor: Joachim Rønning
    Elenco: Angelina Jolie, Elle Fanning, Harris Dickinson
    Trailer
    Uma Segunda Chance para Amar
    Uma Segunda Chance para Amar
    3,9
    Diretor: Paul Feig
    Elenco: Emilia Clarke, Henry Golding, Michelle Yeoh
    Trailer
    Invasão ao Serviço Secreto
    Invasão ao Serviço Secreto
    3,8
    Diretor: Ric Roman Waugh
    Elenco: Gerard Butler, Morgan Freeman, Lance Reddick
    Trailer
    Ford vs. Ferrari
    Ford vs. Ferrari
    3,8
    Diretor: James Mangold
    Elenco: Matt Damon, Christian Bale, Caitriona Balfe
    Trailer
    Todos os melhores filmes em cartaz
    Back to Top