Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Festival de Vitória 2019: Casa e NEGRUM3 são os grandes vencedores desta edição
    Por Sarah Lyra — 30 de set. de 2019 às 02:27
    facebook Tweet

    Premiação foi realizada neste domingo, no Teatro Glória, e contemplou principalmente documentários.

    A 26ª edição do Festival de Cinema de Vitória chegou ao fim, na noite deste domingo, e deu destaque para três documentários em suas principais mostras: Casa, de Letícia Simões, levou o prêmio de melhor filme na Mostra Competitiva Nacional de Longas; e NEGRUM3, de Diego Paulino, foi o filme favorito do júri técnico, na Mostra Competitiva Nacional de Curtas. Já o curta Sangro, de Tiago Minamisawa, Bruno H Castro e Guto BR, levou o prêmio do júri popular.

    A cerimônia de encerramento aconteceu no Teatro Glória, no centro histórico da capital capixaba, e foi comandada pelos atores Rômulo Medeiros e Juan Alba. Antes da premiação começar, a dupla apresentou ao público o curta-metragem Uma Faca Só Lâmina, produzido, filmado e finalizado durante o festival, pelos alunos da oficina Realização em Cinema e Vídeo, ministrada pelo cineasta Luiz Carlos Lacerda.

    Confira a lista completa de premiados:

    MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE LONGAS

    Melhor Filme 
    Casa, de Letícia Simões

    Direção
    Bertrand Lira, de O Seu Amor de Volta 

    Interpretação 
    Marcélia Cartaxo, por suas atuações em Pacarrete e O Seu Amor de Volta 

    Roteiro
    Bertrand Lira, de O Seu Amor de Volta 

    Contribuição Artística 
    Mirante, de Rodrigo John

    Menção Honrosa para o ator William Muniz, pelo papel de Laura de Jezebel, no filme O Seu Amor de Volta 

    MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE CURTAS

    Melhor Filme - Júri Técnico
    NEGRUM3, de Diego Paulino

    Melhor Filme - Júri Popular
    Sangro, de Tiago Minamisawa, Bruno H Castro e Guto BR

    Direção
    Diego Paulino, por NEGRUM3

    Interpretação
    Kauan Alvarenga, de O Órfão

    Roteiro
    Willian Alves e Zefel Coff, por A Praga do Cinema Brasileiro

    Contribuição Artística
    Quando Elas Cantam, de Maria Fanchin

    Prêmio Especial do Júri
    Guaxuma, de Nara Normande

    FESTIVALZINHO DE CINEMA DE VITÓRIA

    Melhor Filme - Júri Popular
    Arani Tempo Furioso, de Robert Chay Domingues da Rocha

    MOSTRA DO OUTRO LADO

    Melhor Filme 
    Caranguejo Rei, de Enock Carvalho e Matheus Farias

    Menção Honrosa 
    Carne infinita, de Isadora Cavalcanti

    MOSTRA NACIONAL DE CINEMA AMBIENTAL

    Melhor Filme 
    Ka’a zar ukyze wà – Os Donos da Floresta em Perigo, de Flay Guajajara, Edvan dos Santos Guajajara e Erivan Bone Guajajara

    MOSTRA NACIONAL DE VIDEOCLIPES

    Melhor Filme
    Pedrinho (Tulipa Ruiz), de Fábio Lamounier, Pedro Henrique França e Rodrigo Ladeira

    Menção Honrosa
    Ok Ok Ok (Gilberto Gil), de Victor Hugo Fiuza

    MOSTRA MULHERES NO CINEMA

    Melhor Filme
    Deus Te Dê Boa Sorte, de Jacqueline Farias

    Menção Honrosa
    Afeto, de Gabriela Gaia Meirelles e Tainá Medina

    MOSTRA CINEMA E NEGRITUDE

    Melhor Filme 
    Sem asas, de Renata Martins

    Menção Honrosa 
    Motriz, de Tais Amordivino

    MOSTRA OUTROS OLHARES

    Melhor Filme
    Do Outro Lado, de Bob Yang e Frederico Evaristo

    Menção Honrosa
    Kris Bronze, de Larry Machado

    MOSTRA CORSÁRIA

    Melhores Filmes
    A Profundidade da Areia, de Hugo Reis
    Plano Controle, de Juliana Antunes

    MOSTRA FOCO CAPIXABA

    Melhor Filme
    Jardim Secreto, de Shay Peled

    MOSTRA QUATRO ESTAÇÕES

    Melhor Filme
    Tea For Two, de Julia Katharine

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top