Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Tom Holland e Kevin Feige abrem o jogo sobre Homem-Aranha no Universo Cinematográfico Marvel
    Por Vitória Pratini — 24 de ago. de 2019 às 18:48
    facebook Tweet

    Diante do "divórcio" entre Marvel e Sony, ator e presidente da companhia dos Vingadores finalmente se pronunciaram.

    Tom Holland e Kevin Feige finalmente abriram o jogo sobre o futuro do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico Marvel, após a notícia de que a Disney e a Sony não conseguiram entrar em um acordo. O ator esteve presente na D23 Expo, que acontece na Califórnia, sendo ovacionado no palco, e acabou falando sobre o elefante na sala.

    "Basicamente, fizemos cinco ótimos filmes", disse Holland em entrevista ao Entertainment Weekly neste sábado (24). "Foram cinco anos incríveis. Eu me diverti muito. Quem sabe o que o futuro reserva? Mas tudo o que sei é que vou continuar interpretando o Homem-Aranha e me divertindo. Vai ser tão divertido, não importa como escolhermos fazer isso. O futuro do Homem-Aranha será diferente, mas será igualmente incrível e maravilhoso, e encontraremos novas maneiras de torná-lo ainda mais legal."

    No início desta semana, surgiram as notícias de que a Disney encerraria sua parceria com a Sony Pictures na franquia Spider-Man, graças a uma divergência sobre o co-financiamento. A Sony detém os direitos do filme para o Cabeça de Teia e, há vários anos, os estúdios fecharam um acordo: o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, ajudaria a produzir os filmes solo do Homem-Aranha da Sony, permitindo que o Peter Parker de Holland aparecesse no Universo Cinematográfico Marvel, a partir de 2016, em Capitão América: Guerra Civil.

    Sony Pictures

    No entanto, após o lançamento de sucesso de Homem-Aranha: Longe de Casa, a Disney teria pedido para compartilhar o co-financiamento em futuros filmes solo de Homem-Aranha, enquanto a Sony queria que o acordo de financiamento permanecesse o mesmo. A menos que as duas empresas entrem em um consenso, um acordo possa ser alcançado, Holland não aparecerá em nenhum filme futuro do UCM e vice-versa.

    Feige também se pronunciou, em entrevista ao EW neste sábado. "Estou sentindo gratidão e alegria em relação ao Homem-Aranha", disse Feige, que atuou como produtor nos dois filmes solo do Cabeça de Teia. "Temos que fazer cinco filmes dentro do UCM com o Homem-Aranha: dois filmes independentes e três com os Vingadores. Foi um sonho que eu nunca pensei que iria acontecer. Isso nunca foi feito para durar para sempre. Sabíamos que havia uma quantidade finita de tempo em que poderíamos fazer isso, e contamos a história que queríamos contar, e sempre serei grato por isso."

    Se as histórias foram contadas, resta saber como fica a reviravolta que encerrou Homem-Aranha: Longe de Casa, e prometia gerar ramificações no Universo Cinematográfico Marvel.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Jon Favreau está esperançoso sobre o Homem-Aranha permanecer no Universo Cinematográfico Marvel
    • Tom Holland publica fotos com Robert Downey Jr. em meio a polêmica saída de Homem-Aranha do Universo Cinematográfico Marvel
    • Pai de Tom Holland entra na campanha para salvar o Homem-Aranha
    • Jeremy Renner faz campanha para Sony "devolver" Homem-Aranha
    Pela web
    Comentários
    • Hyuuga-Chan
      Não consigo encarar filmes de herói esperando algum drama real. De certa forma, você ta certo em querer isso. Mas o Spider do Tom Holland não tá ruim. Pra mim ele é o que mais parece um adolescente em relação a personalidade por exemplo.
    • Jonas S
      Mas dá pra entender porque que tanta gente gosta desse Peter Parker cor-de-rosa fofinho da Disney. Nós vivemos em uma época de bolhas sociais em que está cada vez mais difícil para as pessoas amadurecer e encarar as coisas duras da vida, elas querem criar uma redoma de vidro em volta delas em que tudo é seguro e fácil de encarar. Natural ter filmes de super-herói que procuram reforçar essa ilusão para satisfazer seu público alvo : Uma geração de adolescentes moles que não gostam de ter que ver o lado ruim da vida nem que seja por uma tela.
    • Jonas S
      O negócio, irmão, é que a graça de se adaptar uma série em quadrinhos é poder trazer novos elementos pros personagens / história e deixar tudo um pouco mais tangível, foi isso que os primeiros filmes fizeram com maestria. Eles desenvolveram os aspectos dramáticos do Personagem e deixaram as coisas mais palatáveis para quem normalmente não assisti filme de herói. Agora é tudo infantilizado ao extremo, o Homem - Aranha é só um adolescente bobo sem nenhuma ambiguidade, os filmes são todos episódicos e nada tem peso dramático, tudo sempre tem que acabar bem porque tem que ter mais 5, 6 filmes. É tudo muito colorido e inocente, sem sangue, sem sofrimento...Tudo muito bobinho e infantil, eu quero ver um filme mais corajoso e um personagem mais interessante.
    • Jonas S
      Não dá para superar o fato dos filmes antigos serem muito melhores que esses nutella de hoje em dia em que tudo é episódico e as coisas nunca tem um peso dramático real. Desculpe, apenas minha opinião.
    • Everton Santos
      pelo oq eu li do seu texto, percebi que isso é um gosto seu né! Pra mim todos os Aranhas que passaram pela UCM foram bons,, agora gosto é gosto né, não importa oq fazemos sempre vai ter um pra critica. Incrível isso
    • Jonas S
      Tomara que desenvolvam um Spider mais autêntico agora, e não só um adolescente hiper-dependente de um adulto para ser bem sucedido em suas aspirações. Armadura de ferro no cabeça de teia é o caralho, tem que ser é uma roupa de pano feita por ele mesmo, como nos filmes do S Raimi. Ah, e podem enfiar esse negócio de disparador de teia no cu também, eu quero ver a coisa saindo DA VEIA dele mesmo ele é um super-herói caralho não o inspetor bugiganga!
    Mostrar comentários
    Back to Top