Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Festival de Gramado 2019: Leonardo Machado recebe homenagem comovente na exibição de seu último filme
    Por Francisco Russo — 19 de ago. de 2019 às 07:01
    facebook Tweet

    Legalidade, exibido fora de competição.

    Edison Vara / Agência Pressphoto

    Quem acompanha o cinema brasileiro foi pego de surpresa quando, em 28 de setembro de 2018, faleceu Leonardo Machado. Com apenas 42 anos, o ator esteve em várias produções gaúchas recentes, como O Tempo e o Vento e Yonlu, e foi ainda o apresentador oficial do Festival de Gramado por oito anos, ao lado de Renata Boldrini. Inclusive, seu falecimento aconteceu aproximadamente um mês após o festival do ano passado, devido ao câncer.

    Em homenagem ao ator, o Festival de Gramado não só exibiu neste domingo seu último filme, Legalidade, como ainda entregou uma placa de reconhecimento à sua família. A emoção logo tomou conta do Palácio dos Festivais, repleto de amigos e familiares, com imagens de Leonardo em seus filmes e no próprio festival sendo exibidas na telona.

    "Queria agradecer ao Festival de Gramado por tudo que fez pelo Leonardo e hoje, por nos convidar. Queria também agradecer muito ao nosso filho pela quantidade de amigos que ele conseguiu. São esses amigos hoje que estão nos ajudando a viver", disse Loureni Machado, pai do ator, após receber a homenagem.

    "A primeira vez que vi o Leo foi no primeiro dia em que ele apresentou [o Festival de Gramado], com a Renata [Boldrini]. Nosso amor nasceu aqui, o acompanhei em todos os festivais e senti o carinho de cada pessoa e a importância que ele teve na vida de cada um. Agradeço muito a todos vocês, foram cúmplices do nosso amor", declarou Ana Siderman, esposa do ator.

    Edison Vara / Agência Pressphoto
    O diretor Zeca Brito com o troféu de melhor ator ganho por Leonardo Machado

    Durante a apresentação de Legalidade, o diretor Zeca Brito entregou à família de Leonardo o prêmio póstumo de melhor ator que ganhou neste ano, no Festival Guarnicê de Cinema. No longa-metragem cabe a ele interpretar Leonel Brizola, em uma cinebiografia que acompanha os esforços do então governador Rio Grande do Sul em garantir a posse do vice-presidente João Goulart, após a renúncia de Jânio Quadros. Sua estreia no circuito comercial está agendada para 12 de setembro.

    Vale lembrar que, ao longo da carreira, Leonardo ganhou o Kikito de melhor ator por Em Teu Nome (2009) e, como produtor, ganhou os prêmios de melhor filme latino segundo os júris oficial e popular, por A Oeste do Fim do Mundo (2013).

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top