Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    14º Festival Latino-Americano de Cinema de São Paulo começa com documentário sobre faquires brasileiros
    Por Bruno Carmelo — 25 de jul. de 2019 às 13:35
    facebook Tweet

    Fakir, de Helena Ignez, é um dos destaques da edição 2019.

    Você sabia que existem faquires brasileiros? Sabia que o nosso país já esteve na liderança mundial do faquirismo, disputando recordes apenas com a França na arte de jejuar durante semanas, cercado por serpentes sobre uma camas de pregos? 

    Esta é a curiosa investigação proposta pelo documentário Fakir, de Helena Ignez. A cineasta de A Moça do Calendário apresentou seu novo filme na abertura do 14º Festival Latino-Americano de Cinema de São Paulo, diante do auditório lotado do Memorial da América Latina.

    A diretora foi muito aplaudida ao apresentar este "filme de resistência", em suas palavras, cujo "espetáculo da fome" proposto pelos personagens dialoga com a difícil situação atual dos artistas brasileiros, especialmente das mulheres: "Quando uma mulher sobe no palco, são todas que sobem", afirmou Ignez.

    Fakir, de Helena Ignez

    De fato, todos os discursos da cerimônia giraram em torno da necessidade da importância da arte e do diálogo entre países latino-americanos em tempos de "ameaças ditatoriais", conforme afirmaram os diretores do evento.

    O Festival Latino-Americano traz 148 filmes à capital paulista, incluindo produções inéditas premiadas em Cannes, Berlim, Roterdã e Locarno. Títulos selecionados em edições anteriores também estão disponíveis na plataforma Spcine Play.

    Você descobre todos os filmes, horários e locais de exibição na página oficial do evento.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top