Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Toy Story 4: Qual será o futuro da franquia? (Especulações)
    Por Caqui Bandeira — 29 de jun. de 2019 às 09:32
    facebook Tweet

    Cuidado com os spoilers, por favor não leia se ainda não viu o filme.

    AVISO! ESTE TEXTO CONTÉM SPOILERS. 

    Depois de quase uma década sem Buzz e Woody, Toy Story 4 chegou aos cinemas para arrasar com os corações de crianças e adultos. Hilário e emocionante, o filme continua trazendo aquela magia que a franquia nunca deixou de lado, mas retorno dos brinquedos favoritos das telonas ainda conseguiu chocar os espectadores no filme. 

    É AGORA! SPOILERS ABAIXO

    Toy Story 4 já começa arrancando lágrimas do público, com um flashback da despedida de Woody e Betty. Já na abertura, fica claro que o caubói cogita a possibilidade de deixar Andy para trás e ir embora com a pastoreira, mas é a voz da criança que o traz de volta para a realidade. Até porque, é o xerife que sempre lembra os outros brinquedos de suas missões de vida: estar lá para suas crianças, formando as memórias de sua infância.

    Porém, sua situação de Woody não é a mesma do que já foi. Agora, ele não é mais o brinquedo favorito, sendo deixado de lado por Bonnie durante algumas brincadeiras. Mas mesmo assim, o xerife nunca desvia de sua missão, indo para a escola com a menina como um apoio, e ao voltar com o novato Garfinho (feito pela criança durante a aula), ele percebe que pode não ser o favorito de Bonnie, mas ele ainda deve fazer de tudo para que ela seja feliz. 

    Essa missão se mostra difícil, mas é em busca de Garfinho após sua fuga que ele reencontra Betty, e após devolver o utensílio transformado em brinquedo, decide ficar para trás com sua antiga amiga, ao invés de voltar para casa. Se tornando um brinquedo perdido, algo que ele mais temia. Isso faz com que um dos mais clássicos exemplos de amizade da Pixar, Buzz e Woody, fossem separados. 

    E é aí que fica a pergunta: Como ter outro filme da franquia Toy Story se a dupla de protagonistas não está mais junta? O AdoroCinema juntou algumas opções de como a história dos brinquedos pode continuar.

    As aventuras de Woody e Betty
    Pixar Animation Studios

    Não dá para negar que o caubói consegue liderar um filme sozinho, já que Toy Story 4 ficou basicamente em suas costas. A próxima produção da franquia poderia muito bem ser sobre as novas aventura de Woody como um brinquedo perdido, se adaptando à sua nova realidade e conhecendo novos brinquedos e crianças no parque de diversões. Com Betty, Coelhinho, Patinho e Duke Caboom ao seu lado, o longa poderia até trazer alguns flashbacks da vida de Woody como um boneco de casa, com novas cenas de sua rotina com Andy e Bonnie, quando ele tivesse com dificuldade com seu novo estilo de vida. Dessa forma,  Buzz, Rex, Porquinho, Sr. Cabeça de Batata e Slinky poderiam ter novas participações, mesmo que no passado, assim sem excluir os personagens do novo filme.

    A história poderia ter Woody dividido entre a diversão de ser um brinquedo livre, com novas experiências, crianças e bonecos todos os dias, e o seu ímpeto de estar com crianças, de ter alguém para cuidar. Além disso, daria chance para a relação de Betty e Woody ser mais explorada, de forma mais profunda do que em Toy Story 4. Afinal, desta vez ele escolheu ficar com ela.

    Buzz e os brinquedos de Bonnie

    É difícil imaginar Toy Story sem Woody, mas um filme sem o caubói daria mais espaço para que os brinquedos que costumam ficar em segundo plano de terem suas histórias mais aprofundadas. Liderado por Buzz, o longa poderia dar mais oportunidade para que não só Rex e Slinky, por exemplo, tenham mais tempo em tela, mas que os brinquedos da Bonnie também fosse mais aprofundados. Como protagonista, a posição de Buzz como o novo líder do grupo poderia ser o ponto central da trama, já que foi só em Toy Story 4 que ele passou a "seguir sua voz interior" e tomou decisões definitivas. 

    A relação do astronauta com Jessie, que foi um grande ponto em Toy Story 3, também poderia ser explorada melhor, já que não foi nem mencionada no filme mais recente. Focando nos brinquedos que moram no quarto da Bonnie, a produção também poderia aprofundar as interações entre os antigos bonecos de Woody e seus novos colegas, que já estavam com a menina antes. 

    O reencontro

    Claro, sempre há a opção de trazer todos de volta mais uma vez. O parque de diversões de Woody poderia estar passando na cidade de Bonnie, fazendo com que Buzz e Woody pudessem se reencontrar. Talvez a menina achasse o caubói, levando-o para casa. De novo, tem a possibilidade dele ficar dividido entre suas duas vidas, até porque, Bonnie deixaria claro que sentiu falta de seu boneco. Também podem explorar como o xerife reagiria a ver seu melhor amigo como o novo líder dos bonecos, porque sabemos que, por mais que os dois se amem, Woody tem dificuldade em seguir os outros.

    Outros bonecos também podem começar a se seduzir pela ideia de serem livres, fazendo com que Buzz e Woody trabalhem juntos para que Bonnie não perca todos os seus bonecos ao mesmo tempo. As opções são realmente intermináveis, com opções para seguir o modelo que a franquia usa para montar seus filmes. Com muitas risadas e emoção, para o público sair chorando e sorrindo dos cinemas. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Diário Gay do Diego
      Ainda acho o 3 melhor, mas vejo um ótimo futuro pra franquia... Ficou faltando aparecer mais os brinquedos antigos (até mesmo os da Bonnie)!
    Mostrar comentários
    Back to Top