Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Rei Leão: Jon Favreau explica que rodou o filme como um live-action
    Por Nathália Gonçalves — 23/06/2019 às 08:54
    facebook Tweet

    O diretor levou ensinamentos de sua experiência com Homem de Ferro para a nova versão do clássico da Disney.

    Desde o lançamento do primeiro teaser, muito se tem discutido sobre a natureza da nova versão de O Rei Leão. Afinal de contas, o filme é um live-action ou apenas uma animação fotorrealista? O diretor, Jon Favreau, não deu uma resposta final para a questão, ma,s em entrevista ao Collider, explicou as técnicas em live-action que utilizou para gravar o longa.

    Como muitos devem imaginar, o set de filmagens de O Rei Leão se parecia mais com um monte de escritórios e bases de computadores, onde times de efeitos visuais, animação e história davam vida aos adorados animais. Porém, o diferencial da produção está na tecnologia de realidade virtual. Colocando óculos de VR, rapidamente a equipe era transportada para locações digitais e, em meio ao ambiente da floresta, podiam misturar a tecnologia inovadora usada em Mogli - O Menino Lobo às técnicas mais tradicionais do cinema feito em locações físicas.

    "Te passa a sensação de filmar em live-action, porque foi assim que eu aprendi a dirigir. Não era sentar e olhar por cima do ombro de alguém para um computador, era estar em uma locação real. E tem algo sobre estar em um ambiente 3D real que faz as partes do meu cérebro aquecerem com aquele fogo de um filme de verdade", Jon Favreau explicou.

    O aspecto principal dessa sensação do cinema tradicional se deu no trabalho do diretor de fotografia, Caleb Deschanel. Ele operou uma câmera de captura de movimentos que o permitia se aproximar, se afastar e guiar as imagens manualmente, como faria em um live-action. Ao mover sua câmera nos trilhos (conhecidos como dolly), o modelo 3D também se movia, possibilitando que ele acompanhasse Simba e Nala em seus grandes números musicais.

    "Tendo essas ferramentas ali, como ter um dolly e um operador de câmera e diretor de fotografia no comando. Tendo todas as pessoas que estariam em um set de verdade, você tem a mesma comunicação, a mesma linha de comando, o mesmo ritmo do dia a dia." De acordo com Favreau, a intenção é "capturar anomalias de fotografia. São os pequenos detalhes que ninguém notaria conscientemente, mas que faz você sentir. Entre a qualidade da imagem e as técnicas que estamos usando, espero que você assista algo que não é uma produção de efeitos visuais, mas um mundo muito realista."

    O cineasta ainda afirmou que as animações são baseadas nos movimentos de animais reais, sem o uso de captura de movimentos, nem nos bichinhos nem em atores. Apesar disso, ele tentou dar espaço para atuações naturais de seu elenco. "Ao invés de gravá-los em uma cabine de som como fazemos em animações, eu coloco os atores para performar de pé, quase como se faria em captura de movimentos, porém sem marcações de rastreamento. São só câmeras de foco longo para pegar seus rostos e performances, o que permite improvisar e fazermos o que quisermos."

    Essa técnica ele aprendeu em seu trabalho com a Marvel, onde o planejamento rígido de grandes sequências se assemelhava ao de uma animação. "Em Homem de Ferro eu tentei ter diversas câmeras e deixar Gwyneth [Paltrow] e Robert [Downey Jr.] improvisarem sempre que possível. Porque tem muito que você não pode mudar, por conta dos efeitos visuais. Da mesma maneira, nesse filme, tentamos criar naturalidade nas cenas entre os personagens, mas, em sequências musicais, acaba sendo tudo muito fixo como em um videoclipe."

    No fim das contas, você pode decidir por si só se O Rei Leão é um live-action ou uma animação, mas o processo por trás das câmeras certamente foi uma mistura dos dois. "No planejamento, o nosso processo parece muito com um filme animado. Mas ao invés de irmos pelo planejamento, com o VR, se transforma em uma produção live-action, quando se trata do fluxo de trabalho e o processo criativo."

    O longa, que traz BeyoncéDonald Glover nos papéis dos amados leões da selva africana, chega aos cinemas em 18 de julho. Jon Favreau ainda retorna aos cinemas como ator em Homem-Aranha: Longe de Casa em 4 de julho, no papel de Happy Hogan.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    O Poço Trailer Original
    Minha Mãe É uma Peça 3 Trailer
    Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica Trailer (3) Dublado
    Aves de Rapina Trailer Legendado
    Sonic - O Filme Trailer (2) Legendado
    Velozes & Furiosos 9 Trailer Legendado
    Todos os últimos trailers
    Últimas notícias de cinema
    8 filmes do Studio Ghibli para ver na Netflix
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 3 de abril de 2020
    SXSW: Após ser cancelado, festival irá acontecer na Amazon Prime
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 3 de abril de 2020
    Candyman, novo filme de Jordan Peele, é adiado por causa do Coronavírus
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 3 de abril de 2020
    Últimas notícias de cinema
    Melhores filmes em cartaz
    O Destino Bate à sua Porta
    3,5
    Diretor: Bob Rafelson
    Elenco: Jack Nicholson, Jessica Lange, John Colicos
    A História da Eternidade
    4,1
    Diretor: Camilo Cavalcante
    Elenco: Irandhir Santos, Marcelia Cartaxo, Zezita Matos
    Trailer
    Sinfonia da Necrópole
    3,2
    Diretor: Juliana Rojas
    Elenco: Eduardo Gomes, Luciana Paes, Hugo Villavicenzio
    Trailer
    Sangue Azul
    Sangue Azul
    3,1
    Diretor: Lírio Ferreira
    Elenco: Daniel de Oliveira, Caroline Abras, Sandra Corveloni
    Trailer
    Jardim de Guerra
    Jardim de Guerra
    3,0
    Diretor: Neville D'Almeida
    Elenco: Joel Barcellos, Zózimo Bulbul, Hugo Carvana
    Rio Babilônia
    Rio Babilônia
    2,9
    Diretor: Neville D'Almeida
    Elenco: Joel Barcellos, Christiane Torloni, Jardel Filho
    Todos os melhores filmes em cartaz
    Back to Top